Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Produtora de maconha estreia na bolsa dos EUA com alta de 32%

20/07/2018 - 12:03
(Nasdaq/Facebook)

A canadense Tilray, primeira produtora de maconha a abrir capital na bolsa dos EUA, já encerrou o pregão de Nasdaq valendo quase US$ 2 bilhões, uma alta de 32%.

Usar a maconha para fins médicos já é permitido em mais de 30 países, segundo a Tilray. E o Canadá deve legalizar nacionalmente o uso da maconha para fins recreativos no dia 17 de outubro.

O diretor-executivo da Tilray, Brendan Kennedy, está cautelosamente otimista com o aparente sucesso instantâneo: “Ainda é o primeiro dia. É assim que pensamos nisso”, disse em entrevista ao MarketWatch.

“O desafio que encontramos com alguns investidores é a ideia de como essa indústria vai mudar. Eu gosto de dizer que a Ziploc é a maior marca da indústria da maconha, e que nos próximos você verá isso mudando”, afirma Brendan. ” Você verá marcas reais e empresas reais. ”

“Temos muita competição se você olhar para os EUA ou para o Canadá, mas o que nos torna diferentes é que nossos produtos são de nível farmacêutico. Nossos parceiros colocam esses produtos em farmácias, na Austrália, Nova Zelândia, Alemanha”, explica ele.

Brendan Kennedy também diz que planeja vender produtos não só para pacientes, mas também para clientes que buscam comprar a erva para outros fins. Ele acredita que a legalização da maconha não é apenas uma tendência canadense, ou de regiões como Califórnia, mas sim uma mudança de paradigma em escala global.

Com sede em Nanaimo, no estado de British Columbia, a empresa alcançou produção internacional na Europa e Nova Zelândia desenvolvendo produtos farmacêuticos usando canabidiol (um dos princípios da maconha). Desde que começou a operar, em 2014, a Tilray ainda não conseguiu gerar lucros. Por isso, a empresa continua no vermelho.

Leia mais sobre: ,

Última atualização por Victor Fermino - 20/07/2018 - 12:36

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto