Tempo Real

Tempo real: Ibovespa (IBOV) fecha em alta com Petrobras (PETR4) e dólar sobe; CSN (CSNA3) dispara

18 jun 2024, 7:08 - atualizado em 18 jun 2024, 17:47
ibovespa-ações -bolsa-b3 tempo real
Acompanhe o Ibovespa e os mercados em Tempo Real. (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

RESUMO: O Ibovespa (IBOV) fechou em alta de 0,41%, aos 119.630,44 pontos, em meio ao Comitê de Política Monetária (Copom). 

A primeira etapa da reunião, é reservada às apresentações técnicas de conjuntura; já a segunda — que acontece amanhã — é para decisões das diretrizes de política monetária. As apostas majoritárias são de pausa no afrouxamento monetário, com a Selic permanecendo a 10,50% ao ano. A volta da inflação, riscos fiscais e cenário internacional de juros estão pesando na decisão do BC.

Em mais um dia, o cenário fiscal seguiu no radar dos investidores. Mais cedo, o presidente Lula afirmou que o governo está “investigando se tem carga exagerada em alguns programas sociais”. “Estou disposto a discutir o orçamento com a Câmara, o Senado e empresários”, disse.

O chefe do Executivo também teceu novas críticas ao presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto em entrevista à rádio CBN.

O dólar à vista recuperou as perdas na última hora da sessão e fechou o dia em alta, a R$ 5,43.

Confira os principais temas do Ibovespa e dos mercados nesta terça-feira (18) em tempo real



Elétrica pagará R$ 429,7 milhões em juros sobre o capital; veja como aproveitar
cemig-cmig4-dividendos
Farão jus ao pagamento os acionistas comprados no papel até 21 de junho de 2024. A partir de 24 de junho, a ação passará a ser negociada ex-JCPs (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

A Cemig (CMIG4) aprovou mais uma rodada de juros sobre o capital próprio de R$ 429,7 milhões, mostra documento enviado ao mercado nesta terça (18).

Segundo o comunicado, o valor por ação será de R$ 0,15021208844, a ser pago em duas parcelas iguais, sendo:

Leia mais.

Arezzo (ARZZ3) e Soma (SOMA3): Empresas confirmam incorporação, aumento de capital e novo ticker; veja
arezzo soma
O saldo remanescente do acervo líquido do Grupo Soma, no valor de R$ 5,210 bi, será destinado à conta de reserva de capital da Arezzo&Co. (Imagem: Montagem/Money Times)

O Grupo Soma (SOMA3) confirmou a incorporação da Arezzo (ARZZ3) nesta terça-feira (18), em continuidade ao acordo celebrado em 18 de maio.

A assembleia da Arezzo também deliberou acerca da reforma do estatuto social e da alteração da denominação social da Arezzo, que, uma vez consumada a incorporação, passará a se chamar Azzas 2154, com o ticker AZZA3, que começara a ser negociado em 1º de agosto.

Leia mais.

Ser Educacional (SEER3): Justiça autoriza vestibular de cursos de medicina na Bahia e Pará
educação
Ao todo, a companhia irá abrir 60 (sessenta) vagas anuais em cada curso, totalizando 120 (cento e vinte) vagas anuais (Imagem: Wokandapix/Pixabay)

Galinha de ovos de ouro no setor de educação, a Ser Educacional (SEER3) obteve decisão favorável da Justiça para vestibular de novos cursos de medicina em Salvador, na Bahia, e Santarém, no Pará.

Ao todo, a companhia irá abrir 60 (sessenta) vagas anuais em cada curso, totalizando 120 (cento e vinte) vagas anuais.

Leia mais.

Petrobras (PETR4) assina protocolo de intenções com o governo do Rio de Janeiro; entenda
dividendos petrobras ibovespa wall street morning times magda chambriard
Serão avaliados diversos aspectos da geração eólica offshore, segundo a empresa. (Imagem: REUTERS/Sergio Moraes)

A Petrobras (PETR4) assinou nesta terça-feira (18) um protocolo de intenções com o governo do Estado do Rio de Janeiro para a realização de estudos conjuntos para a avaliação da viabilidade de implantação de um projeto piloto de energia eólica offshoreaquela que utiliza a força dos ventos no mar para a produção de energia renovável.

O acordo, segundo a empresa, prevê o estabelecimento de mecanismos de cooperação, com o alinhamento do projeto aos programas e políticas estaduais e fomento de ações de melhoria da região onde o piloto será implementado.

Leia mais.

Selic a 10,50% ou a 10,25%? Apostas do mercado para o Copom desta quarta (19) já estão feitas; veja o que esperar
copom selic
Maioria do mercado julga que o Copom manterá a Selic no patamar de 10,50% (Imagem: Divulgação/Banco Central)

83% do mercado financeiro julga que o Comitê de Política Monetária (Copom) manterá a Selic no patamar de 10,50% ao ano na decisão de amanhã (19), segundo a pesquisa Pré-Copom do BTG Pactual realizada entre 11 e 14 de junho. Os demais 17% dos participantes esperam um corte de 0,25 ponto percentual na taxa.

Em relação à comunicação do Banco Central (BC) nesta reunião, apenas 7% dos pesquisados antecipam um novo dissenso entre os membros. 37% acreditam que a indicação virá sem orientação futura e 56% também não veem indicação futura, mas esperam que o Comitê mencione uma “pausa” no ciclo.

Leia mais.

Reunião do CMN acontece em 26 de junho

O Banco Central informou que a próxima reunião do Conselho Monetário Nacional (CMN) de junho está prevista para 26 de junho.

O CMN é formado pelos ministros da Fazenda, Fernando Haddad, e do Planejamento, Simone Tebet e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Banco Central: Segunda sessão de análise de conjuntura encerrada

A segunda parte da reunião da análise de conjuntura do Comitê de Política Monetária (Copom) terminou às 17h39, informou o Banco Central. O encontro havia começado às 14h17.

Os membros do Copom se reúnem durante dois dias para definir a taxa básica de juros, a Selic — que está em 10,50% ao ano. Após as apresentações de hoje, a decisão deve ser divulgada na quarta-feira depois do fechamento dos mercados.

As apostas majoritárias do mercado são de manutenção da Selic a 10,50% ao ano.

Light (LIGT3): Justiça homologa plano de recuperação judicial
Light ligt3 setor elétrico
Light apresentou plano de recuperação judicial em julho deste ano. (Imagem: Facebook)

A 3ª Vara Empresarial da Comarca do Rio de Janeiro homologou nesta terça-feira o plano de recuperação judicial da elétrica Light (LIGT3), que busca reestruturar uma dívida de 11 bilhões de reais.

O plano havia sido aprovado em assembleia no dia 29 de maio, com o apoio de mais de 99% dos credores, constituídos principalmente por debenturistas, bondholders e bancos.

Leia mais.

Altas e quedas do Ibovespa hoje

Confira as maiores altas do Ibovespa hoje:

  • CSN (CSNA3): +9,07%, a R$ 12,99
  • BRF (BRFS3): +5,50%, a R$ 19,19
  • CSN Mineração (CMIN3): +3,91%, a R$ 5,05
  • JBS (JBSS3): +3,84%, a R$ 28,90
  • Petrobras (PETR3): +3,36%, a R$ 37,88

Confira as maiores quedas do Ibovespa hoje:

  • Azul (AZUL4): -6,11%, a R$ 8,45
  • CVC (CVCB3): -5,45%, a R$ 1,91
  • Sabesp (SBSP3): -2,97%, a R$ 72,11
  • PetroReconcavo (RECV3): -2,76%, a R$ 17,60
  • Petz (PETZ3): -2,64%, a R$ 3,32
São Martinho (SMTO3): ‘Brasil deve ser o fiel da balança no açúcar’; o que fazer com as ações, segundo BTG, XP e BBA
açúcar são martinho
Questões como os preços de hedge e o aumento do mix para o açúcar foram alguns dos destaques dos analistas para São Martinho (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

Na tarde desta terça-feira (18), a São Martinho (SMTO3) realizou uma teleconferência, após a divulgação dos resultados referentes ao quarto trimestre da safra 23/24 (4T24).

Durante o bate-papo, Felipe Vicchiato, CFO e diretor de relações com investidores, destacou o mix de cana-de-açúcar no ciclo atual, 52% para o açúcar e 48% para o etanol.

Leia mais.

Plano Safra deste ano ‘certamente’ será maior que o de 2023, diz Haddad

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta terça-feira (18) que o Plano Safra 2024/2025 “certamente” será maior que o do ano passado, mas que ainda são necessários cálculos para apontar o valor total, que deve ser anunciado na próxima semana.

Em entrevista a jornalistas na saída da Fazenda após se reunir com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Carlos Fávaro, Haddad disse que o valor do Plano será fechado nesta semana e seguirá para análise do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na segunda-feira da próxima semana, com o anúncio na terça-feira.

Haddad também afirmou que se reunirá com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), nesta semana para discutir as dívidas dos Estados com a União.

Ibovespa fecha em alta e sustenta os 119 mil pontos

Com apoio das ações da Petrobras (PETR4), o Ibovespa fechou o pregão com alta de 0,41%, aos 119.630,44 pontos.

Essa foi a quarta sessão que o principal índice da bolsa brasileira termina em tom positivo.

 

S&P 500 e Nasdaq renovam recorde de fechamento

Os índices de Nova York encerraram o pregão em alta. Os investidores aumentaram as apostas de afrouxamento monetário pelo Federal Reserve (Fed) ainda neste ano após dados mais fraco de vendas no varejo.

Com isso, S&P 500 e Nasdaq renovaram os recordes históricos de fechamento. Nvidia (NVDA) ultrapassou a Microsoft em valor de mercado e se tornou a empresa mais valiosa do mundo.

Confira o fechamento:

  • S&P 500: +0,25%, aos 5.487,03 pontos;
  • Dow Jones: +0,15%, aos 38.834,86 pontos;
  • Nasdaq: +0,03%, aos 17.862,23 pontos.
Entenda o projeto de lei que quer transformar o Banco Central em empresa pública
Audiência pública da CCJ, com o procurador do Banco Central, Lademir  Rocha; economista Paulo Batista Junior; senador Plínio Valério; chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha; economista André Lara Resende. (Geraldo Magela/Agência Senado)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado ouviu nesta terça-feira (18) economistas, ex-integrantes da diretoria e atuais servidores do Banco Central sobre a PEC 65/2023, proposta que transforma a instituição em uma empresa pública.

O texto afirma buscar garantir independência orçamentária e financeira para a autoridade monetária, depois que a Lei Complementar 179, de 2021, conferiu autonomia operacional para a instituição. O senador Plínio Valério (PSDB-AM) é relator da proposta, de autoria de Vanderlan Cardoso (PSD-GO).

Leia mais.

Dólar à vista fecha a R$ 5,43, com alta de 0,23%

A moeda norte-americana ganhou força na última hora do pregão à medida que os rendimentos dos Treasurys reduziram as perdas.

A alta do dólar foi limitada pelo dados mais fracos que o esperado, que resultou no aumento de apostas de corte dos juros nos Estados Unidos em setembro.

Revisão de gastos: Lula quer medidas imediatas e PECs de longo prazo para buscar reequilíbrio fiscal
lula haddad revisão de gastos fiscal
Lula se reuniu com os ministros da Junta de Execução Orçamentária (JEO) na segunda-feira (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

O presidente Lula se reuniu com os ministros da Junta de Execução Orçamentária (JEO) — Esther Dweck (Gestão e Inovação em Serviços Públicos), Fernando Haddad (Fazenda), Rui Costa (Casa Civil) e Simone Tebet (Planejamento e Orçamento) — na segunda-feira (17) para discutir medidas, que têm como objetivo recompor as bases fiscais do Brasil.

A revisão dos gastos públicos veio à tona com o aumento da incerteza fiscal e a disparada do dólar nas últimas semanas.

Leia mais.

Selic em 10,50% é alerta ou oportunidade? Veja os FIIs de escritório favoritos do Itaú BBA
fundos imobiliários - ifix - fiis
Nesta quarta-feira (19), o mercado recebe a decisão do Copom sobre a taxa básica de juros, a Selic. (Imagem: Leung Cho Pan/ Canva Pro)

O setor de lajes corporativas tem apresentado a pior performance entre os fundos imobiliários este ano, repetindo a dose de 2023, quando ficou abaixo do Índice de Fundos Imobiliários (IFIX). Os FIIs de escritório já recuaram 2,2% até o momento, ante a valorização de 1% do índice.

O relatório setorial do primeiro semestre de 2024 do Itaú BBA pondera que um dos grandes fatores de influência desse mercado, principalmente os que investem diretamente em imóveis, é a abertura da curva de juros, que eleva a rentabilidade dos títulos públicos.

Leia mais.

Petróleo encerra sessão em alta de mais de 1%

Em meio ao enfraquecimento do dólar, o petróleo terminou a sessão em alta e estendeu o movimento de ganhos recentes.

Os contratos mais líquidos do petróleo Brent, com vencimento para agosto, fecharam com avanço de 1,28%, a US$ 85,33 o barril na Intercontinental Exchange (ICE), em Londres.

Já os contratos do petróleo West Texas Intermediate (WTI), com vencimento em agosto, subiram 1,54% hoje, a US$ 81,57 o barril, na New York Mercantile Exchange (Nymex(, nos Estados Unidos.

“Encorajada” por dados recentes, diretora do Fed prevê corte nos juros ainda este ano

A inflação está exibindo sinais encorajadores de arrefecimento, disse a diretora do Federal Reserve Adriana Kugler nesta terça-feira e, embora as pressões de preço ainda estejam muito altas, enquanto as condições econômicas continuarem a se mover na “direção certa”, será apropriado cortar a taxa básica de juros ainda este ano.

Embora seja necessário mais progresso para levar a inflação de volta à meta de 2% do Fed, “acredito que as condições econômicas estejam se movendo na direção certa”, disse Kugler em um discurso intitulado “Algumas razões para o otimismo em relação à inflação”.

“Se a economia evoluir como espero, provavelmente será apropriado começar a flexibilizar a política monetária ainda este ano”, disse Kugler, que descreveu a atual definição da taxa de juros do Fed como “suficientemente restritiva” para desacelerar a atividade e reduzir a inflação.

Na reunião de política monetária da semana passada, autoridades do Fed mantiveram a taxa de juros de referência na faixa de 5,25% a 5,50% e reduziram as projeções de cortes esperados neste ano para um, em comparação com os três previstos em março.

“No momento em que estou aqui hoje, a inflação continua muito alta, mas estou animada com o progresso e a trajetória geral. Os dados recentes sobre a economia e a inflação também me dão um otimismo cauteloso de que estamos no caminho certo e fazendo progressos contínuos” em direção à meta de inflação de 2% do Fed, disse Kugler, que falou publicamente pela última vez sobre as perspectivas econômicas e políticas há mais de dois meses.

“Esse progresso pode ter sido interrompido nos primeiros três meses do ano, mas as informações desde então sobre a atividade econômica, o mercado de trabalho e a inflação apontam para um progresso renovado.”

Kugler citou vários fatores sobre a inflação que estão apoiando seu otimismo, incluindo indicações de menores margens de lucro, mudanças de preços menos frequentes, expectativas de inflação estáveis e relatos de empresas de que os aumentos de preços estão se tornando mais difíceis de serem implementados à medida que os consumidores se tornam mais sensíveis aos preços”.

*Reuters

Precisamos de “mais alguns meses” de dados bons de inflação, diz presidente do Fed de Dallas

A presidente do Federal Reserve de Dallas, Lorie Logan, disse nesta terça-feira que os dados recentes que mostram que a inflação está arrefecendo são “notícias bem-vindas”, mas que o banco central dos Estados Unidos precisará manter a paciência em relação à política de juros.

“Precisaremos ver mais alguns meses desses dados para realmente termos confiança em nossa perspectiva de que estamos caminhando para 2%”, disse Logan em um evento. “Estamos em uma boa posição, estamos em uma posição flexível para observar os dados e sermos pacientes.”

*Reuters

Petrobras (PETR4): Dividendos extraordinários devem ficar pelo ‘caminho’ em 2025, vê Santander
petrobras
Santander vê impacto limitado no fluxo de caixa e dividendos da Petrobras após acordo tributário (Imagem: Kaype Abreu/Money Times)

O acordo tributário da Petrobras (PETR4) para por fim a uma disputa tributária gerou preocupação no mercado, receoso com o possível impacto nos dividendos da companhia.

