BusinessTimes

Salários de até R$ 30 mil para cargos de RH, uma das áreas estratégicas para o mercado em 2023, aponta estudo

05 out 2022, 9:00 - atualizado em 04 out 2022, 13:06
RH Recursos Humanos
O maior salário para uma área de Recursos Humanos é de R$ 30.450  (Imagem: Hunters Race/Unsplash)

A área de Recursos Humanos será destaque no mercado de trabalho em 2023, segundo o 15° Guia Salarial Robert Half, que aponta outras sete áreas que serão tendência de recrutamento no próximo ano. 

A relevância do setor de RH se deve por ele servir de ponte entre os colaboradores e a liderança. 

Para Marcela Esteves, gerente sênior de recrutamento da Robert Half, a área tem papel fundamental nos principais desafios previstos pelos executivos nos próximos meses. 

“Esse papel mais estratégico, que já viemos destacando nos últimos anos, alavanca a demanda por talentos com foco em remuneração e benefícios, desenvolvimento organizacional e recrutamento e seleção”, informa Marcela. 

Dentre as posições mais buscadas dentro da área de RH, estão: remuneração e benefícios, desenvolvimento humano e organizacional, gerente de RH, gerente de DHO, diretor de RH, e tech recruiter. 

Remuneração

Para entender os salários na área de RH, a metodologia do Guia definiu três faixas salariais diferentes. 

Cada faixa é determinada por experiência do candidato, habilidades relevantes para o trabalho e certificações e especializações.

O intuito da pesquisa é ajudar os profissionais a personalizar sua oferta salarial de acordo com a sua função e capacidade pessoal. 

A perspectiva salarial nessa área de atuação também pode variar de acordo com o porte da empresa.

O Guia definiu uma empresa pequena ou média como aquelas com faturamento de até R$ 500 milhões anuais, enquanto empresas têm faturamento anual de mais de R$ 500 milhões.

O maior salário para uma área de Recursos Humanos é de R$ 30.450 para o cargo de gerente de RH ou business partner – gerente em uma empresa grande. 

Salários

Confira a perspectiva de remuneração em empresas pequenas e médias, conforme o nível de experiência profissional: 

  • Gerente de Recursos Humanos: R$ 18.700 | R$ 22.000 | R$ 24.750
  • Coordenador/Especialista de Atração e Seleção: R$ 11.050 | R$ 13.000 | R$ 14.550
  • Gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional: R$ 19.000 | R$ 22.000 | R$ 24.800
  • Business Partner – Gerente: R$ 18.000 | R$ 22.000 | R$ 24.000

Já em empresas grandes, a perspectiva varia um pouco, e aumenta a quantidade de posições na área:

  • Gerente de Recursos Humanos: R$ 23.000 | R$ 27.000 | R$ 30.450
  • Coordenador/Especialista de Atração e Seleção: R$ 13.250 | R$ 15.000 | R$ 17.650
  • Gerente de Desenvolvimento Humano e Organizacional: R$ 22.950 | R$ 27.000 | R$ 30.400
  • Business Partner – Gerente: R$ 23.000 | R$ 27.000 | R$ 30.450

Expectativas

O Guia também estudou o que os recrutadores estão buscando em profissionais da área de RH.

As áreas que lideram em contratações são startups, infraestrutura (logística/energia/concessões), serviços (educação/telecom), tecnologia, e bens de consumo. 

Já as habilidades técnicas mais procuradas no perfil de cada candidato são: estratégias de remuneração, universidade corporativa, desenvolvimento de liderança, retenção/engajamento/cultura, inglês fluente, e estratégias de R&S. 

Enquanto as habilidades comportamentais mais valorizadas nos cargos de RH são: comunicação, relacionamento interpessoal, foco em soluções, visão analítica, visão de negócios.

Desafios

Na visão dos gestores das áreas de RH, a principal dificuldade enfrentada nesse mercado de trabalho é a retenção dos melhores profissionais (75% afirmam isso), seguido pela dificuldade de atender às expectativas salariais dos candidatos (mencionado por 60%).

“Compreender que a escolha da modalidade está intrinsecamente ligada à atração e retenção de talentos é fundamental”, enfatiza Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half para a América do Sul.

Para 77% dos profissionais de RH, o modelo ideal de trabalho é o híbrido, 17% dos trabalhadores preferem o formato completamente remoto, e 6% dizem optar pelo presencial.

Tendências

Outra tendência avaliada pelo Guia sobre o mercado de trabalho de RH é a valorização das universidades corporativas (UC), populares no mundo todo por se tratarem de um instrumento-chave na capacitação dos colaboradores, explica a pesquisa.

Os executivos entrevistados pelo guia salarial apontaram que a liderança, inteligência emocional, capacidade de resolução de problemas e domínio de língua estrangeira são algumas das habilidades mais difíceis de se encontrar atualmente.

“Contar com uma UC dentro da empresa evidencia a preocupação da companhia com seus colaboradores, além de minimizar o gap de habilidades, técnicas ou comportamentais, e promover o desenvolvimento de novos líderes”, pontua a gerente sênior da Robert Half.

Siga o Money Times no Instagram!

Conecte-se com o mercado e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre as notícias que enriquecem seu dia! Sete dias por semana e nas 24 horas do dia, você terá acesso aos assuntos mais importantes e comentados do momento. E ainda melhor, um conteúdo multimídia com imagens, vídeos e muita interatividade, como: o resumo das principais notícias do dia no Minuto Money Times, o Money Times Responde, em que nossos jornalistas tiram dúvidas sobre investimentos e tendências do mercado, lives e muito mais… Clique aqui e siga agora nosso perfil!

Saiba mais! HENRIQUE MEIRELLES FALA SOBRE POLÍTICA ECONÔMICA E UMA POSSÍVEL VOLTA AO GOVERNO!

Disclaimer
Money Times publica matérias informativas, de caráter jornalístico. Essa publicação não constitui uma recomendação de investimento.

Repórter
Jornalista formada pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e repórter no portal Money Times, com passagem pela redação da Forbes Brasil. Atualmente escreve e acompanha notícias sobre economia, empresas e finanças.
Linkedin
Jornalista formada pela Escola Superior de Propaganda e Marketing e repórter no portal Money Times, com passagem pela redação da Forbes Brasil. Atualmente escreve e acompanha notícias sobre economia, empresas e finanças.
Linkedin