Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

PoolTogether lança terceira versão de seu protocolo de “loteria cripto sem perdas”

23/10/2020 - 16:30
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Ontem (22), o protocolo PoolTogether lançou sua terceira versão, e Mason Nystrom, da Messari, explica por que esse projeto promete inovar ainda mais. (Imagem: Pool Together)

PoolTogether é um projeto conhecido por sua “loteria sem perdas”. O lucro das vendas de bilhetes de loteria (pagos em DAI) é aplicado, funcionando como um protocolo de empréstimos como Compound, onde juros rendem.

O vencedor obtém os lucros acumulados e o restante dos participantes são reembolsados por suas contribuições. Ninguém perde.

Até hoje, PoolTogether atraiu mais de 12 mil apostadores, tornando-o em um dos protocolos mais utilizados no setor das finanças descentralizadas (DeFi), exceto pelas corretoras descentralizadas (ou DEXs).

PoolTogether ultrapassa 12 mil usuários distintos (Imagem: Dune Analytics, Messari)

Um novo protocolo com um novo rendimento

O lançamento da terceira versão transforma o PoolTogether de um contrato autônomo em um protocolo completo. Agora, o PoolTogether é capaz de lidar com maiores preços, menores taxas de gás, novos tipos de ativos, fontes de rendimento e funções mais complexas.

O protocolo foi lançado com apenas um pool de premiação semanal, usando DAI. Quando esse pool subir para um prêmio semanal de US$ 10 mil (que requer US$ 8 milhões de fundos depositados), haverá uma votação na comunidade sobre qual será a denominação no próximo pool de premiação.

O protocolo apoia a criação de pools de precificação usando qualquer ativo listado na Compound e pools também podem usar “vaults” do Yearn Finance para obterem rendimentos adicionais.

O protocolo PoolTogether também possui mais flexibilidade para integrar uma ampla gama de tokens de governança. Na versão anterior, PoolTogether havia acumulado 15 mil tokens COMP, equivalentes a US$ 1,7 milhão, pela alocação de lucros da venda de bilhetes de loteria em DAI na Compound.

Na terceira versão, podem alocar lucros da venda de bilhetes a protocolos como Curve e ganharem tokens CRV, por exemplo.

Descentralização progressiva

O lançamento da terceira versão é um passo em direção à descentralização do protocolo ao implementar os seguintes recursos:

– Remover a capacidade de atualização do contrato principal de pool de premiação que armazena depósitos;

– Eliminar a necessidade de um administrador privilegiado para gerenciar premiações;

– Remover a dependência da equipe principal para a geração aleatória.

PoolTogether tem um controle descentralizado (Imagem: Medium/PoolTogether)

Ainda assim, a terceira versão do protocolo exige a gestão de alguns parâmetros e a governança do protocolo ainda é operada pela empresa PoolTogether. Porém, a equipe planeja descentralizar o controle do protocolo PoolTogether o mais rápido possível.

Ainda não se sabe como ou quando o PoolTogether planeja se descentralizar. Uma possibilidade é que a equipe lance uma forma de token de governança — provavelmente apoiado por taxas — que supervisiona o protocolo.

A equipe por trás do PoolTogether já descobriu um caso de uso viável para adequar seu produto ao mercado.

Algumas métricas essenciais para se observar são a rapidez com que a equipe da PoolTogether atinge seu alvo de US$ 8 milhões em valor total bloqueado (TVL) e quais ativos são acrescentados a novos pools.

O ecossistema DeFi continua sendo uma caixinha de surpresas monetária e é empolgante ver como esses projetos são agrupados e combinados.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 23/10/2020 - 16:30