Analistas do Santander apontam que o acordo saiu melhor do que o esperado, considerando que a Receita Federal cobrava da Petrobras R$ 44,79 bilhões relativos à incidência do IRRF (Imposto de Renda), da Cide (contribuição de intervenção), do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins sobre remessas ao exterior.

Leia mais.

B3 (B3SA3) ameaçada? Ex-sócios da XP Inc querem nova bolsa no Brasil; entenda
b3-gringos-vendem-ações
Parceiros estratégicos institucionais minoritários participantes do mercado também ingressaram na A5X com a conclusão da Série A, que terá detalhes anunciados em breve (imagem: Getty Images)

Dois ex-sócios da XP Inc, um advogado e o cofundador da corretora Ideal buscam colocar em operação até o final de 2026 uma empresa que vai atuar no segmento de bolsa no Brasil, com foco inicial em derivativos e futuros.

O grupo anunciou nesta terça-feira uma rodada Série A para financiar os investimentos em equipe e tecnologia para o lançamento operacional da A5X, que terá soluções de negociação e pós-negociação para o mercado financeiro e de capitais.

Leia mais.

DIs de curto prazo firmam queda com Copom

Na expectativa da decisão do Copom, as taxas dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DIs) de curto prazo firmaram queda há pouco. O mercado tem aumentado as apostas por um comunicado mais ‘dovish’ e a manutenção da taxa Selic em 10,50% ao ano.

A decisão do BC deve ser divulgada amanhã (19) depois do fechamento dos mercados.

Confira como andam os DIs de curto prazo:

CÓDIGO NOME  ULT   FEC 
DI1F25 DI Jan/25 10,66% 10,69%
DI1F26 DI Jan/26 11,27% 11,29%
Ouro fecha em alta, a US$ 2.346,90 onça-troy

Os contratos mais líquidos do ouro, com vencimento em agosto, encerraram as negociações com alta de 0,77%, a US$ 2.346,90 onça-troy.

A commodity metálica ganhou força em meio à queda nos rendimentos dos Treasurys e enfraquecimento do dólar no mercado internacional. O movimento acontece após dados de vendas no varejo nos Estados Unidos ficarem abaixo do esperado para abril e reforçar a expectativa por corte nos juros norte-americanos até o final do ano.

Azul (AZUL4) e Gol (GOLL4) aprofundam perdas

Com a combinação para uma tempestade perfeita, as ações das companhias aéreas recuam cerca de 2% na B3 hoje.

O avanço do dólar nos últimos dias — mesmo com a queda pontual nesta terça-feira (18) —, a valorização do petróleo no mercado internacional  e a abertura da curva de juros futuros pressionam o setor.

  • Azul (AZUL4): -2,61%, a R$ 8,76;
  • Gol (GOLL4): -1,87%, a R$ 1,05.

De janeiro até agora, as ações da Azul acumulam queda de mais de 45%, enquanto Gol aprofundam perdas de cerca de 88%.

 

Dasa (DASA3) cai 9% e figura entre as maiores perdas da B3

As ações da Dasa (DASA3) operam entre as maiores quedas da B3 e entraram em leilão há pouco com baixa de 9,76%, a R$ 3,33.

Os papéis estendem o movimento de realização dos lucros iniciado na véspera, após a confirmação da combinação de negócios, por meio de um joint venture, com a Amil.

Mesmo com as perdas recentes, DASA3 mantém o desempenho positivo no mês, com alta acumulada de 0,30%.

BRF (BRFS3) sobe quase 5% e é a segunda maior alta do Ibovespa

A segunda maior alta do Ibovespa, BRF (BRFS3) avança 4,89%, a R$ 19,08.

Os papéis repercutem a decisão da China de abrir uma investigação antidumping sobre importações de carne suína na União Europeia. Na avaliação de analistas, a ação abre espaço para que as companhias da América Latina tenham mais exposição ao mercado chinês.

Nvidia (NVDA) ultrapassa Microsoft (MSFT) e se torna a empresa mais valiosa do mundo
nvidia
Nvidia (NVDA) ultrapassa Microsoft (MSFT) e se torna a empresa mais valiosa do mundo (Imagem: Divulgação/Nvidia)

A Nvidia (NVDA) desbancou a Microsoft (MSFT) como empresa mais valiosa do mundo. As ações da produtora de chips avançaram cerca de 3,6% nesta terça (18), atingindo o valor de mercado de US$ 3,34 trilhões.

A disputa pelo primeiro lugar está travada entre Nvidia, Microsoft, com valor de mercado em US$ 3,32 trilhões, e Apple (AAPL), com US$ 3,29 trilhões.

Leia mais.

Menos cerveja, mais custos: XP vê cenário mais difícil para Ambev (ABEV3) e corta recomendação
ambev abev3
Menos cerveja, mais custos: XP vê cenário mais difícil para Ambev (ABEV3) (Imagem: Reuters/Paulo Whitaker)

A XP Investimentos rebaixou a recomendação da Ambev (ABEV3) de compra para neutra. Com as ações acumulando uma queda de cerca de 19%, além do cenário econômico atual, a corretora reavaliou as estivas para a companhia.

De acordo com Leonardo Alencar, Pedro Fonseca e Samuel Isaak, analistas da XP, o aumento dos preços das commodities devem interromper o desempenho operacional positivo, principalmente no Brasil.

Leia mais.

Nubank (ROXO34): BofA aconselha cautela para ações da empresa; entenda
nubank recomendação neutra bofa
Visão é de que ganhos de lucros futuros já estão sendo precificados e surpresas positivas podem ser difíceis de serem alcançadas (Imagem: Reprodução/Nubank)

O Bank of America (BofA) permaneceu com uma visão “neutra” para o Nubank (ROXO34), com expectativas ancoradas para os lucros e considerações sobre valuation ganhando destaque, ao mesmo tempo, em que há espaço limitado para o potencial de upside das ações.

Observando o crescimento das ações na América Latina, há a visão de que já está acontecendo a precificação de ganhos de lucros futuros.

Leia mais.

Banco Central: Reunião de análise de conjuntura foi retomada

A reunião de análise de conjuntura no primeiro dia do Comitê de Política Monetária (Copom) foi retomada há pouco, às 14h17 (horário de Brasília), segundo o Banco Central.

A primeira parte havia encerrado às 11h48.

Os membros do Copom se reúnem hoje e amanhã (19) para definir a taxa básica de juros, a Selic — que está em 10,50% ao ano. A decisão deve ser divulgada na quarta-feira depois do fechamento dos mercados.

As apostas majoritárias do mercado são de manutenção da Selic a 10,50% ao ano.

Nvidia (NVDA) ultrapassa Microsoft e se torna a empresa mais valiosa do mundo

A gigante de tecnologia Nvidia (NVDA)  ultrapassou a Microsoft em valor de mercado e se tornou a companhia mais valiosa do mundo, a US$ 3,33 trilhões.

A marca foi atingida com o impulso de mais de 3% das ações da companhia em Nova York.

No início do mês, a Nvidia atingiu os US$ 3 trilhões em valor de mercado pela primeira vez e tinha superado a Apple.

Apenas 7% dos gestores esperam Ibovespa acima dos 140 mil pontos, segundo pesquisa do BofA

Os gestores da América Latina estão mais pessimistas com o Ibovespa e com o real. A pesquisa do Bank of America (BofA) divulgada hoje mostra que apenas 7% dos gestores entrevistados preveem o Ibovespa acima dos 140 mil pontos até o final do ano  — o nível mais baixo desde que a pesquisa começou a ser feita, em setembro de 2023.

As expectativas sobre o real também se deterioraram. Agora, os entrevistados esperam que a moeda brasileira termine 2024 na faixa de R$ 5,10 a R$ 5,40. Antes, a estimativa era entre o intervalo de R$ 4,80 a R$ 5,10.

Em relação aos juros, a maioria dos participantes da pesquisa acredita que o Banco Central vai pausar o ciclo de cortes com a Selic ainda em dois dígitos e que novas reduções dependerão do Federal Reserve (Fed).

Mas as opiniões sobre a Selic terminal ainda são divergentes. De acordo com o BofA, 27% dos gestores afirmam que o ciclo de flexibilização acabou e que a Selic terminal será de 10,5%. Por outro lado, 20% projetam uma Selic terminal está abaixo de 9% no fim do afrouxamento monetário do BC.

Por fim, a atividade econômica “aparentemente” não é uma preocupação, já que 60% dizem que o crescimento do PIB do Brasil está em 1-2% este ano, e 30% dizem 2-3%, semelhante ao mês passado.

A ação que ganha com o ‘caos’ geopolítico; vale comprar?
Aura Minerals
“As estrelas agora parecem mais alinhadas”, dizem analistas do BTG (Imagem: Reprodução/ Site)

Não é segredo para ninguém que o ouro é um ativo altamente procurado em crises geopolíticas. Sua escassez, junto com o fato de ser negociado mundialmente, faz com que a commodity se torne um porto seguro natural de investidores, bancos e até países. E em meio à guerra entre Rússia e Ucrânia, com a escalada da tensão entre Ocidente e o país de Putin e a China, e da guerra entre Israel e Hamas, o metal já disparou 15% no ano.

  • Como proteger os seus investimentos: dólar e ouro são ativos “clássicos” para quem quer blindar o patrimônio da volatilidade do mercado. Mas, afinal, qual é a melhor forma de investir em cada um deles? Descubra aqui. 

Além de investir diretamente no ouro, o investidor tem outra opção: comprar os papéis da Aura Minerals (AURA33). A ação, que chegou ao Brasil em 2020 e é negociada por meio de BDRs, já que a empresa é canadense, acumula alta de 44%. Se considerarmos fevereiro, o papel dispara 56%. Tanta alta chamou a atenção de corretoras e bancos, como o BTG.

Leia mais.

Dólar à vista opera a R$ 5,40

Na esteira dos Treasurys, o dólar mantém ritmo de queda na comparação com o real. A moeda norte-americana cai 0,27%, a R$ 5,4069 no mercado à vista.

Ibovespa mantém os 119 mil pontos
Aluguel residencial sobe 6,50% no ano e supera IPCA; veja as cidades com maiores altas
imóveis residenciais - índicefipezap
O IPCA teve uma variação de 2,27% e o IGP-M de 0,28% no período. (Imagem: Canva Pro)

Os resultados da pesquisa de janeiro a maio de 2024 do Índice FipeZAP revelam uma alta acumulada de 6,50% no aluguel residencial no ano, resultado que também supera as variações do IPCA de alta de 2,27% e do IGP-M com acréscimo de 0,28% no período.

As variações, com divulgação periódica, foram calculadas pela Fipe com base em informações de amostras de anúncios de imóveis para venda e locação veiculados por VivaReal e Zap Imóveis.

Leia mais.

JBSS3, MRFG3, BEEF3 ou MRFG: BB projeta alta de 94,8% para um dos frigoríficos; os destaques do agro em junho
agro frigoríficos
Em maio, as ações da MDIA3 caíram quase 8%, com escalada do trigo no mercado internacional; visão do agro pelo BB Investimentos em junho (Imagem: Marfrig)

As ações dos frigoríficos foram destaque em maio, refletindo o bom momento vivenciado nas exportações, que vem apresentando volumes recordes, apesar do período ruim para o Ibovespa.

Em relatório assinado por Georgia Jorge, o BB Investimentos avaliou os principais papéis e segmentos do agro para junho.

Leia mais.

Bolsas da Europa fecham em alta

As bolsas europeias encerraram o pregão em tom positivo a despeito do avanço da inflação na Zona do Euro.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da região teve alta de 0,2% em maio, na comparação com abril, segundo a leitura final divulgado pela Eurostat, agência de estatísticas da União Europeia.

O resultado veio em linha com o esperado e apresenta uma desaceleração em relação ao mês anterior — em abril, o CPI registrou avanço de 0,6%.

Já na comparação anual, a inflação avançou 2,6% em maio, também como o previsto.

Confira o fechamento dos principais índices da Europa nesta terça-feira (18):

  • DAX (Frankfurt): +0,35%, aos 18.131,97 pontos;
  • FTSE 100 (Londres): +0,60%, aos 8.191,29 pontos;
  • CAC 40 (Paris): +0,76%, aos 7.628,80 pontos;
  • Stoxx 600: +0,69%, aos 515,01 pontos.
BofA vê Nubank ‘precificado’ e reitera recomendação neutra
BofA reitera recomendação de venda para Ambev
BofA reitera venda em Intelbras e corta preço-alvo de R$ 30 para R$ 29,5
Incertezas sobre a gestão da Petrobras (PETR4) disparam o volume de aluguel no mercado
petrobras ações
No mês de maio, as ações da Petrobras registraram uma queda de 3,63%, seguida por uma queda adicional de 8,05% até 14 de junho. (Imagem: Agência Petrobras)

A recente análise do mercado de aluguel de ações da Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC), referente aos 54 meses desde janeiro de 2020, revela uma dinâmica interessante entre o ETF BOVA11 e as ações preferenciais da Petrobras (PETR4).

O BOVA11 dominou o cenário na maior parte do período, registrando os maiores volumes alugados em 47 meses, enquanto a PETR4 superou em apenas sete ocasiões.

Leia mais.

CSN (CSNA3) reduz alta para 10,50%, a R$ 13,16 após sair de leilão

As ações da CSN (CSNA3) tiveram as negociações suspensas por cerca de 10 minutos, com a divulgação de comunicado ao mercado sobre a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A CSN apresentou recurso contra o grupo Ternium a respeito do controle acionário da Usiminas (USIM5).

A companhia confirmou a decisão favorável, mas disse que ainda não teve acesso à íntegra da ação do STJ.

Gestora do Leblon compra ações e alcança mais de 10% de participação no Iguatemi (IGTI11)
iguatemi-igti11-768x407
(Imagem: Kaype Abreu/Money Times)

A Oceana Investimentos, gestoras de recursos com foco em estratégias de ações no Brasil, voltou a comprar ações da Iguatemi (IGTI3;IGTI4;IGTI11) após venda de alguns ativos no início do ano.

De acordo com a companhia, os fundos de investimento geridos pela Oceana atingiram participação total de 46.046.062 ações preferenciais de emissão da Iguatemi, equivalente a aproximadamente 10,47% de seu capital acionário.

Leia mais.

CSN (CSNA3) entra em leilão com alta e 10,83%, a R$ 13,20

As ações da CSN (CSNA3) tiveram as negociações paralisadas com a divulgação de Fato Relevante da companhia.

CSN (CSNA3): A decisão bilionária que faz ação disparar quase 13%; entenda
csn mineração
Maioria no STJ decide a favor da CSN em pleito de R$ 5 bilhões contra Ternium (Imagem: CSN/Divulgação)

A disputa societária na Usiminas (USIM5) entre a CSN (CSNA3) e o grupo Ternium acaba de ganhar mais um desdobramento, com acolhimento do recurso da CSN pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) nesta terça-feira (18).

A maioria dos ministros da Terceira Turma do STJ decidiu acatar o recurso que reconhece direito da CSN a uma indenização no valor de R$ 5 bilhões a ser paga pela Ternium.

Leia mais.

Combustíveis: Alta do dólar amplia defasagem nos preços da gasolina e diesel; entenda
defasagem gasolina etanol preço petrobras repassado consumidor
Por trás da defasagem, está o maior apetite pelo dólar, reflexo dos temores com o ambiente fiscal brasileiro (Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil)

As contínuas altas do dólar fizeram com que, nesta terça-feira (18), o preço da gasolina vendida pela Petrobras (PETR4) alcançasse defasagem média de 10%, quando comparado com o mercado internacional. Enquanto isso, o diesel apresenta defasagem média de 9%.

Isso significa que o litro da gasolina é vendido pela estatal para distribuidoras por R$ 0,31 a menos do que os custos de importação. Para o diesel, há uma diferença de R$ 0,36.

Leia mais.

BC: Encerra primeira parte de análise de conjuntura do Copom

A primeira parte de análise de conjuntura do Comitê de Política Monetária (Copom) terminou às 11h48 (horário de Brasília), informou o Banco Central. A reunião havia começado às 10h12.

Os membros do Copom se reúnem hoje e amanhã (19) para definir a taxa básica de juros, a Selic — que está em 10,50% ao ano. A decisão deve ser divulgada na quarta-feira depois do fechamento dos mercados.

As apostas majoritárias do mercado são de manutenção da Selic a 10,50% ao ano.

 

Ibovespa (IBOV) opera em alta nesta terça-feira (18), com destaque positivo para CSN (CSNA3)

O Ibovespa (IBOV) operava em alta de 0,48%, a 119.713, às 11h45 desta terça-feira (18).

Entre os destaques positivos, estão:

  • CSN (CSNA3): +11,34%
  • CSN Mineração (CMIN3): +3,29%
  • BRF (BRFS3): +2,91%
  • Usiminas (USIM5): +2,96%
  • Grupo Natura (NTCO3): +2,20%

Já do lado das baixas, estão:

Usiminas (USIM5) sobe 2,68%, a R$ 7,28

Na esteira das ações da CSN (CSNA3), os papéis da Usiminas (USIM5) repercutem a decisão do Supremo Tribunal da Justiça (STJ).

O STJ acolheu, por três votos a dois, o recurso da CSN de que houve uma mudança no controle acionário da Usiminas quando a Ternium adquiriu a fatia que pertencia aos grupos Votorantim e Camargo Corrêa (atual Mover). Essa movimentação, para a CSN, obrigaria a Ternium a fazer uma oferta pública de ações.

Com a decisão favorável à CSN, a companhia deve receber uma indenização de cerca de R$ 5 bilhões.

Wall Street ronda estabilidade na abertura após dados de vendas no varejo

Os índices de Wall Street rondavam a estabilidade na abertura desta terça-feira (18) após dados fracos de vendas no varejo dos Estados Unidos, com expectativa por comentários de uma série de autoridades do Federal Reserve ao longo do dia.

O Dow Jones subia 1,02 ponto na abertura, para 38.779,12 pontos. O S&P 500 abriu em alta de 2,92 pontos, ou 0,05%, para 5.476,15 pontos, enquanto o Nasdaq perdia 0,26 pontos, para 17.856,76 pontos.

* Com informações da Reuters

São Martinho (SMTO3): Lucro líquido salta mais de 300%, para R$ 627,3 mi no 4T24; empresa anuncia JCP e guidance da safra 24/25
são martinho smto3 (2)
Apesar da menor moagem de cana no novo ciclo, o ATR produzido em 24/25 deve ficar em linha com a safra passada, aponta a São Martinho (Imagem: Linkedin/São Martinho)

A São Martinho (SMTO3) reportou na noite de ontem (17) seus resultados referentes ao quarto trimestre da safra 23/24 (4T24). A SMTO3 registrou lucro líquido de R$ 627,3 milhões, um avanço de 313,02% na comparação com os R$ 151,877 milhões do 4T23.

A empresa viu seu Ebitda ajustado avançar 25,8% na comparação com o mesmo trimestre do ciclo anterior, passando de R$ 917,140 milhões para R$ 1,154 bilhão. A receita líquida cresceu 33,4% no mesmo comparativo, para R$ 2,423 bilhões.

Leia mais.

Itaú BBA mantém recomendação de compra para Suzano (SUZB3) e Klabin (KLBN11)

O Itaú BBA espera que o mercado de celulose mais apertado sustente os preços nos próximos anos. Com a avaliação de que as ações da Suzano (SUZB3) e Klabin (KLBN11) estão “baratas”, o banco reiterou a recomendação de Outperform (equivalente à compra).

“Embora se espere que a demanda por celulose cresça cerca de 1,2 milhão de toneladas por ano de 2023 a 2028 (ou ~2% CAGR), acreditamos que é improvável que as potenciais adições de capacidade atualmente em andamento sejam implementadas no curto prazo, resultando em um mercado mais apertado e preços potencialmente mais elevados”, escreve o analista Daniel Sasson, que assina o relatório.

O preço-alvo para SUZB3 é de R$ 67,00 — potencial valorização de 38,1% em relação ao fechamento da última segunda-feira (17). Já o preço-alvo para KLBN11 é de R$ 26,00, com potencial valorização de 27,8% em relação ao fechamento anterior.

 

Ibovespa (IBOV) sobe 0,73%, e chega novamente aos 120.063 pontos
Lula ‘perplexo’: Presidente reclama do volume elevado de isenções sem contrapartida para trabalhadores
haddad lula boletim focus agenda segunda 17 fiscal gastos orçamento isenção
Ontem, Lula se reuniu com os ministros Fernando Haddad e Simone Tebet para falar sobre uma revisão de gastos. (Imagem: REUTERS/Adriano Machado)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ter ficado “perplexo” com o cenário apresentado por sua equipe econômica em relação aos ajustes fiscais.

“A equipe econômica tem que me apresentar a necessidade de corte. A gente discutindo corte de R$ 10 bilhões, R$ 15 bilhões, R$ 11 bilhões aqui e, de repente, você descobre que tem R$ 546 bilhões em benefício fiscal para os ricos desse País”, afirmou em entrevista à rádio CBN, na manhã desta terça-feira (18).

Leia mais.

CSN (CSNA3) sobe 11,17%, a R$ 13,24
Ibovespa retoma os 120 mil pontos

O Ibovespa firma alta e sobe 0,73%, aos 120.004 pontos.

Dólar à vista tem mínima a R$ 5,3995

A moeda norte-americana firmou queda há pouco e recua 0,41% no mercado à vista, na esteira dos rendimentos dos Treasurys.

Petrobras PN (PETR4) sobe 1,15%; Petrobras ON (PETR3) avança 0,65%

As ações da  Petrobras PN (PETR4) e Petrobras ON (PETR3) operam em alta em reação ao acordo com a Receita, para encerrara litígios da companhia no Conselho de Administração de Recursos Fiscais (Carf).

Em questão estava a disputa tributária de incidência do IRRF (Imposto de Renda), da Cide (contribuição de intervenção), do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins sobre remessas ao exterior, que totaliza R$ 44,79 bilhões.

Com o acordo, a estatal ganhou um “descontão” de 65%, ou R$ 19,80 bilhões — mas com um impacto de R$ 11,87 bilhões no lucro líquido do segundo trimestre de 2024.

 

Dá para cogitar mais um corte na Selic? Para o BofA, sim; veja por que economistas não veem fim do ciclo amanhã (19)
selic copom banco central
Bank of America espera que o Copom corte a Selic em mais 0,25 ponto percentual na reunião desta semana (Imagem: Leonardo Sá/Agência Senado)

O Bank of America (BofA) está mais otimista do que o restante do mercado e espera que o Comitê de Política Monetária (Copom) corte a Selic em mais 0,25 ponto percentual (p.p.) na reunião desta semana. O consenso, no entanto, é de uma pausa no ciclo de flexibilização da política monetária.

Os economistas David Beker e Natacha Perez veem uma redução nos juros a 10,25% ao ano, em uma votação unânime. “As condições financeiras estão mais apertadas após a última reunião, enquanto a inflação segue bem comportada, permitindo um último corte nas taxas”, afirmam.

Leia mais.

CSN (CSNA3) sobe 6,63%, a R$ 12,70

As ações da CSN (CSNA3) disparam mais de 6% e renovaram a mínima intradia há pouco após o Supremo Tribunal da Justiça (STJ) acolher o recurso da companhia em disputa bilionária com o Grupo Temium pelo controle acionário da Usiminas (USIM5).

Sabesp (SBSP3) cai mais e 3% e lidera perdas do Ibovespa

As ações da Sabesp (SBSP3) lideram a ponta negativa do Ibovespa com queda de 3,28%, a R$ 71,88.

Os papéis recuam com a notícia de que a gestora IG4 decidiu não entrara como candidata à acionista de referência da companhia.

A francesa Veolia, que também negociava uma oferta sozinha ou um consórcio, também desistiu do negócio nesta primeira fase no processo de privatização da Sabesp.

Tesouro Direto hoje: Taxas dos títulos sobem após falas de Lula sobre a Selic; mercado aguarda o Copom
tesouro direto hoje
(Imagem: Getty Images Signature)

As taxas dos títulos do Tesouro Direto operam em alta nesta terça-feira (18), em comparação com o fechamento do dia anterior. O mercado está à espera da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) que será divulgado amanhã.

  • [Relatórios gratuitos] Analistas fazem recomendações semanais de renda fixa – e você pode receber todo esse conteúdo diretamente no seu e-mail. Clique aqui. 

Às 9h20, na primeira atualização do dia, as taxas dos títulos do Tesouro IPCA+ com vencimentos em 2029, 2035 e 2045 rendiam 6,46%, 6,36% e 6,36%, respectivamente. Na comparação com o dia anterior, fecharam em 6,40%, 6,34% e 6,30%.

Leia mais.

Ibovespa retoma queda e atinge os 119.020 pontos

O principal índice da bolsa brasileira inverteu o sinal de baixa, com os investidores mais avessos ao risco com o cenário fiscal após declarações do presidente Lula e tom negativo dos futuros de Nova York.

Ibovespa (IBOV) segue na mira dos 120 mil pontos, em meio ao Copom e falas de Lula: 5 coisas para saber antes de investir hoje (18)
Ibovespa, 5 Coisas, Investimentos, Dólar, Day Trade, Copom
Ibovespa abriu pregão em alta, durante o primeiro dia de Copom e críticas de Lula sobre o Banco Central (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O Ibovespa (IBOV) abriu o pregão desta terça-feira (18) de maneira volátil, subindo 0,14%, a 119,305 pontos, por volta de 10h11.

Hoje é o primeiro dia da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). A primeira etapa da reunião é reservada às apresentações técnicas de conjuntura; já a segunda — que acontece amanhã (19) — é para decisões das diretrizes de política monetária.

Leia mais.

Reeleição no radar: Lula afirma que pode ser candidato às eleições de 2026
Petrobras Lula pib reeleição eleição 2026
Presidente Lula afirma que pode tentar reeleição em 2026, mas que não é a primeira hipótese e que irá avaliar sua condição de saúde antes. (Imagem: Lewis Joly/Pool via REUTERS)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse não descartar a possibilidade de reeleição e pode participar das eleições de 2026.

“Quando chegar o momento, se tiver muita gente boa para ser candidato, eu não preciso ser candidato. Agora, se for necessário ser candidato, para evitar que os trogloditas que governaram esse país voltem a governar, pode ficar certo que os meus 80 anos virará em 40 e eu poderei ser candidato”, disse Lula em entrevista à rádio CBN, na manhã desta terça-feira (18).

Leia mais.

Banco Central: Reunião do Copom começou às 10h12

No primeiro dia de reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), os diretores do Banco Central fazem a análise de conjuntura.

A decisão sobre a taxa de juros será divulgada amanhã (19) após o fechamento do mercados.

Ibovespa renova máxima aos 119.344 pontos, com alta de 0,14%
Dólar opera instável e volta a cair a R$ 5,41

O dólar à vista opera volátil em meio à reação aos dados de varejo nos Estados Unidos e declarações do presidente Lula em entrevista à CBN mais cedo.

A moeda norte-americana opera com leve queda de 0,08%, a R$ 5,4180.

Ibovespa cai 0,08%, aos 119.044 pontos após a abertura

O Ibovespa opera em queda de 0,08%, aos 119.044,52 pontos após a abertura.

O principal índice da bolsa brasileira acompanha o tom negativo dos índices futuros de Nova York na véspera de feriado nos Estados Unidos.

Por aqui, o cenário fiscal continua no radar dos investidores e o mercado repercute falas do presidente Lula em entrevista à CBN. Entre os destaques, Lula disse que tem “divergência profunda e conceitual sobre o que é gasto e investimento”.

“Estamos investigando se tem carga exagerada em alguns programas sociais. […] Estou disposto a discutir o orçamento com a Câmara, o Senado e empresários”, afirmou.

O chefe do Executivo também criticou o atual presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. “Só temos uma coisa desajustada neste país: é o comportamento do Banco Central. Essa é uma coisa desajustada. Presidente que tem lado político, que trabalha para prejudicar o país. Não tem explicação a taxa de juros estar como está”, disse Lula em entrevista à rádio CBN, na manhã desta terça-feira (18).

 

Petrobras (PETR4), Cemig (CMIG4), Oi (OIBR4) e outros destaques desta terça (18)
petrobras petr4 pagamento de dividendos juros sobre capital proprio
Petrobras, Cemig e Oi estão entre os destaques corporativos desta terça-feira (18) (Imagem: (REUTERS/Sergio Moraes)

Acordo tributário da Petrobras (PETR4), proventos bilionários da Cemig (CMIG4) e aprovação de recuperação da Oi (OIBR3OIBR4) nos EUA são alguns dos destaques corporativos desta terça-feira (18).

Confira os principais destaques desta terça-feira (18)

Petrobras (PETR4) aceita acordo tributário e terá impacto de bilhões de reais

Petrobras (PETR4) jogou a toalha e resolveu por fim a uma disputa tributária de incidência do IRRF (Imposto de Renda), da Cide (contribuição de intervenção), do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins sobre remessas ao exterior, que totaliza R$ 44,79 bilhões.

Leia mais.

Petróleo Brent cai 0,11%

Os contratos mais líquidos do petróleo Brent, com vencimento em agosto, operam em queda de 0,11%, a US$ 84,16 o barril na Intercontinental Exchange (ICE), em Londres.

Já os contratos mais líquidos do petróleo WTI, com vencimento em agosto, recuam 0,13%, a US$ 79,62 o barril na New York Mercantile Exchange (Nymex), nos Estados Unidos.

 

Day Trade: Azul (AZUL4) e JBS (JBSS3) estão entre as recomendações de venda para hoje (18); confira outros nomes
day trade vender 18
Entre as recomendações de venda para o day trade de hoje, estão Azul e Cyrela (Imagem: Getty Images)

PagBank e a Ágora divulgaram suas recomendações de venda em day trade para esta terça-feira (18).

  • Day trade com mais objetividade e gerenciamento controlado de riscos: conheça a plataforma Gradiente Linear clicando AQUI.

O Ibovespa (IBOV) fechou o pregão de segunda-feira (17) novamente em queda, chegando aos 119.138 pontos. Hoje, os analistas estarão de olho nas repercussões das falas do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que, em entrevista ao Jornal da CBN, disse que o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, tem um lado político e que trabalha mais para prejudicar o país do que para ajudar.

Leia mais.

Shein, Shopee e AliExpress: Veja por que Lula é contra a taxação de compras internacionais de até US$ 50
brasileiros compram US$ 1 bi us$ 50 lula varejo
Lula criticou o setor de varejo que afirma que a isenção dos US$ 50 está prejudicando as empresas brasileiras. (Imagem: Getty Images)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se posicionou contrário à taxação de compras internacionais de até US$ 50 e disse que essa é “uma briga muito esquisita”.

“Quando alguém de classe média viaja e vai para o exterior, ele tem direito a gastar até US$ 2 mil sem pagar imposto. Se ele viajar 12 vezes por ano e 24 milhões de pessoas viajam, a gente vai ter um déficit de cento e pouco bilhões de reais. Por que taxar US$ 50? Por que taxa o pobre e não taxa o rico, o cara que vai no free shop gastar US$ 1.000? Então, essa foi a minha divergência”, disse Lula em entrevista à rádio CBN, na manhã desta terça-feira (18).

Leia mais.

Day Trade: Em dias difíceis para o Ibovespa (IBOV), B3 (B3SA3) e Gerdau (GGBR4) são recomendações de compra
day trade comprar 18
Para as compras do day trade desta terça, nomes como São Martinho tem potencial de ganho de 2,02% (Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli)

O PagBank e a Ágora divulgaram suas recomendações de compra em day trade para esta terça-feira (18). As recomendações são de analistas gráficos, que usam uma metodologia que busca antecipar as tendências de curtíssimo prazo.

O Ibovespa (IBOV) fechou o pregão desta segunda-feira (17) novamente em queda, chegando aos 119.138 pontos. Entre as principais altas, no entanto, estava a B3, que fechou com ganho de 1,83% e cuja compra é recomendada pela Ágora hoje.

Leia mais.

Dólar à vista retoma alta a R$ 5,42

O dólar recuperou o fôlego e voltou a subir com alta de 0,07%, a R$ 5,4250.

 

Dólar à vista segue os treasurys e passa a cair

Na esteira dos rendimentos dos Treasurys, que renovaram mínimas há pouco em reação aos dados do varejo nos Estados Unidos, o dólar perdeu força e cai 0,06%, a R$ 5,4179 no mercado à vista.

Oi (OIBR3): Justiça dos EUA aprova plano de recuperação judicial
oi
Justiça dos Estados Unidos defere plano de recuperação judicial da Oi (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

A Oi (OIBR3OIBR4) informou que a Corte de Falência dos Estados Unidos do Distrito de Nova York deferiu medida para conferir plenos efeitos e eficácia ao plano de recuperação judicial (RJ) nos EUA.

A decisão também autoriza a realização das etapas necessárias para a consumação do Plano de RJ, de acordo com o comunicado divulgado na noite de segunda-feira (17).

Leia mais.

Treasurys viram para queda após dados nos EUA

Com as vendas no varejo dos Estados Unidos abaixo do previsto, os rendimentos dos títulos do Tesouro norte-americano, os Treasurys, inverteram o sinal para queda e renovaram mínimas intraday.

O juro projetado para a dívida de 2 anos (T-note de 2 anos) passou a cair a 4,716%. O T-note de 10 anos recua a 4,242% e o T-note de 30 anos tem baixa a 4,382%.

EUA: Vendas no varejo sobem 0,1% em maio ante abril

As vendas no varejo dos Estados Unidos de maio avançaram 0,1% em maio, na comparação com abril, a US$ 703,1 bilhões. Os dados foram divulgados pelo Departamento do Comércio norte-americano.

O resultado veio abaixo das projeções dos analistas ouvidos pela FactSet, que previam alta de 0,2% em maio.

Os dados de abril foram revisados, de estabilidade para queda de 0,2% no mês.

 

Vice-presidente do BCE vê decisões sobre juros a cada três meses como melhor opção

O vice-presidente do Banco Central Europeu, Luis de Guindos, disse nesta terça-feira que o melhor momento para tomar decisões sobre as taxas de juros é coincidir com a divulgação das projeções macroeconômicas atualizadas do banco.

A próxima atualização das estimativas econômicas está prevista para setembro.

O BCE reduziu sua taxa básica de juros em 25 pontos-base em 6 de junho, de um recorde de 3,75%, seu primeiro corte em cinco anos. Entretanto, aumentou as previsões de inflação e a presidente Christine Lagarde se recusou a confirmar que havia entrado em uma fase de “redução” da política monetária restritiva.

“As projeções são atualizadas a cada três meses, portanto, em breve teremos novas projeções em setembro”, disse De Guindos à emissora estatal espanhola TVE.

“Esses são os momentos mais significativos e interessantes do ponto de vista da política monetária, porque nossas projeções são um indicador muito importante quando se trata de decidir a evolução das taxas de juros”, acrescentou.

*Reuters

Dólar à vista tem mínima a R$ 5,4189, com queda de 0,06%
Dólar à vista sobe no início do dia com fiscal, Copom e exterior no foco

O dólar à vista abriu a terça-feira (18) em alta ante o real, dando continuidade ao movimento mais recente de aversão aos ativos brasileiros, em meio às preocupações dos investidores com o equilíbrio fiscal e à cautela que antecede a decisão do Banco Central sobre juros, na quarta-feira (19), enquanto no exterior a moeda norte-americana também subia ante as divisas fortes.

Às 9h09 o dólar à vista subia 0,31%, a 5,4391 reais na venda. Na B3 o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,16%, aos 5,4390 reais.

Na terça-feira, o dólar à vista encerrou o dia cotado a 5,4221 reais na venda, em alta de 0,76%, na maior cotação de fechamento desde 4 de janeiro de 2023 — início do governo Lula — quando encerrou a 5,4513 reais.

O Banco Central fará nesta sessão leilão de até 12 mil contratos de swap cambial tradicional para fins de rolagem do vencimento de 1° de agosto de 2024.

* Com informações da Reuters
Dólar avança 0,37%, a R$ 5,4419; Dólar Futuro sobe 0,27%, a R$ 5,4450
Juros futuros abrem em alta em toda a curva
CÓDIGO NOME  ABE  FEC 
DI1F25 DI Jan/25 10,71% 10,69%
DI1F26 DI Jan/26 11,30% 11,29%
DI1F27 DI Jan/27 11,61% 11,59%
DI1F28 DI Jan/28 11,86% 11,82%
DI1F29 DI Jan/29 12,00% 11,95%
DI1F30 DI Jan/30 12,10% 12,04%
DI1F31 DI Jan/31 12,11% 12,07%
DI1F32 DI Jan/32 12,13% 12,08%
DI1F33 DI Jan/33 12,14% 12,08%
‘Só temos uma coisa desajustada neste país: é o comportamento do Banco Central’, critica Lula em pleno Copom
Selic, Lula, Banco Central, Campos Neto
Presidente Lula critica posição do Banco Central de manter os juros altos e diz que Campos Neto não tem “capacidade de autonomia”. (Montagem: Money Times)

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a criticar o Banco Central e o seu presidente, Roberto Campos Neto.

“Só temos uma coisa desajustada neste país: é o comportamento do Banco Central. Essa é uma coisa desajustada. Presidente que tem lado político, que trabalha para prejudicar o país. Não tem explicação a taxa de juros estar como está”, disse Lula em entrevista à rádio CBN, na manhã desta terça-feira (18).

Leia mais.

O Ibovespa futuro cai 0,49%, aos 120.175 pontos após a abertura

O índice futuro reage às declarações do presidente Lula em entrevista à CBN. O chefe do Executivo disse que tem “divergência profunda e conceitual sobre o que é gasto e investimento”.

“Estamos investigando se tem carga exagerada em alguns programas sociais. […] Estou disposto a discutir o orçamento com a Câmara, o Senado e empresários”, disse Lula.

Além disso, os investidores acompanham o primeiro dia de reunião do Comitê de Política Monetária (Copom).

Cemig (CMIG4) pagará R$ 1,5 bilhão em dividendos e JCP em junho; veja quem tem direito
cemig dividendos
Cemig anuncia pagamento bilionário de proventos no dia 28 de junho (Imagem: Getty Images/Canva Pro)

A Cemig (CMIG4) anunciou o pagamento de R$ 1,562 bilhão em dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) para o dia 28 de junho.

O montante faz parte dos R$ 3,1 bilhões em dividendos divulgados pela Cemig em abril. Na ocasião, a companhia afirmou que a distribuição seria feita em duas parcelas iguais.

Leia mais.

Lula encerra entrevista na CBN
Lula/CBN: O presidente do Banco Central tem que ser imune ao mercado, controlar o nervosismo e ajudar a fazer o país crescer
Lula/CBN: O presidente do BC está disposto a fazer o mesmo que o Moro fez, com rabo preso?
Lula/CBN: Eu vou escolher um presidente do Banco Central que seja uma pessoa que tenha compromisso com o desenvolvimento desse país, com controle da inflação, mas que também tenha na cabeça que a gente não tem que pensar só no controle de inflação. A gente tem que pensar também em uma meta de controle de crescimento
Lula/CBN: A quem esse rapaz [Campos Neto] é submetido. Como é que ele vai à uma festa em São Paulo, quase assumindo a candidatura a um cargo de governo a SP?
Lula/CBN: Eu já lidei muito tempo com o Banco Central e o Meirelles era meu primeiro BC. Eu duvido que esse Roberto Campos tenha mais autonomia do que tinha mais autonomia do que tinha o Meirelles
Lula/CBN: Os varejistas têm que provar que tem prejuízo
Lula/CBN: [Sobre varejistas] As coisas que são vendidas nesses US$ 50 não são vendidas nas lojas [brasileiras] que estão fechando
Lula/CBN: Eu acho equivocado taxar o brasileiro que gasta US$ 50
Receita Federal convocará exchanges estrangeiras de criptomoedas para prestação de informações
Receita federal
(Imagem: Agência Brasil/Marcelo Camargo)

A Receita Federal chamará as exchanges estrangeiras de criptomoedas para esclarecer suas operações e o funcionamento da cooperação com prestadores locais de serviço, disseram integrantes do órgão à Reuters.

A Receita publicará nesta semana uma portaria convocando essas empresas — corretoras que possibilitam as transações entre os investidores — para fornecer informações adicionais. Ao contrário das exchanges formalmente estabelecidas no Brasil, as exchanges instituídas no exterior não têm obrigação de relatar as transações realizadas em suas plataformas.

Leia mais.

