Empresas

Rede D’Or (RDOR3) vai recomprar até R$ 1 bilhão em ações; veja detalhes

11 jun 2024, 19:08 - atualizado em 11 jun 2024, 19:08
rede d'or rdor3
A quantidade de ações da Rede D’Or a ser adquirida no âmbito do Programa de Recompra estará limitada a menos de 10% dos papéis em circulação (Imagem: REUTERS/Ricardo Moraes)

Rede D’Or (RDOR3), por meio de comunicado publicado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nesta terça-feira (11), anunciou um programa de recompra de ações.

A quantidade de ações a ser adquirida no âmbito do programa de recompra de ações estará limitada a 30 milhões de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal da companhia, que, em conjunto com as ações já mantidas em tesouraria, correspondem a menos de 10% do total de ações em circulação no mercado em 11 de junho de 2024.

De acordo com a empresa, a administração limitará o valor total a ser objeto do Programa de Recompra de Ações até R$ 1 bilhão, com a liquidação das operações no prazo máximo de 12 meses, iniciando em 12 de junho de 2024 e se encerrando em 11 de junho de 2025.

  • Guia gratuito de Previdência Privada ajuda a decidir a melhor opção para a sua aposentadoria; clique aqui para baixar

Rede D’or: Tá barata?

Recompra de ações ocorrem, normalmente, quando a empresa acredita que os seus papéis estão baratos. No ano, a ação da empresa acumula queda de pouco mais de 2%. Porém, a empresa está bem longe do patamar do seu IPO, quando chegou à bolsa valendo R$ 64. Hoje ela negocia a R$ 27, queda de 58%.

Em maio, a Rede D’OR anunciou a venda de sua corretora de seguros, a D’Or Consultoria, por um valor total de R$ 800 milhões.



E a Dasa (DASA3) confirmou nesta semana que está em negociação para juntar o seu portfólio à Amil, algo que era especulado pelo mercado há semanas. De acordo com o Banco Safra, a empresa ganharia uma importante arma para enfrentar a rede D’or.

Confira o comunicado

 

Repórter
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, também participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil e do Agro em Campo.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Money Times desde março de 2023. Antes disso, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, também participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil e do Agro em Campo.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.