Rede Terra em queda livre: UST mergulha para US$ 0,30 na madrugada e LUNA desaba 97%

Vitória Martini
11/05/2022 - 8:49
Rede Terra
Os tokens da rede Terra parecem ter adentrado uma “espiral da morte” com perdas que chegam a 97% (Imagem: Crypto Times)

Os preços dos tokens da rede TerraLUNA e a stablecoin UST — estão em queda livre, e o projeto da rede parece estar desmoronando.

UST é uma stablecoin algorítmica que deveria ter paridade ao dólar. Uma combinação de mecanismos de queima envolvendo LUNA deveria manter o lastro de UST.

No entanto, nos últimos dias, o mecanismo parou de funcionar em meio à queda no mercado de criptomoedas, fazendo com que investidores nos tokens da rede Terra corressem para deixar o projeto para trás.

A queda no mercado cripto somada à debandada de investidores levaram tanto UST quanto LUNA a uma “espiral da morte”, com perdas massivas que comprometem o futuro do projeto.

A stablecoin da rede Terra perdeu sua paridade ao dólar com uma perda superior 44% nas últimas 24 horas, chegando a US$ 0,2998 na manhã desta quarta-feira (11). No momento de publicação desta notícia, UST estava cotada em US$ 0,5059, segundo dados do CoinMarketCap.

De acordo com o Decrypt, a stablecoin perdeu mais de US$ 11 bilhões em capitalização de mercado desde segunda-feira (9), saindo da 9ª para a 15ª posição no ranking das criptomoedas.

A forte queda fez com que a stablecoin da rede Terra deixasse de ser a terceira maior moeda estável do mercado para ocupar o quinto lugar.

O token de staking e governança LUNA, por sua vez, desabou 94,33% nas últimas 24 horas, estando cotado a US$ 1,86 no momento de publicação desta notícia. A perda semanal de LUNA soma 97,86%.

LUNA, que já esteve entre as dez maiores criptomoedas do mercado, ocupa atualmente a 60ª posição no ranking por capitalização de mercado.

As perdas deste token da rede Terra ficam ainda mais evidentes em comparação com períodos anteriores. Em abril deste ano, por exemplo, LUNA alcançou sua máxima histórica, de US$ 119.

Rede Terra tem semana traumática

A atual batalha dos tokens da rede Terra começou no último domingo (8), após a stablecoin ter pedido sua paridade ao dólar, quando alcançou US$ 0,985.

Desde então, a rede tem passado por fortes abalos em seu preço. No início da semana, Luna Foundation Guard (LFG), organização sem fins lucrativos que fornece suporte ao ecossistema de Terra, anunciou que concederia um empréstimo de US$ 1,5 bilhão em criptomoedas para tentar manter o lastro de UST, o que não foi o suficiente.

A stablecoin de Terra, ao invés de ter reservas em ativos tradicionais (como dinheiro e títulos, por exemplo) ou até mesmo em criptomoedas, usa um mecanismo de emissão e queima de tokens com conexão com LUNA.

Nesse mecanismo, investidores poderiam sempre converter 1 UST por US$ 1 em LUNA. Ao fazer a conversão de UST para LUNA, a unidade da stablecoin seria destruída.

Com isso, a cada vez que UST caísse abaixo da paridade de US$ 1, arbitradores do mercado poderiam comprar UST com desconto, converter para US$ 1 e obter lucro com a diferença.

Esse mecanismo unido ao atual cenário de queda elevou as expectativas para que a pressão de compra de UST retomasse a paridade da stablecoin.

No entanto, o mecanismo da rede Terra se deteriorou, frustrando as expectativas da rede e espantando investidores.

*Com informações de The Block e Decrypt.

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Disclaimer

O Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Última atualização por Vitória Martini - 11/05/2022 - 9:01

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado cripto?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto