Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

FGTS: Descubra se você deve sacar os R$ 500,00

12/09/2019 - 13:22
Trabalhadores que possuem contas no FGTS poderão sacar parte do seu dinheiro fazendo a opção: Não mexer no dinheiro, fazer um saque único de R$ 500,00 ou saques programados todos os anos, que varia o percentual de acordo com o dinheiro disponível em conta.

A partir desta sexta-feira, dia 13 de setembro, os trabalhadores que possuem contas no FGTS, poderão sacar parte do seu dinheiro.

As pessoas poderão escolher entre 3 opções: Não mexer no dinheiro, fazer um saque único de R$ 500,00 ou saques programados todos os anos, que varia o percentual de acordo com o dinheiro disponível em conta.

Uma outra opção que começará a valer a partir de 2020 são os saques programados, em que anualmente o trabalhador poderá sacar um percentual do total, mais um valor único, definido na medida provisória.

Por exemplo, a pessoa tinha um saldo na conta do FGTS de R$ 100 mil e foi mandada embora. Ela somente receberá R$ 40 mil da multa. O restante será pago parcelado todos os anos.

O Financista do Canal 1Bilhão Educação Financeira, Fabrizio Gueratto, alerta que, a retirada dos recursos só é recomendada em situações muito específicas.

Recomendações para usar o FGTS:

“O brasileiro precisa entender que hoje, o FGTS é um excelente investimento de renda fixa, que rende 3% + TR (atualmente está em 0) + 100% do lucro do Fundo. Isso faz com que a rentabilidade anual do FGTS seja de 6,18% e não possui imposto de renda. É muito melhor no prazo de um ano do que a poupança, Tesouro Selic e CDBs, por exemplo”.

O trabalhador não precisará escolher pelo saque de R$ 500,00, pois este cairá automaticamente, mas precisará avisar se não quiser, isso é possível através do site da Caixa (www.fgts.caixa.gov.br), pelo app FGTS ou pelos telefones (11) 3004-1104 ou 0800-726-0104.

Leia a matéria completa clicando aqui.

Leia também: Presidente da Caixa esclarece dúvidas sobre saque do FGTS

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!

Última atualização por Fabrizio - 12/09/2019 - 13:23