Recuo do petróleo mantém gasolina defasada em 6%; etanol soma menos 4,17% nas distribuidoras

22/06/2021 - 8:22
Petrobras ainda segura reajuste da gasolina amparada em dólar baixo no Brasil (Imagem: Pixabay)

O petróleo assegura a defasagem da gasolina no Brasil na casa do R$ 0,16 (e o diesel em R$ 0,7) nesta manhã de terça-feira (22), depois de mais um dia sem aumento pela Petrobras (PETR4) e com rali de alta em Londres na véspera, de 1,90%.

E o etanol hidratado, que perdeu 4,17% nas usinas na semana passada, engatou mais recuo. Acumulou recuo de 4,17% no mês nas distribuidoras, de acordo com o Cepea, até o fechamento dos negócios na segunda.

A diferença de 6% para menor na gasolina, verificada pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), estaria maior se o barril do Brent não estivesse em pequeno recuo em torno dos 0,50% (US$ 74,52), às 8h20 (Brasília).              .

No primeiro dia da semana, o dólar mais enfraquecido e incertezas quanto à retomada de negociações nucleares com o Irã, que estimularia o país a injetar mais petróleo no mercado, deram mais quase US$ 75 para entrega em agosto.

A baixa de momento vem de notícias de que a Rússia pensa em acionar a Opep+ em aumentar a produção.

O dólar também reage frente aos principais pares.

 

 

Gostou desta notícia? Baixe o nosso app para ler, em apenas um clique, esta e mais de 150 matérias diárias.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 22/06/2021 - 8:36

Pela Web