Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Tesla (TSLA) é processada por 15 funcionários negros por suposto assédio racial

Gabriela Mackert Occhipinti
04/07/2022 - 14:46
Tesla
(Imagem: Patrick Pleul/Pool via REUTERS)

A Tesla (TSLA) está sendo processada por 15 atuais e ex-funcionários negros que acusam a montadora de discriminação racial e assédio.

A ação, movida em um tribunal da Califórnia em 30 de junho, traz que as fábricas da Tesla foram: “sistematicamente transformadas em um ambiente de trabalho racialmente hostil”.

“Local de trabalho racialmente segregado”

O processo ocorre quando a empresa de veículos elétricos está sendo processada pelo regulador de direitos civis da Califórnia, que entrou com uma ação contra a companhia em fevereiro, conforme divulgou o Business Insider.

O California Department of Fair Employment and Housing (DFEH), algo como Departamento de Emprego Justo e Habitação da Califórnia, afirma que uma investigação de três anos encontrou evidências de que a fábrica de Fremont, na Califórnia, da Tesla era um “local de trabalho racialmente segregado”.

Os quinze queixosos no novo processo acusam a montadora de ignorar funcionários negros para promoções, permitindo o uso de insultos raciais, incluindo termos como “nigger” (forma considerada altamente pejorativa para se referir aos negros nos Estados Unidos), e falhando em remover pichações racistas nos banheiros, incluindo suásticas e as letras “KKK”, que faz referência ao grupo supremacista branco Ku Klux Klan.

A violência no dia a dia da Tesla

Um dos funcionários que apresentou queixa contou no processo que foi abordado por um colega enquanto estava no trabalho e que, depois de relatar o incidente ao seu líder, seu superior disse a ele: “aguente e seja homem, isso acontece aqui o tempo todo”.

O mesmo autor falou que mais tarde foi assediado por um colega de trabalho que jogou parafusos de metal nele. Ele disse que quando relatou o incidente, sua liderança não tomou nenhuma ação.

Esta não é a primeira vez que um funcionário negro da Tesla expõe que foi atacado por um colega de trabalho.

Histórico de casos

Uma mulher negra e gay que trabalhava para a Tesla entrou com uma ação contra a empresa em fevereiro deste ano, conforme divulgou o Business Insider, dizendo que ela era continuamente assediada por um colega de trabalho que a certa altura jogou uma ferramenta de moagem quente nela.

A funcionária relatou que, embora tenha denunciado repetidamente o colega de trabalho por comportamento discriminatório, ela não estava ciente de qualquer ação tomada contra ele pelo RH.

Em outubro de 2021, um ex-ascensorista da fábrica da Tesla em Fremont, chamado Owen Diaz, ganhou um caso de assédio racial contra a empresa.

Diaz inicialmente recebeu US $ 137 milhões em danos por um júri, mas posteriormente um juiz reduziu o pagamento para US$ 15 milhões.

O ex-funcionário rejeitou esse número e um processo judicial de junho mostra que ele planeja levar a Tesla de volta ao tribunal para tentar argumentar por mais dinheiro.

Tesla processada por investidor

Um investidor da Tesla também entrou com uma ação contra a empresa e seu CEO, Elon Musk, em junho, acusando-a de criar uma “cultura tóxica no local de trabalho baseada em abuso racista e sexista”.

O Insider informou em março que 46 processos acusando a Tesla de assédio sexual e racial em sua fábrica de Fremont foram arquivados nos últimos cinco anos.

Sete especialistas jurídicos e trabalhistas disseram ao Insider que o número de ações judiciais era motivo de preocupação em uma fábrica de carros elétricos do tamanho de Fremont.

Receba as principais notícias de Carreira!
Cadastre-se gratuitamente na newsletter de Carreira do Money Times e receba, todo domingo, uma seleção das melhores matérias da semana para você conquistar o sucesso profissional, melhorando suas competências, antecipando-se às tendências de mercado e monitorando as áreas mais promissoras. Clique aqui para se cadastrar.

Última atualização por Tamires Vitorio - 04/07/2022 - 14:46

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado de carreira?
Receba todo domingo as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto