Preço do boi espera retomada com os salários, se o consumidor aceitar

25/11/2021 - 16:32
Boi Gordo Carnes Agronegócio
Animais de confinamento estão com baixos volumes e mantêm a estabilização dos preços (Imagem: Reprodução/Embrapa)

O mercado do boi gordo deu uma ‘bambeada’ nos últimos dias, com variações entre mais modestas e em estabilização.

Até o indicador do Cepea registrou leve recuo na quarta, com a @ a R$ 316,65 para São Paulo.

Na média, nesta quinta (25), as avaliações indicam a permanência nessa faixa a até R$ 318, considerando o levantado pela Scot, livre de imposto, e o pela Agrifatto, com o Funrural a cargo do vendedor de boi.

Na B3 (B3SA3) os dois vencimentos mais líquidos estão em campo positivo, com o novembro mais tímido – 0,13%, da R$ 317,80, às 16h30.

Entre a sustentação da baixa quantidade de animais para venda, que vem mantendo os preços do atacado em torno de R$ 19,50, e a disposição do consumidor, esta deu uma amortecida.

A partir de hoje sai a primeira parcela do 13º salário e na próxima semana o recebimento de dezembro. E os produtores estão vendo a melhora dos pastos encorajando-os a segurarem mais as vendas.

Elevam-se, portanto, as expectativas de que as altas voltem, com mais força na segunda-feira, já bem acima do que o mercado trabalhava nos dias anteriores aos episódios da vaca louca, no começo de setembro, ainda com a China na ponta compradora.

O maior importador de carne bovina brasileira está ausente de novas aquisições desde então.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 25/11/2021 - 17:03

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web