Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Smiles distribuirá R$ 103,6 milhões em dividendos a acionistas

03/08/2020 - 8:17
A empresa informa que o pagamento será realizado no dia 18 de dezembro de 2020 (Imagem: Site/Smiles)

A Smiles (SMLS3) anuncia o pagamento de R$ 103.681.890,48 em dividendos a acionistas, conforme declarado pela companhia na assembleia geral ordinária realizada no dia 31 de julho de 2020.

Deduzidos os juros sobre capital próprio (JCP) declarados e pagos referentes ao exercício de 2019, corresponde o provento de R$ 0,835074 para cada ação ordinária, isento de Imposto de Renda. A empresa informa que o pagamento será realizado no dia 18 de dezembro de 2020.

Terão direito acionistas com posição acionária em 03 de agosto de 2020, sem incidência de correção monetária. A partir de 04 de agosto de 2020, inclusive, as ações da Smiles passarão a ser negociadas na forma de “ex-dividendos”.

Recebimento

Os acionistas que já informaram ao Itaú a conta bancária, receberão seus créditos na conta corrente na data mencionada.

Os acionistas que ainda não fizeram atualização de cadastro ou indicação de banco, agência e conta corrente –, terão do Itaú os créditos de dividendos à partir do 3º dia útil contado da data da solicitação, desde providenciem a regularização de seus respectivos cadastros.

Os acionistas usuários da custódia fiduciária terão seus créditos disponíveis conforme procedimentos adotados pela B3.

Desempenho da Smiles no 2° trimestre

setor de turismo, sem sombra de dúvidas, foi um dos mais abalados pelos impactos do coronavírus e a Smiles, companhia que administra o sistema de milhas da Gol (GOLL4) e aéreas parceiras, não foi uma exceção.

A empresa reportou no 2° trimestre de 2020 um prejuízo líquido de R$ 400 mil. Se comparado ao mesmo período do ano passado, observa-se um tombo de 100,3%, quando a companhia havia tido um lucro de R$ 155,7 milhões.

No 1° trimestre, a Smiles ainda havia obtido um lucro de R$ 56,3 milhões, mas com agravamento da pandemia no Brasil nos meses seguintes, a empresa teve de se ajustar ao “ao novo normal”.

Confira o comunicado da Smiles:

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Lucas Simões - 03/08/2020 - 8:21