Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

FGTS deixa CDB, Tesouro Selic e Poupança para trás

26/08/2019 - 19:28

Para estimular a economia o governo decidiu liberar parte do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para os seus cotistas.  Com as mudanças, os trabalhadores CLT poderão optar por duas modalidades.

Entretanto, sacar o dinheiro pode ser uma vantagem apenas em alguns casos, já que o rendimento é 3% + TR. Porém, este ano o Ministro da Economia Paulo Guedes anunciou que distribuirá 100% do lucro, o que pode fazer com que este montante dobre e chegue a 3,44%.

Somado com os 3% de rentabilidade garantida, o FGTS renderá 6,18%, o que seria uma rentabilidade extraordinária para um investimento de renda fixa e isento de imposto de renda.

Para que seja possível notar as diferenças basta calcular quanto cada investimento de renda fixa precisaria render para se igualar ao FGTS.

Usando como base o valor de R$1.000,00, o Canal 1Bilhão Educação Financeira fez os cálculos para o período de 1 ano, tanto para CDBs, quanto para fundos que são isentos de imposto de renda.

Leia mais clicando aqui.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Fabrizio - 27/09/2019 - 13:32