Receita americana quer ampliar rastreamento de transações em blockchain

20/09/2021 - 16:51
Traduzido e editado por Vitória Martini
O comunicado do Serviço Interno de Receita sugere que a agência quer mais informações sobre esses processos, como parte de seus esforços em investigações criminais (Imagem: Reuters/Erin Scott)

Um comunicado publicado na semana passada pelo Serviço Interno de Receita dos Estados Unidos (IRS, na sigla em inglês) indica que a agência fiscal quer aumentar sua capacidade de rastrear transações entre blockchains (do inglês, “cross-chain”).

O termo “cross-chain” geralmente aplica-se à capacidade de duas ou mais redes blockchain interagirem ou se comunicarem entre si, quando usuários querem fazer transações de um blockchain ao outro, por meio das chamadas “pontes”.

O comunicado do IRS sugere que a agência quer mais informações sobre esses processos, como parte de seus esforços em investigações criminais. 

O comunicado afirma:

Há diversas plataformas de rastreamento de criptomoedas no mercado hoje, porém, com base no modo de funcionamento da tecnologia blockchain, uma porção significativa da inteligência e da cobertura que cada uma fornece é única para cada provedor.

Além disso, a ferramenta on-line da TRM Forensics fornece funções únicas, que não são encontradas em ferramentas de outros provedores. CCU está pedindo especificamente por essa plataforma, devido às suas funções de análise de rastreamento entre blockchains e métodos únicos de visualização de diversas criptomoedas em blockchains.

O comunicado refere-se a um possível acordo que a agência faria com a TRM Labs Inc., uma empresa com sede nos Estados Unidos. TRM arrecadou US$ 14 milhões em uma rodada “series A” (para otimizar sua base de usuários e oferta de produto) neste ano, a qual foi liderada pela Bessemer Venture Partners.

Além disso, a rodada de investimentos contou com a participação da PayPal Ventures, braço de capital de risco da companhia de pagamentos.

Em junho, o The Block noticiou que o IRS quer expandir suas capacidades ligadas a cripto. A agência está em busca de obter maior investimento do Congresso, para ampliar seus esforços de fiscalização do mundo cripto e contratar especialistas externos.

Hoje (20), a corretora cripto Coinbase firmou um acordo com o Departamento de Segurança Interna (DHS) dos Estados Unidos para conceder ao departamento o uso de seu software de análise de blockchain.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Vitória Martini - 20/09/2021 - 16:57

Cotações Crypto
Pela Web