Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Tempo de Resultados: Veja as recomendações para Banco do Brasil (BBAS3), Via (VIIA3) e Cogna (COGN3)

Paula Comassetto
13/05/2022 - 17:27

O Banco do Brasil (BBAS3) registrou lucro líquido ajustado de R$ 6,6 bilhões no primeiro trimestre de 2022. O resultado representa um crescimento de 11,5% em relação aos números do trimestre anterior e um salto de mais de 34,6% sobre um ano antes.

Para Bruno Guimarães, analista em renda variável da Vitreo, o BB dentre os bancos é o mais descontado no momento. A diferença entre o preço de tela do banco para o preço do fundamento da empresa está muito longe. 

Além disso, o banco aprovou o pagamento de R$ 1,9 bilhão em proventos relativos ao primeiro trimestre de 2022, nos quais R$ 443 milhões são em forma de dividendos e R$ 1,4 bilhão em juros sobre o capital próprio.

Ele complementa que o Banco do Brasil “é uma empresa legal que a gente consegue dar uma previsibilidade maior pelo fluxo de caixa dela tanto em relação à dívida quanto em relação à receita.” E revela que a empresa vai ter receita crescente com grande potencial pela frente.

A Via (VIIA3) também acabou reportando um balanço melhor do que o esperado, porém sofre muito com o cenário macroeconômico do Brasil. O lucro líquido contábil foi de R$ 18 milhões, queda de 90% ante mesmo período do ano passado. E o lucro líquido operacional foi de R$ 86 milhões, queda de 52%.

Ao contrário de Banco do Brasil, para o analista, Via não é recomendada pela corretora, pois além dos resultados não estarem bons, a empresa sofreu com um Turn Around de Governança Corporativa, algo que indicaria que a empresa não estaria disposta a realizar negócios.

É muito difícil de fazer varejo no Brasil. “ O momento Brasil para essas empresas com um salário mínimo em relação à inflação caindo nos últimos anos, o crédito ficando mais caro, a inflação tirando o poder de compra da população; isso tudo é um ciclo que não é bom para a empresa.”

Já a Cogna (COGN3) reportou lucro líquido ajustado de R$ 55,29 milhões, alta de 58,7% na comparação com o mesmo período do ano passado.

No entanto, a companhia continuou com um prejuízo líquido no trimestre de R$ 13 milhões no período, um valor R$ 20,8 milhões melhor que o prejuízo apresentado no mesmo período de 2021.

Para Guimarães a empresa também está passando por um momento difícil, mas bem diferente da Via, pois a empresa está empenhada em fazer o negócio acontecer.

E finaliza “vamos olhar os próximos capítulos para ver se vai dar certo esse plano da empresa, a governança corporativa da empresa é boa, e se começar a dar certo a gente pode olhar com outros olhos.”

Receba as newsletters do Money Times!

Cadastre-se nas nossas newsletters e esteja sempre bem informado com as notícias que enriquecem seu dia! O Money Times traz 8 curadorias que abrangem os principais temas do mercado. Faça agora seu cadastro e receba as informações diretamente no seu e-mail. É de graça!

Última atualização por Renan Dantas - 13/05/2022 - 17:27

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender
As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto