Subsidiárias da corretora cripto FTX recebem autorização para operar em Gibraltar e Bahamas

20/09/2021 - 14:48
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
A FTX está ampliando sua presença internacional e se mostrando bem “obediente” a reguladores. Essa estratégia será bem benéfica à reputação da corretora (Imagem: Unsplash/awerin)

As subsidiárias da corretora de criptomoedas FTX em Gibraltar e nas Bahamas receberam licenças de operação conforme a empresa continua a fomentar relações com reguladores locais.

Zubr Exchange, a subsidiária gibraltarina da FTX, recebeu autorização da Comissão de Serviços Financeiros de Gibraltar (GFSC) como uma fornecedora de tecnologia de registro distribuído (DLT).

Zubr é uma corretora local de derivativos cripto, cuja aquisição pela FTX só foi anunciada na última sexta-feira (17).

FTX disse ter começado a integrar a equipe da Zubr, mas esta irá manter sua presença local e autonomia operacional, em conformidade com os requisitos de licenças de fornecedoras DLT.

Em relação à subsidiária bahamense FTX Digital Markets, foi registrada pela Comissão de Valores Mobiliários das Bahamas (SCB) como uma empresa de ativos digitais sob a Lei de Corretoras Registradas de Ativos Digitais (ou “DARE Act”, em inglês).

A FTX afirmou que essa subsidiária é a primeira empresa de ativos digitais a receber essa licença.

Como parte de seus planos de expansão nas Bahamas, a FTX Digital Markets também transformou Ryan Salame, ex-líder de mercados de balcão (OTC) da Alameda Research, em seu CEO.

A empresa também tem sede em Nassau, nas Bahamas, e planeja contratar talentos locais de diversos setores, como finanças, marketing e engenharia.

“Estou empolgado em fincar a bandeira para a FTX nas Bahamas”, afirmou Salame.

“A relação que fomentamos com reguladores locais, culminando na nossa autorização sob a estrutura oferecida por meio da Lei DARE, me dá a confiança de que iremos trabalhar próximos a reguladores para garantir que nossas ofertas estejam complacentes em diversas jurisdições.”

FTX e sua unidade parecem estar tomando iniciativas regulatórias em diversos países. Em agosto, FTX.US adquiriu a corretora de derivativos cripto LedgerX para entrar para esse mercado.

Sam Bankman-Fried (SBF), CEO da FTX, afirmou que a empresa está “comprometida em manter uma relação próxima com reguladores locais para que, juntos, possamos navegar, apresentando uma estrutura regulatória compreensiva para ajudar a promover o crescimento dessa nascente classe de ativos”.

Corretora FTX encerra rodada de financiamento
e está avaliada em US$ 18 bilhões

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 20/09/2021 - 14:48

Cotações Crypto
Pela Web