Lula/CBN: [Taxa das blusinhas] Essa é uma briga muito esquisita
Lula/CBN: Nós vamos terminar o governo com a economia crescendo
Petrobras (PETR4): pagamento bilionário ao governo ameaça dividendos? BTG responde
petrobras
BTG Pactual vê rendimentos de dividendos vantajosos após acordo tributário da Petrobras (Imagem: Agência Petrobras)

A notícia sobre o acordo bilionário que a Petrobras (PETR4) negociou para por fim a uma disputa tributária assustou o mercado. Mas o BTG Pactual acabou vendo com bons olhos os detalhes da operação, que a estatal revelou na noite de ontem (17).

A Receita Federal cobrava da Petrobras R$ 44,79 bilhões relativos à incidência do IRRF (Imposto de Renda), da Cide (contribuição de intervenção), do PIS (Programa de Integração Social) e da Cofins sobre remessas ao exterior, mas a estatal questionava os valores.

Leia mais.

Lula/CBN: O problema do Brasil é que a parte mais rica tomou parte do Orçamento
Lula/CBN: A Confederação da Agricultura tem uma isenção de quase R$ 60 bilhões, o setor de combustível tem isenção de quase R$ 32 bilhões
Lula/CBN: Eu fiquei perplexo. A gente discutindo corte de R$ 10 bilhões, R$ 15 bilhões, R$ 11 bilhões aqui e, de repente, você descobre que tem R$ 546 bilhões ne benefício fiscal
Minério de ferro reduz ganho nesta terça-feira (18), após rumores sobre controle da produção de aço na China

Os preços futuros do minério de ferro se recuperaram nesta terça-feira (18), mas fecharam abaixo da máxima da sessão, já que os investidores realizaram lucros após rumores de mercado sobre um controle da produção de aço na província de Fujian, no sul da China, principal mercado consumidor do minério.

O contrato mais negociado de setembro do minério de ferro na Bolsa de Mercadorias de Dalian (DCE) na China devolveu os ganhos registrados mais cedo, encerrando as negociações do dia com alta de 0,24%, a 820,5 iuanes (113,08 dólares) a tonelada.

O contrato havia atingido uma alta intradiária de 840 iuanes por tonelada mais cedo, recuperando-se de uma queda na sessão anterior.

O minério de ferro de referência para julho na Bolsa de Cingapura subiu 1,09%, para 106,35 dólares a tonelada.

* Com informações da Reuters

Lula/CBN: A equipe econômica precisa me apresentar a necessidade de corte
Lula/CBN: A inflação está totalmente controlada. Agora fica se inventando discurso de inflação do futuro, vamos trabalhar em cima do real
Lula/CBN: Eu O Brasil não pode continuar com uma taxa proibitiva
Lula/CBN: Eu acho triste [pausa na queda da taxa de juros]
Lula/CBN: Um presidente do Banco Central que não demonstra nenhuma capacidade de autonomia, que tem lado político e, que na minha opinião, trabalha muito mais para prejudicar o país
Lula/CBN: Nós só temos uma coisa desajustada neste instante, é o comportamento do Banco Central
Lula/CBN: As mesmas pessoas que reclamam dos gastos “exagerados” são as pessoas que tem R$ 546 bilhões de isenção
Lula/CBN: Eu não gosto de gastar aquilo que eu não tenho
Lula/CBN: Nós acabamos de aprovar uma desoneração para 17 setores da indústria. Qual é a contrapartida que eles garantes? Nenhuma
Bolsas Europeias: Mercados franceses tentam digerir as garantias de Le Pen, em meio a volatilidade

Confira o fechamento dos principais índices:

  • Em LONDRES, o índice FTSE100 subiu 0,44%.
  • Em FRANKFURT, o índice DAX avançou 0,48%.
  • Em PARIS, o índice CAC 40 registrou alta de 0,61%.
Lula/CBN: Os ricos se apoderam de uma parte do Orçamento do país e se queixam quando você quer ajudar os pobres
Lula/CBN: Eu tenho uma divergência profunda sobre o que é gasto e o que é investimento
Selic: Apostas de pausa nos cortes sobem para 92%; veja o que esperar dos juros

selic juros xp fed feederal reserve banco central Brasil copom ações dividendos
Fim dos cortes de juros: expectativa do mercado é de que a Selic encerre o ano no atual patamar de 10,50%. (Imagem: Getty Images/Canva Pro)

Comitê de Política Monetária (Copom) deve pausar os cortes na Selic na reunião de quarta-feira (19), com as projeções de inflação subindo ao longo das semanas.

Índice Equus de Precificação da Selic (IEPS), pesquisa semanal da Equus Capital, mostra que probabilidade de manutenção dos juros, no atual patamar de 10,50% ao ano, até a segunda-feira (17), é de 92,3%.

Leia mais.

Bolsas Asiáticas: Ações da China acompanham alta dos mercados asiáticos; Hong Kong cai

Confira o fechamento dos principais índices:

  • Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,00%.
  • Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,11%.
  • Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,48%.
  • O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,27%.
  • Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,72%.
  • Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,16%.
  • Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,13%.
  • Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,01%.

* Com informações da Reuters

Copom e Lula estão no radar dos investidores; o que esperar do Ibovespa (IBOV)
selic juros copom banco central bc morning times ibovespa
Morning Times: Copom se reúne para a primeira etapa da decisão monetária, enquanto Lula tem entrevista onde deve falar de gastos públicos. (Imagem: Agência Brasil)

Hoje é o primeiro dia da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). Esta primeira etapa da reunião é reservada às apresentações técnicas de conjuntura; já a segunda — que acontece amanhã — é para decisões das diretrizes de política monetária.

As apostas do mercado se dividem entre mais um corte de 0,25 ponto percentual da taxa Selic e uma pausa no afrouxamento monetário.

Leia mais.

Petróleo tipo Brent cai 0,24% a US$ 84,05 por barril; WTI recua 0,25% a US$ 79,53 por barril
Wall Street: Futuros operam em mistos com S&P 500 (+0,19%), Dow Jones (-0,02%) e Nasdaq (+0,02%)
ADR da Petrobras (PBR) estável a US$ 13,50 no pré-market nos EUA
ADR da Vale (VALE) sobe 0,45% a US$ 11,21 no pré-market nos EUA
Mercado ansioso pela decisão do Copom e falas de Lula sobre a economia; confira a agenda desta terça (18)
agenda do dia
Reuniões do Copom começam nesta terça e falas de Lula na CBN podem repercutir ao longo do dia (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Ontem, o aumento da incerteza fiscal movimentou o mercado brasileiro, com discussões sobre o Orçamento brasileiro e reflexos dos embates envolvendo a Medida Provisória (MP) que trazia alterações aos créditos do PIS/Cofins. Todos os fatores reunidos fizeram com que o Dólar chegasse à cotação de R$ 5,42 e o Ibovespa (IBOV) recuasse, alcançando os 119.138 pontos.

A agenda presidencial de hoje (18) está menos focada na economia em comparação com a de segunda-feira, quando diversas reuniões com ministros da área, como Fernando Haddad, da Fazenda, foram feitas. Serão realizadas conferências com Rui Costa, ministro da Casa Civil, ao longo do dia e, uma delas, terá a presença de Alexandre Silveira, de Minas e Energia.

Leia mais.

No mercado há mais de 5 anos, o Money Times é referência em investimentos pessoais, educação financeira, gestão de carreiras e consumo no mercado brasileiro. No Money Times, investidores, analistas, gestores e entusiastas do ambiente econômico brasileiro usufruem de textos objetivos e de qualidade que vão ao centro da informação, análise e debate. Buscamos levantar e antecipar discussões importantes para o investidor e dar respostas às questões do momento. Isso faz toda a diferença.
Twitter Facebook Linkedin Instagram YouTube Site
No mercado há mais de 5 anos, o Money Times é referência em investimentos pessoais, educação financeira, gestão de carreiras e consumo no mercado brasileiro. No Money Times, investidores, analistas, gestores e entusiastas do ambiente econômico brasileiro usufruem de textos objetivos e de qualidade que vão ao centro da informação, análise e debate. Buscamos levantar e antecipar discussões importantes para o investidor e dar respostas às questões do momento. Isso faz toda a diferença.
Twitter Facebook Linkedin Instagram YouTube Site
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.