Raízen (RAIZ4) sai mais prejudicada com redução de cobrança de ICMS no combustível; entenda

Lucas Eurico Simões
14/06/2022 - 10:34
Raízen Energia
Maior exposição da Raízen aos combustíveis do que seus pares em sucroenergia pode afetar ação com possível redução do ICMS. Entenda. (Imagem: Site da Raízen)

Não é de hoje que as ações da Raízen (RAIZ4) vem performando aquém das expectativas dos analistas desde seu IPO em agosto do ano passado.

Agora, a redução da cobrança do ICMS sobre os combustíveis discutida no Congresso Nacional pode ser mais um balde de água fria para a líder mundial em produção de etanol.

Não só a Raízen, mas todas as ações do setor sucroenergético listadas na B3 (B3SA3) vão sentir em algum grau os impactos do Projeto de Lei (PL) 18/22.

Acontece que, na visão da XP Investimentos, a ação da Raízen será a mais penalizada entre seus pares dada a sua maior exposição em combustíveis, do que no mix de produção de açúcar.

“Se aprovado o PL 18/22, o preço da gasolina cairia, então mantendo a referência de 70% como “teto” para o etanol, devemos esperar preços mais baixos também para o biocombustível“, afirmam os analistas Leonardo Alencar e Pedro Fonseca em relatório enviado a clientes.

O Senado aprovou nesta segunda-feira o texto principal de projeto que limita a cobrança do ICMS aos setores de combustíveis, energia elétrica, gás natural, comunicações e transporte coletivo.

A proposta também traz compensações a Estados por eventuais perdas de arrecadação em decorrência do limite ao ICMS. O texto volta à Câmara dos Deputados após alterações dos senadores.

Qual ação escapa de Brasília?

Na revisão anterior da XP para as companhias São Martinho (SMTO3) e Jalles Machado (JALL3), foram aumentados os preços esperados do etanol em 12,8% e 40,8%, enquanto para a Raízen a corretora começou a cobertura da ação com uma perspectiva de preços já mais alta.

E separando o joio do trigo, a Jalles Machado é a ação que tem um ponto de entrada interessante após o recente movimento do ativo devido ao seu tamanho e outras opções de receita, além dos recentes fusões & aquisições anunciadas.

Disclaimer

Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Siga o Agro Times no Facebook!

Curta nossa página no Facebook e conecte-se com os jornalistas e leitores do Agro Times. Nosso time traz as discussões mais importantes do dia e você participa das conversas sobre as notícias e análises de tudo o que acontece no agronegócio. Siga agora a página do Agro Times no Facebook!

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 14/06/2022 - 10:42

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto