AgroTimes

Soja sobe com demanda aquecida, enquanto trigo recua por oferta no Mar Negro

17 out 2023, 16:50 - atualizado em 17 out 2023, 16:50
soja trigo
A soja avançou com a demanda aquecida pela soja norte-americana após o último corte do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA)(Imagem: Pixabay)

A soja e o trigo fecharam o dia com movimentos distintos na Bolsa de Chicago (CBOT) nesta terça-feira (17).

De acordo com Rafael Silveira, analista na Safras & Mercado, a oleaginosa avançou com a demanda aquecida pela soja norte-americana após o último corte do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) para a produção no país.

Já o trigo, segundo Elcio Bento, analista do cereal na Safras, foi pressionado por sinais de oferta e pela ausência da demanda chinesa pelo grão dos Estados Unidos.

“Na semana passada, a China comprou trigo estadunidense, o que deixou alguns investidores esperançosos de que o movimento seguisse nesta semana. As inspeções de exportação dos EUA divulgadas ontem (16) mostraram pouca demanda do país asiático”.

A oferta elevada no Mar Negro segue atuando como fator baixista, ainda que a projeção para a safra russa tenha sido cortada pela consultoria SovEcon nesta terça.

A Rússia deve colher 91,4 milhões de toneladas, abaixo das 91,6 milhões estimadas anteriormente, em função do clima seco.

Confira o fechamento da soja, trigo e das principais commodities:

Cultura Vencimento Valor (US$) Variação (%) Variação (Cents)
Soja (CBOT) Novembro 12,96 0,81 10,50
Milho (CBOT) Dezembro 4,89 -0,2 -1,00
Trigo (CBOT) Dezembro 5,70 -1,16 -6,75
Café (ICE) Dezembro 1,57 1,88 2,9
Açúcar (ICE) Março 0,27 1,62 0,0044
Fonte: Safras & Mercado

 

Repórter no Agro Times
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Formado em Jornalismo pela Universidade São Judas Tadeu. Atua como repórter no Agro Times desde março de 2023. Antes do Money Times, trabalhou por pouco mais de 3 anos no Canal Rural, onde atuou como editor do Rural Notícias, programa de TV diário dedicado à cobertura do agronegócio. Por lá, participou da produção e reportagem do Projeto Soja Brasil, que cobre o ciclo da oleaginosa do plantio à colheita, e do Agro em Campo, programa exibido durante a Copa do Mundo do Catar e que buscava mostrar as conexões entre o futebol e o agronegócio.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.