Qual é a data do próximo halving do bitcoin, de acordo com a previsão desta semana da BNC?

19/03/2020 - 10:08
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Confira detalhes sobre os modelos da BNC que tentam prever data e hora exatas do halving do bitcoin (Imagem: Crypto Times)

A Brave New Coin (BNC) lançou uma contagem regressiva para prever a data e hora do halving do Bitcoin. O relatório desta semana resume os dados fornecidos pelos modelos de previsão da BNC e analisa os macrofatores que influenciam a contagem regressiva.

O que é o halving?

O bitcoin é uma criptomoeda descentralizada que permite pagamentos instantâneos a qualquer pessoa, sem autoridade central.

A rede Bitcoin é assegurada por mineradores que são computadores especializados que usam um mecanismo de consenso chamado “proof-of-work” (“prova de trabalho”) para verificar cada bloco de transações de bitcoin.

O minerador que verifica cada bloco é recompensado por seu trabalho com bitcoins recém-criados. Essa “recompensa por bloco” é como novos bitcoins são lançados no sistema.

Um novo bloco de transações é acrescentado ao blockchain Bitcoin aproximadamente a cada dez minutos. Atualmente, a recompensa por bloco é de 12,5 bitcoins.

Cerca de 144 blocos são minerados diariamente, o que significa que aproximadamente 1,8 mil novos bitcoins são gerados a cada 24 horas.

O número de novos bitcoins criados por meio da recompensa por bloco é reduzido pela metade a cada quatro anos. Esse processo é chamado de halving do bitcoin.

O próximo halving será o terceiro e o preço atual de 12,5 bitcoins da recompensa por bloco vai ser reduzido para 6,25 bitcoins.

bitcoin halving
A taxa de hashes da rede Bitcoin caiu drasticamente por conta da perturbação contínua de preços nos mercados cripto (Imagem: Crypto Times)

Contagem regressiva desta semana

A data prevista para o halving do bitcoin desta semana (de acordo com todos os modelos de previsão da Brave New Coin) é 14 de maio de 2020 à 01h41.

A data prevista da semana passada era 8 de maio de 2020, às 14h09. A data prevista para o halving foi adiada em 131 horas e 32 minutos. Cada modelo é recalculado diariamente.

A taxa de hashes (taxa de velocidade em que dispositivos de mineração de criptoativos operam) da rede Bitcoin caiu drasticamente na semana passada e, agora, a rede está usando 10% menos eletricidade.

Os modelos de intervalo médio móvel exponencial (num período de 200 dias) e de intervalo médio móvel simples, a longo prazo, sugerem que o halving pode acontecer depois do previsto na semana passada.

Porém, os outros modelos foram muito influenciados por uma queda brusca na taxa de hashes conforme nos aproximamos da data prevista para o halving.

A grande mineradora F2Pool comentou sobre a diminuição repentina na taxa de hashes no dia 17 de março:

Sugere que a queda foi uma reação atrasada de mineradores à queda recente no preço do bitcoin. O valor em dólares do bitcoin caiu 46% desde o dia 14 de fevereiro, antes sendo negociado acima de US$ 10,2 mil para US$ 5.450.

Esse foi um grande choque direcionado pelo evento de cisne negro do coronavírus que afetou bastante as economias globais e todos os mercados.

“Sempre existe um intervalo de tempo para que a taxa de hashes caia por conta da hospedagem de contratos, tempo necessário para operadores desligarem inúmeras máquinas”, afirmou F2Pool.

O crescimento da taxa de hashes do bitcoin foi surpreendentemente forte nos tempos recentes apesar dos preços decrescentes que devem estar suprimindo a rentabilidade de mineração e pressionando mineradores a desligarem suas máquinas.

Após o halving do bitcoin, a rentabilidade dos mineradores será ainda mais suprimida porque mineradores ganharão menos bitcoins por blocos confirmados.

Esses fatores sugerem que a taxa de hashes vão cair ainda mais no curto prazo, em que mineradores decidem desligar suas máquinas antes do que deveriam em situações normais pré-halving, porque a queda de preço está destruindo a rentabilidade de mineração antes do previsto.

Conforme a taxa de hashes desacelera, isso também irá desacelerar os intervalos diários entre blocos e, assim, adiar as datas previstas para o halving do bitcoin calculadas pelos modelos da BNC.

Porém, se o preço subir, a taxa de hashes também irá subir. Isso vai depender da restrição do coronavírus e direcionadores macro de contenção, como ajustes de políticas e outros incentivos criados por grandes bancos centrais.

Previsão 

– previsão média para o halving no dia 1º de março de 2020 através de oito modelos diferentes: 11 de maio de 2020, às 22h44;

– previsão média para o halving na semana anterior através de oito modelos diferentes: 8 de maio de 2020, à 14h09;

– diferença: 80 horas e 35 minutos depois.

Gráficos de convergência de datas

1º contexto: intervalo médio diário entre blocos

Agora, esse modelo está prevendo datas acima da média histórica. A diminuição recente na taxa de hashes está afetando bastante esse modelo já que só considera blocos minerados no dia anterior.

Esse é o intervalo médio de execução de todos os blocos Bitcoin minerados no dia anterior.

Esse modelo faz a estimativa do número de dias restantes até o próximo halving, multiplicando o intervalo médio diário entre blocos pelo número de blocos restantes a serem minerados antes do próximo halving.

Usando essa medida, calculamos o registro de data/hora para o próximo halving.

– previsão média para o halving (primeira observação em 1º de janeiro de 2019): 12 de maio de 2020, às 15h45;

– previsão do halving em 8 de março de 2020: 24 de maio de 2020, às 19h56.

2º contexto: intervalo médio cumulativo entre blocos

Este modelo inverteu para cima de novo. Agora é provável que comece a prever datas após o dia 10/05/2020.

Essa é a média numérica cumulativa do intervalo de execução de todos os blocos Bitcoins minerados até hoje. Para remover a grande lacuna entre a primeira execução de bloco, o intervalo médio entre blocos é tido como 600 segundos.

Neste cenário, a BNC calcula o número de dias restantes até o próximo halving ao multiplicar o intervalo médio cumulativo entre blocos com o número de blocos restantes a serem minerados. Usando esta métrica, calcula-se o registro data/hora do próximo halving.

– previsão média para o halving (primeira observação em 1º de janeiro de 2019): 8 de maio de 2020, às 7h36;

– previsão do halving em 8 de março de 2020: 9 de maio de 2020, às 3h36.

3º contexto: intervalo médio móvel simples entre blocos (num período de 50 dias)

As previsões apresentadas por este modelo continuam a se convergir de forma estável para a data na manhã do dia 09/05/2020.

Essa é uma média móvel aritmética de todos os intervalos entre blocos calculada ao acrescentar o intervalo médio entre blocos executados todos os dias durante 50 dias.

Esse é um indicador técnico de atraso que aplica uma mesma ponderação para todas as observações durante o período a fim de determinar se o intervalo entre blocos terá a mesma tendência ou se irá revertê-la.

Se a média móvel simples subir, isso explica o aumento no número de execuções de blocos, ou seja, a data do halving vai chegar antes do previsto. Se cair, significa que os blocos executados irão cair diariamente e a data do halving vai ser adiada.

– previsão média para o halving (primeira observação em 1º de janeiro de 2019): 13 de maio de 2020, às 18h36;

– previsão do halving em 1º de março de 2020: 9 de maio de 2020, às 15h17.

4º contexto: intervalo médio móvel exponencial entre blocos (num período de 200 dias)

Este modelo é mais afetado pelas tendências a longo prazo e continua a pender para baixo apesar da queda recente na taxa de hashes.

Essa é um tipo de média móvel em que é dada maior importância para os intervalos médios e mais recentes entre blocos. Isso fornece bons sinais sobre interseções e divergências do intervalo médio histórico entre blocos. Esse também é um indicador técnico de atraso.

Quando o intervalo médio entre blocos cruza o intervalo médio móvel entre blocos, espera-se por grandes mudanças no intervalo médio entre blocos, em que a tendência muda de direção.

Já que a média móvel exponencial fornece maior ponderação sobre os intervalos médios diários e mais recentes entre blocos do que dados mais antigos, é mais reativa às mudanças mais recentes dos intervalos entre blocos.

– previsão média para o halving (primeira observação em 1º de janeiro de 2019): 15 de maio de 2020, às 8h56;

– previsão do halving em 1º de março de 2020: 11 de maio de 2020, às 4h03.

Aspectos básicos da rede Bitcoin

A queda na taxa de hashes da semana passada foi brusca mas, por enquanto, a tendência de alta a longo prazo continua estável.

– taxa média diária de hashes (de 9 de março de 2020 a 15 de março de 2020): 109.801.817.,357 terahashes por segundo (Th/s);

– taxa média diária de hashes na semana anterior: 121.040.984.537 Th/s;

– variação percentual: -9,29%.

Existem menos de 105 mil BTC restantes a serem minerados antes do halving.

– bitcoins restantes a serem minerados antes do halving (15 de março de 2020): 102.687,5 BTC.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 19/03/2020 - 10:11

Pela Web