Empresas

Starbucks vai fechar no Brasil? Entenda o caso

03 nov 2023, 11:07 - atualizado em 03 nov 2023, 11:44
Starbucks
Operadora da rede Starbucks entra em recuperação judicial (Imagem: Pixabay/Gogogo Harvardo)

A SouthRock Capital, operadora das redes Starbucks e Subway no Brasil, entrou com pedido de recuperação judicial em 31 de outubro. A rede de cafeteria possui 187 lojas próprias em território brasileiro.

O pedido de recuperação judicial estima que as dívidas da gestora giram em torno de R$ 1,8 bilhão. A empresa possui, além das lojas do Starbucks, 25 restaurantes do Brazil Airport Restaurants (BAR), quatro lojas próprias do TGI Fridays e um centro gastronômico Eataly.

Ao Money Times, a SouthRock diz que a marca Subway não faz parte do pedido de recuperação judicial “por uma decisão de negócios, tomada em conjunto com os parceiros comerciais”.

A empresa, do investidor norte-americano Ken Pope, entrou com o pedido de RJ em São Paulo alegando que “é onde são realizadas as operações comerciais que geram a maior parte das receitas e onde estão situados os ativos mais relevantes”.

A SouthRock explica que solicitou a recuperação judicial para proteger financeiramente algumas de suas operações no Brasil atrelado a decisões estratégicas para ajustar seu modelo de negócio ao atual cenário econômico.

“Os ajustes incluem a revisão do número de lojas operantes, do calendário de aberturas, de alinhamentos com fornecedores e stakeholders, bem como de sua força de trabalho tal como está organizada atualmente”, reforça.

*Com Flávya Pereira

Estagiária
Estudante de jornalismo. Foi redatora durante um ano, trabalhando com hard news. Escreve sobre tecnologia, economia, política e empresas.
Estudante de jornalismo. Foi redatora durante um ano, trabalhando com hard news. Escreve sobre tecnologia, economia, política e empresas.