Radar do mercado

Raízen (RAIZ4) retifica valor de dividendos, JHSF (JHSF3) aprova proventos e outros destaques desta segunda-feira (24)

24 jul 2023, 9:48 - atualizado em 24 jul 2023, 9:58
Raízen (RAIZ4)
A Raízen pagará os dividendos em parcela única. (Imagem: Raízen/Divulgação)

A retificação do valor por ação a ser distribuído em dividendos da Raízen (RAIZ4) e a aprovação do pagamento de proventos da JHSF (JHSF3) são alguns dos destaques corporativos desta segunda-feira (24).

A Raízen retificou o valor de R$ 0,0242106161576652 por ação a ser distribuído em dividendos. Os proventos serão propostos em assembleia geral a ser realizada nesta quarta-feira, 26 de julho.

De acordo com a companhia, os valores serão pagos em parcela única. A data de pagamento será definida pela diretoria, com prazo máximo no encerramento do exercício social do próximo ano.

JHSF

A JHSF (JHSF3) aprovou o pagamento de dividendos intermediários, no montante de R$ 90 milhões.

O pagamento será composto por três parcelas de R$ 30 milhões, sem correção monetária. O valor por ação é de 0,0442529756.

Os pagamentos serão realizados em 02/08/2023, para quem tiver ações até 26/07/2023. A segunda parcela será paga em 21/08/2023, para quem tiver ações até 10/08/2023. Por fim, a terceira parcela será em 20/09/2023, para quem tiver ações até 11/09/2023.

IRB

A empresa de resseguros IRB Brasil (IRBR3) registrou prejuízo líquido de 10,4 milhões de reais em maio, contra prejuízo de R$ 273,1 milhões em igual mês de 2022, informou a companhia, em comunicado.

No ano, o IRB Brasil acumula lucro líquido de R$ 4,2 milhões, contra prejuízo de R$ 285,3 milhões no mesmo período do ano passado.

Os dados, divulgados no site da empresa, constam em relatório periódico mensal enviado à Superintendência de Seguros Privados (Susep).

Estagiária
Estudante de jornalismo. Foi redatora durante um ano, trabalhando com hard news. Escreve sobre tecnologia, economia, política e empresas.
Estudante de jornalismo. Foi redatora durante um ano, trabalhando com hard news. Escreve sobre tecnologia, economia, política e empresas.