Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Pré-Mercado: Black Friday em meio às tensões da nova variante da Covid

George Wachsmann
26/11/2021 - 8:42
Olhando com certo espanto a nova variante da Covid / Cinema Paradiso (1988)

Oportunidades do dia

  • Último dia para aproveitar seu cashback de até R$1 milhão

Ainda dá tempo de aproveitar a Black Week Vitreo. Ao investir em Renda Fixa ou Previdência, ganhe de R$150 a R$1 milhão. Caso prefira operar minicontratos, a Vitreo tem corretagem ainda mais negativa nas operações de WIN e WDO.

[QUERO APROVEITAR]

  • Não deixe dinheiro na mesa no IR 2022

Conheça a Restituição Turbinada, a forma simples de reaver um dinheiro que é seu e pode estar na casa dos milhares, mas ao qual o governo não dá muita publicidade. P.S.: hoje você aproveita as condições da Black Week e ganha cashback a partir de R$150.

[QUERO SABER MAIS]

Bom dia, pessoal!

Banho de sangue nos mercados internacionais, com os ativos asiáticos despencando nesta sexta-feira (26) na esteira do aumento nos casos de coronavírus na Europa, das novas restrições sociais ao redor do mundo e da nova variante da Covid na África do Sul, que poderia ser a culpada pelo recente aumento dramático nos casos no país.

O fluxo de notícias negativas pega em cheio os mercados europeu e americano – este último voltava hoje do Dia de Ação de Graças, mas com horários reduzidos nesta Black Friday: as bolsas fecham às 15h e os Treasuries, às 16h.

Com isso, a liquidez deve continuar fraca, apesar de mais forte do que ontem (25).

A ver…

As indefinições de Brasília

Começa a se formar elevada expectativa para a próxima semana. Espera-se votar a tão comentada PEC dos Precatórios em comissão (CCJ) na terça-feira (30), seguindo para o plenário do Senado na sequência – o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou, contudo, que não garante a votação em plenário, mas que vai se esforçar para conciliar interesses e viabilizar a pauta até o dia 2 de dezembro.

O próprio Planalto não tem certeza da aprovação da proposta.

O Senado também passa a discutir a votação da MP do Auxílio Brasil, que foi aprovada ontem (25) na Câmara.

Inversamente, o Senado aprovou o projeto de lei que trata da BR do Mar, mas como houve alterações no texto, ele retornará à Câmara dos Deputados.

Hoje, nos atentamos também às falas de Roberto Campos Neto depois da prévia de inflação, o IPCA-15, ter vindo acima do esperado. Por fim, esperamos o leilão de cerca de 55 milhões de barris de petróleo da Pré-Sal Petróleo (PPSA).

Volta de feriado? Mais ou menos…

Os investidores estão voltando do feriado do Dia de Ação de Graças para uma sessão encurtada nos mercados americanos, que naturalmente é acompanhada por volumes menores, já que os investidores muitas vezes esperam até segunda-feira (29) para voltar a operar de maneira mais incisiva.

A sexta-feira trará um dos dias de compras mais movimentados do ano e o tradicional início da temporada de compras natalinas.

A Federação Nacional do Varejo dos EUA estima que um recorde de US$ 851 bilhões seja gasto pelos consumidores dos EUA entre novembro e dezembro, um aumento de 9,5% em relação ao ano passado.

O medo de uma nova variante, no entanto, arrisca ofuscar o dia de compras da Black Friday. Com isso, fica a questão: as compras serão virtuais ou físicas?

Afinal, os gastos recentes podem ter exaurido os consumidores e suas reservas. Logo, na ausência de dados, investidores estão cautelosos.

E essa tal nova variante?

A descoberta da nova variante da Covid foi anunciada pelo ministro da saúde da África do Sul, Joe Phaahla.

Ele disse que os cientistas estão preocupados com o alto número de mutações e o aumento dramático nas infecções que o país viu nos últimos quatro ou cinco dias – depois que novos casos pareciam se estabilizar em 200 por dia, a África do Sul registrou mais de 1.200 na quarta-feira e 2.465 na quinta-feira.

A variante, atualmente conhecida como B.1.1.529 também foi detectada em Botswana e Hong Kong em viajantes que visitaram a África do Sul.

O grupo de trabalho técnico da Organização Mundial da Saúde (OMS) está realizando uma reunião de emergência para avaliar a variante e discutir se a declara como uma daquelas suas conhecidas “variantes de preocupação” – relevante para o mercado medir o impacto.

Uma nova variante muito agressiva e imune às vacinas poderia realmente atrapalhar a recuperação global, causando a imposição de restrições sociais em massa.

O problema é que, na ausência de gatilhos, os investidores se tornam os maiores virologistas da humanidade, se concentrando nos desdobramentos da pandemia.

Não podemos nos esquecer que as pessoas se adaptaram à pandemia e o risco do passado não é o mesmo que este do presente.

Anote aí!

A agenda internacional está mais leve, contando com falas de autoridades monetárias na Europa, inclusive de Christine Lagarde, a presidente do BCE, e de Andrew Bailey, o presidente do Bank of England.

Nossa vizinha, a Colômbia, divulga decisão de política monetária e pode trazer volatilidade ao câmbio.

No Brasil, contamos com alguns dados, como o de confiança da indústria no mês de novembro e a nota de crédito do BC para o mês de outubro.

Muda o que na minha vida?

A transição energética para combustíveis mais limpos parecia muito mais fácil no auge da pandemia, quando a demanda por energia entrou em colapso e os futuros do petróleo foram negociados em território negativo pela primeira vez.

Na verdade, mesmo com as economias ao redor do mundo lutando contra os efeitos da Covid-19, as adições de fontes renováveis ​​de energia, como eólica e solar, aumentaram na taxa mais alta em duas décadas e a venda de veículos elétricos estabeleceu novos recordes.

A dor econômica de curto prazo gerada pela instabilidade política derivada dos altos preços da energia fez com que os líderes mundiais fossem mais enfáticos em suas propostas na recente conferência sobre mudança climática da ONU, em Glasgow, que propôs acelerar a transição.

Esta década da ação climática será o ponto de inflexão da corrida para alcançar as emissões líquidas zero, o equilíbrio entre reduzir e remover as emissões de carbono da atmosfera.

Para tanto, seria necessária uma transição para tecnologias limpas em todos os setores em um ritmo sem precedentes, com a orientação dos governos e a vontade da sociedade.

Então, o que um investidor deve fazer?

O futuro de longo prazo do petróleo, gás – e certamente do carvão – ainda parece pouco promissor, mas a transição para alternativas provavelmente será longa e difícil, o que abre espaço para investimento nas energias tradicionais também.

A alta atual dos preços pode avançar no próximo ano. Desenvolvemos algumas soluções neste sentido, como o Vitreo Energia Limpa, Hidrogênio, Urânio, Cobre e Petróleo, entre outros.

Vale conferir.

Um abraço,

Jojo Wachsmann

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 26/11/2021 - 8:42

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web