Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Recuperação de margem em 2021 colocará resultados da Guararapes em destaque

16/03/2021 - 16:57
Riachuelo-Guararapes
A Guararapes reportou lucro líquido consolidado de R$ 368 milhões no quarto trimestre de 2020, queda de 16,5% em relação aos últimos três meses de 2019 (Imagem: Divulgação/Guararapes)

A Guararapes (GUAR3) mostrou sua resiliência nos cenários mais difíceis com os resultados do quarto trimestre do ano passado. Segundo a Ágora Investimentos, a varejista de moda apresentou números acima do esperado no negócio de varejo, enquanto a categoria de serviços financeiros deixou a desejar.

A companhia reportou lucro líquido consolidado de R$ 368 milhões no período, queda de 16,5% em relação aos últimos três meses de 2019. Excluindo os efeitos não recorrentes, o montante totalizou R$ 286,3 milhões.

A receita líquida e o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) vieram abaixo das estimativas da equipe de análise, tendo a primeira atingido R$ 2,2 bilhões (-2% em relação às projeções da Ágora) e o segundo somado R$ 598,4 milhões (-4%). O Ebitda ajustado, excluindo os efeitos não recorrentes, ficou em R$ 369 milhões.

As vendas totais de mercadorias foram beneficiadas pela atuação no e-commerce. As vendas realizadas nos canais digitais dispararam 192%. Isso, somado à expansão de 0,3 ponto percentual da margem bruta, contribuiu para o crescimento de 11,7% do Ebitda de mercadorias, que totalizou R$ 414,6 milhões.

Abrão Filho aumenta 135% sua receita em 2021

“No geral, vemos isso como um conjunto sólido de resultados da Guararapes e destacaríamos a margem robusta
no negócio de varejo em particular”, afirmaram os analistas Richard Cathcart e Flavia Meireles, em relatório divulgado nesta terça-feira (16).

Cathcart e Meireles acreditam que os números do quarto trimestre representam o primeiro passo para uma recuperação de margem à Guararapes. Essa trajetória deve perdurar nos próximos trimestres, ainda que com algum risco de queda devido ao agravamento da pandemia de Covid-19.

“Esperamos que esta recuperação de margem ajude a Guararapes a reportar melhores resultados do que seus pares em 2021”, completaram.

A Ágora reforçou a recomendação de compra para a ação da empresa, bem como o preço-alvo para 2021 de R$ 22. Negociado a um múltiplo P/L (preço sobre lucro) de 2021 de 17,5 vezes, o papel está em um nível atraente.

“Isso representa um desconto de cerca de 50% versus Lojas Renner (LREN3), enquanto a média histórica tem ficado perto de 30%, o que consideramos um nível mais razoável devido à recuperação da margem da Guararapes”, concluíram Cathcart e Meireles.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 16/03/2021 - 16:58

Pela Web