Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

S&P rebaixa nota de crédito da Oi e vê queda de receita

13/09/2018 - 7:42
The S&P Global S&P
Segundo a S&P, a operadora apresentará métricas de crédito mais fracas por um período mais longo do que o esperado (Imagem: Reuters/Brendan McDermid)

Por Arena do Pavini

A agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P) mudou a perspectiva dos ratings da operadora de telefonia Oi (OIBR4) S.A. de estável para negativa e rebaixou o rating na Escala Nacional Brasil de “brA” para ‘brA-’. O ratings global da empresa foi mantido em ‘B’.

Segundo a S&P, a operadora apresentará métricas de crédito mais fracas por um período mais longo do que o esperado, sobretudo em razão da queda na receita no segmento de telefonia fixa.

As perspectivas negativas em ambas as escalas refletem as restrições de fluxo de caixa e os desafios de execução do plano de investimentos (capex) da empresa, que podem limitar sua capacidade de reverter o declínio na receita, enquanto enfraquece sua rentabilidade.

A alteração da perspectiva reflete os desafios que a Oi vem enfrentando nos esforços para retomar o crescimento e gerar fluxo de caixa operacional livre, diz a S&P. Isso se deve em parte a certo atraso na injeção de capital de R$ 4 bilhões, concluída apenas em janeiro de 2019, que postergou os investimentos da empresa.

Além disso, a S&P esperava que a Oi reportasse crescimento da receita em 2019. Entretanto, a empresa registrou desconexões acima das expectativas e consequentes declínios na receita de linhas fixas nos últimos trimestres. “Nesse contexto, esperamos agora um declínio na receita em 2019 e 2020, com retomada do crescimento somente em 2021”, diz a agência de risco.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , ,

Última atualização por Lucas Eurico Simões - 13/09/2019 - 7:56

Cotações Crypto
Pela Web