Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

80% dos investidores institucionais reconhecem o potencial das cripto, afirma Fidelity

09/06/2020 - 14:56
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Segundo uma pesquisa realizada pela gestora Fidelity, quase 80% dos investidores institucionais vê uma vantagem em investir em criptoativos (Imagem: Twitter/Fidelity Investments)

A grande maioria dos investidores está interessado em criptoativos, segundo pesquisa realizada pela Fidelity, gigante empresa de gestão de ativos.

A pesquisa, feita com quase 800 investidores americanos e europeus, descobriu que quase 80% dos investidores institucionais acharam algo agradável na nascente classe de ativos. Também descobriu que mais de ⅓ desses investidores já investiram direta ou indiretamente nesse mercado.

Fidelity realizou a pesquisa entre novembro de 2019 e março de 2020, terminando logo antes da crise econômica e sanitária da COVID-19 ter atingidos os mercados globais.

Tom Jessop, presidente da Fidelity Digital Assets, afirmou que a empresa também foi finalizada antes da publicação da carta a investidores pelo famoso gestor de fundos de hedge Paul Tudor Jones, que forneceu uma tese de investimento em bitcoin como um hedge inflacionário.

“[A carta] confirmou o que muitos investidores macro estavam pensando”, disse Jessop.

Políticas monetárias não convencionais de bancos centrais que almejam estimular a economia forçou investidores a buscar por novas formas de preservar sua riqueza, direcionando-os para os criptoativos, afirmou Ria Bhutoria, diretora de pesquisa da Fidelity Digital Assets, em uma conferência on-line nesta terça-feira.

Segundo ela, investidores acharam a natureza descorrelacionada e a alta vantagem dos criptoativos bem atrativa.

Em comparação a 2019, a porcentagem de investidores americanos que detêm criptoativos aumentou de 22% para 27% este ano.

Ainda assim, existem inúmeros obstáculos que as instituições enfrentam quando investem no mercado, incluindo a volatilidade de preço, a falta de aspectos fundamentais para avaliar a manipulação adequada de valor e de mercado.

Buthoria disse que o atual interesse macro em bitcoin pode estar com os dias contados a menos que fornecedores de serviços forneçam as ferramentas necessárias para superar esses obstáculos.

Recentemente, empresas nativas de cripto como BitGo e Genesis Global Trading anunciaram serviços de “prime brokerage” para ajudar investidores a navegarem pelo mercado. A Fidelity Digital Assets fornece serviços de execução e custódia para investidores profissionais.

Mais investidores também estão se expondo mais a derivativos, segundo a pesquisa. A porcentagem de investidores americanos expostos a futuros de cripto aumentou de 9% em 2019 para 22% em 2020.

Exposição e canais atuais para obter exposição (Imagem: Fidelity Digital Assets)

O produto de futuro de bitcoin do CME Group teve um crescimento impressionante no último ano, em que as posições abertas totalizaram acima dos US$ 500 milhões no início de maio.

Talvez CME seja o melhor medidor para atividade institucional no mercado de derivativos de bitcoin, dado que fundos de hedge tradicionais já negociam nesses mercados.

Futuros de bitcoin da CME – total de posições abertas e volume (em dólares) (Imagem: Skew)

Confira, na íntegra, o relatório da Fidelity Digital Assets:

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 12/06/2020 - 10:36