Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Sossego da Raia Drogasil no e-commerce vai acabar em breve com chegada de Panvel e Rappi

10/03/2021 - 16:34
Raia Drogasil
Os analistas da XP Investimentos enxergam potenciais desafios de curto prazo para a Raia Drogasil (Imagem: Gustavo Kahil/Money Times)

A XP Investimentos e o Safra reforçaram a recomendação neutra para as ações da Raia Drogasil (RADL3), com preços-alvo de, respectivamente, R$ 27 e R$ 25, depois que a companhia divulgou os resultados do quarto trimestre do ano passado. Embora tenham gostado do balanço, principalmente a performance nas vendas e o ganho de participação de mercado recorde de 14,7%, os analistas enxergam potenciais desafios de curto prazo.

Danniela Eiger, Marco Nardini e Thiago Suedt, analistas de Varejo da XP, levantaram alguns riscos para a plataforma digital da Raia Drogasil. No mês passado, a Panvel (PNVL3;PNVL4) anunciou que pretende lançar seu marketplace no quarto trimestre deste ano, enquanto o Rappi vai começar a intermediar vendas de remédios.

“Vemos um risco de maior competição no marketplace da companhia”, afirmaram.

O Safra reconhece que as iniciativas digitais e os hubs de saúde vão crescer e ajudar a expandir a gama de produtos e serviços do marketplace da Raia Drogasil. Por outro lado, a instituição notou que a penetração digital está recuando conforme as operações das lojas físicas retornam ao normal.

Mas a recomendação neutra do Safra se deve principalmente ao valuation. De acordo com as estimativas dos analistas, o papel da rede de farmácias é negociada a 42 vezes P/L (preço sobre lucro) para 2021.

Diferencial

Raia Drogasil
Segundo a Ativa Investimentos, os resultados mostraram a resiliência do modelo de negócios da companhia (Imagem: REUTERS/Sergio Moraes)

Na outra ponta, o BTG Pactual (BPAC11) e a Ativa Investimentos reiteraram a recomendação de compra da ação. Os preços-alvo indicados são de R$ 24 e R$ 30,10, respectivamente.

Segundo a Ativa, os resultados mostraram a resiliência do modelo de negócios da companhia. Os analistas têm boas perspectivas para os canais digitais da Raia Drogasil. Eles acham que a omnicanalidade da empresa será um grande diferencial na fidelização dos clientes. No caso das lojas físicas, o diferencial da companhia está nos health hubs.

Para o BTG, a Raia Drogasil tem uma combinação poderosa. Embora a ação seja negociada com grande prêmio em relação aos varejistas brasileiros, o banco acredita que a execução superior, o plano de expansão agressivo, um roteiro de investimento completo para o marketplace e uma sólida CAGR (taxa de crescimento anual composta) de 28% são motivos suficientes para ficar otimista com o nome.

Healthbit

A Raia Drogasil informou, em nota divulgada ontem, que adquiriu 50,75% de participação acionária do capital social da startup de tecnologia Healthbit.

A transação foi realizada por meio do fundo de investimento em participações RD Ventures e está em linha com a estratégia da Raia Drogasil. A Healthbit vai permitir que a companhia desenvolva novas soluções de promoção de saúde e prevenção de doenças para funcionários e beneficiários de empresas e operadoras de saúde, inclusive por meio da Univers, a PBM (Programa de Benefício em Medicamentos) própria da Raia Drogasil.

O acordo celebrado entre as partes dá opção de compra da totalidade das ações remanescentes à Raia Drogasil a partir de 2026.

A conclusão da transação está sujeita ao cumprimento de certas obrigações formais das partes.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 10/03/2021 - 17:22

Pela Web