Projeto da Ambev de produção de lúpulo tem mais de social do que de comercial

16/09/2021 - 16:33
Cerveja Skol, da Ambev
Ingrediente para a cerveja pode crescer em produção, mas a anos-luz da necessidade das indústrias (Imagem: Divulgação/Skol/Twitter)

Para um consumo nacional superior a 3 mil toneladas de lúpulo pelas cervejarias, o Brasil produziu irrisórias 42 toneladas em 2020.

Se o País crescer na produção de cerveja, hoje o terceiro mercado mundial, nem é possível imaginar o encurtamento dessa distância com o programa que a Ambev (ABEV3) promove juntos a famílias de produtores.

Mas a cervejeira tenta, ao menos, ampliar seu protagonismo social em Santa Catarina, no qual seu viveiro com capacidade de 20 mil mudas anuais tem capacidade de alcançar 200 agricultores familiares.

Projeto Fazenda Santa Catarina é o nome da programa de estímulo à produção do ingrediente extraído da planta que dá o tom de amargo à cerveja.

A companhia, segundo informou, oferece as mudas da flor, infraestrutura, auxílio técnico e contrato de compra, em companhia da ManejeBem, startup descoberta e acelerada para melhorar o rendimento das propriedades.

A Ambev não divulgou quanto consome e quanto participa com compras da produção já estabelecida e das importações, conforme os números gerais da Aprolúpulo e de órgãos catarinenses de governo.

O estado é o principal produtor, antes de Rio Grande do Sul e São Paulo.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 16/09/2021 - 16:33

Cotações Crypto
Pela Web