Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Possível suspensão de reajuste eleva ainda mais incertezas da Sanepar, diz XP

28/08/2020 - 14:55
Para a XP Investimentos, a medida é negativa e gera ainda mais certezas

Na última quinta-feira (27), o governo do Paraná informou que vai pedir a suspensão da revisão das tarifas de água e esgoto da Sanepar (SAPR11), que passariam a vigorar a partir de novembro.

Na terça-feira, a Agência Reguladora do Paraná (Agepar) aprovou reajuste tarifário anual de 9,6299% a partir de 31 de outubro, o que fez as units da companhia dispararem.

Para a XP Investimentos, a medida é negativa e gera ainda mais certezas, dado seu histórico atribulado com respeito a revisões e reajustes tarifário.

“Apesar disso, notamos que as ações já negociam a um elevado desconto em relação às suas pares como reflexo deste cenário regulatório mais incerto”, afirmou o analista Gabriel Francisco, que assina o relatório.

Com isso, a corretora manteve a recomendação de compra, com preço-alvo de R$ 32.

Sanepar distante de seus pares

Mesmo sem ter um projeto de privatização no curto prazo, a Sanepar está distante de outras empresas de saneamento, sendo negociada próximo a 0,7 vezes o EV/RAB (valor de mercado mais dívida líquida sobre RAB, que significa base de ativos regulatórios), calcula o BTG Pactual em relatório enviado a clientes.

Além disso, o BTG elogiou o reajustes. “Uma forma de aumento tarifário acima da inflação nos diz que o componente de diferimento foi incluído no cálculo, o que ajuda a diminuir o ceticismo no repasse completo”, afirmaram os analistas Joao Pimentel e Fillipe Andrade.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 28/08/2020 - 17:03