Sobra de hidratado reflete consumo lento mesmo com gasolina mais cara e preços caem em Paulínia

Giovanni Lorenzon
21/01/2022 - 9:04
Etanol
Mesmo em entressafra há espaço para recuo do etanol nos postos de serviços (Imagem: Mateus Pereira/GOVBA)

Apesar do aumento da gasolina nas bombas na semana anterior, após o reajuste nas refinarias feito pelo Petrobras (PETR4) na quarta (4,85%), o etanol hidratado vem mantendo um ritmo de baixa nas distribuidoras desde segunda-feira e deve se repetir nesta sexta (21).

Ontem, segundo registro do Cepea, as empresas no polo de Paulínia (SP) liquidaram o litro em menos 1,62%, a R$ 3,3110, recuo duas vezes superior à soma dos demais três dias anteriores.

Há uma folga de biocombustível nas distribuidoras, também refletido nas usinas, apesar da entressafra no Centro-Sul.

Na segunda semana do ano, os preços ficaram estáveis na origem (R$ 3,3516).

Mas também reproduziu que a competitividade do renovável não está no ponto ideal para o consumidor, que é na faixa de 70% de paridade de preço com o derivado de petróleo, além de que o consumo em geral está quieto.

Na semana passada, a gasolina teve um reajuste de 0,18% nos postos, pelos dados da ANP, pegando três dias de aumento na refinaria.

Nesta que termina, o aumento deveria estar mais completo nas redes de postos, mas as distribuidoras continuaram reduzindo os valores.

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 21/01/2022 - 9:19

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto