Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

S&P corta perspectiva da dívida do Japão com alta nos gastos em meio a pandemia

09/06/2020 - 9:31
Japão Tóquio
A medida ressalta o desafio que o Japão enfrenta ao tentar sustentar uma economia que já estava entrando em recessão antes da pandemia sem perder o controle de suas finanças esfarrapadas (Imagem: Unsplash/@illiyapresents)

A agência de classificação de risco S&P Global Ratings cortou nesta terça-feira sua perspectiva para o rating da dívida soberana do Japão para estável, ante positivo, citando o aumento da incerteza sobre a saúde fiscal do país devido à alta nos gastos para combater os efeitos da pandemia de coronavírus.

A medida ressalta o desafio que o Japão enfrenta ao tentar sustentar uma economia que já estava entrando em recessão antes da pandemia sem perder o controle de suas finanças esfarrapadas.

Sua dívida pública está entre as mais altas dos países industrializados.

“As finanças fracas do governo do Japão se deterioraram ainda mais no ano fiscal de 2020 devido à pandemia de Covid-19”, disse a S&P.

Dois orçamentos suplementares lançados pelo governo japonês aumentarão o déficit geral do governo para este ano fiscal para cerca de 16% do Produto Interno Bruto do país, afirmou o documento.

“A posição fiscal deve melhorar materialmente quando o surto recuar e o crescimento econômico retornar. No entanto, esperamos que o déficit fiscal permaneça relativamente alto” no período fiscal de 2021 a 2023, afirmou a agência.

A S&P manteve os ratings de crédito soberano A+ de longo prazo e A-1 de curto prazo do Japão.

Mas disse que poderia rebaixar os ratings se o crescimento econômico permanecer persistentemente baixo e se um possível retorno à deflação pressionar a longo prazo o desempenho fiscal do Japão.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!

Última atualização por Lucas Simões - 09/06/2020 - 9:41