Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Soja a caminho dos US$ 12 por clima errático no Brasil e estoques baixos nos EUA

18/11/2020 - 14:19
soja em Cruz Alta
Chuvas incertas desequilibram o preço da soja em Chicago (Imagem: REUTERS/Inaê Riveras)

As duas posições mais negociadas da soja em Chicago estão carregando um prêmio climático pelas chuvas irregulares em boa parte das plantações brasileiras e renovam a sequência de alta desde o dia 13.

Mercado especula prejuízo à produção do grão na safra atual, recém-plantada.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), inclusive, chama atenção para tempo mais seco na semana que vem, no Centro-Sul a partir de terça, e em partes do Centro-Oeste, na quinta.

Mas além do clima errático, após um período de intenso calor e seca, que atrasou o plantio da safra, o analista da AgRural, Adriano Gomes, classifica os estoques baixos do grão nos Estados Unidos.

Como o fim da soja disponível no Brasil, os chineses se voltaram exclusivamente para as compras no mercado americano.

E expectativas de novas aquisições também ajudam a amarrar as cotações na CBOT quase às portas dos US$ 12 o bushel.

O contrato de janeiro, nesta quarta (18), às 14h30 (Brasília), segue em mais 16 pontos, US$ 11,86, e o março (mesmo com a safra brasileira 20/21 entrando) está também com a mesma variação e cotação.

Na véspera, as elevações ficaram entre 16,25 e 14 pontos, respectivamente 1,41% e 1,21%.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , ,

Última atualização por Giovanni Lorenzon - 18/11/2020 - 14:30