Preço de token não oficial da série Round 6 despenca 99%; entenda o porquê

The Block
The Block
01/11/2021 - 13:34
Traduzido e editado por Vitória Martini
The Block
Round 6 Netflix
O preço do token caiu de US$ 2.856 para US$ 0,00079 imediatamente após 70 milhões de tokens terem sido “despejados” no mercado (Imagem: Unsplash/Vadim Bogulov)

Hoje (1º), o preço do token da série Round 6 despencou para próximo de zero após os desenvolvedores por trás do projeto venderem seus tokens no mercado por 22.328 binance coin (BNB), aproximadamente US$ 11,9 milhões.

O preço do token caiu de US$ 2.856 para US$ 0,00079 imediatamente após 70 milhões de tokens terem sido “despejados” no mercado.

O gráfico de preço do token SQUID mostra o instante em que o ativo despencou após os desenvolvedores terem despejado mais de 70 milhões de tokens no mercado (Imagem: CoinMarketCap)

Porém, a situação parece não ter sido somente uma grande queda. Ela aparenta ser um esquema altamente elaborado.

Sinais de alerta iniciais

O projeto apresentava uma série de “alertas vermelhos”, que inicialmente geraram uma dose de ceticismo.

O projeto em si era tematizado em torno da série da Netflix Round 6, que obteve enorme sucesso, mas o token aparentava não ter ligação ou aprovação oficial – apesar de uma indicação no site apontar que mantinha parceria com a Netflix.

Além disso, no site do projeto constavam outras supostas parcerias, incluindo com a plataforma de NFT OpenSea; os sites rastreadores de cripto CoinMarketCap e CoinGecko; além da Microsoft.

O projeto anunciava que também tinha uma parceria com a Binance Smart Chain (BSC), um blockchain descentralizado. Apesar de o token funcionar de fato na BSC, a parceria parece ser improvável.

Embolsando todo o dinheiro

Apesar de funcionar na BSC, a maior preocupação sobre o projeto foi informada por alguns usuários, que disseram que não conseguiam vender seus tokens após adquiri-los.

De acordo com relatos da época, o projeto afirmava ter “uma tecnologia anti-dumping” para prevenir a venda de tokens, caso certas condições fossem atingidas – porém, este era um grande sinal vermelho.

Aparentemente, havia uma função de bloqueio no contrato autônomo que foi configurada para evitar a venda dos tokens, de acordo com Jae Oh Song, do The Block Research.

Isso significa que, quando entrava dinheiro no mercado por meio da corretora descentralizada PancakeSwap, ele era bloqueado. Ainda não foi esclarecido qual porcentagem de usuários puderam vender seus tokens em qualquer momento do projeto.

Visto que havia pouca ou quase nenhuma pressão do mercado, o preço do token aumentou astronomicamente. Isso foi impulsionado por artigos de portais de notícias que destacaram o aumento do preço, mas comentaram pouco sobre os riscos aparentes do projeto.

O token só estava disponível por meio de um único pool de liquidez: entre o token nativo da Binance Smart Chain – BNB – e o token do projeto – SQUID. Isso significa que quase todo o dinheiro gasto na aquisição de tokens SQUID estava em um único pool.

Uma vez que havia dinheiro o suficiente para ser removido, os desenvolvedores por trás do projeto, que tinham uma grande quantidade de tokens em uma única carteira, decidiram colocar tudo o que tinham de SQUID, de modo repentino, no mercado.

Visto que seus tokens não eram bloqueados, os desenvolvedores puderam vendê-los na PancakeSwap e levar quase toda a liquidez do projeto.

Desde o “dump” dos tokens, parece que os desenvolvedores desbloquearam os tokens das demais pessoas, para que elas pudessem vender o que ainda tinham com a liquidez restante.

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 01/11/2021 - 13:34

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web