Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Tesouro Direto: Títulos prefixados mais curtos sobem puxados pelo IPCA-15

Lucas Eurico Simões
26/01/2022 - 11:00
Tesouro Direto
Título prefixado com vencimento em 2024 negociado no Tesouro Direto opera em alta nesta quarta-feira (Imagem: Brenda Rocha/Blossom/Shutterstock)

Os rendimentos dos títulos prefixados no Tesouro Direto avançavam nesta quarta-feira (26), repercutindo a prévia da inflação oficial em janeiro divulgada pelo IBGE pela manhã.

Por volta das 10h40, o papel prefixado com vencimento em 2024 subia 11,33%, ante 11,25% no ajuste anterior.

Ainda assim, o título prefixado com vencimento em 2031 com juros semestrais mantinha rendimento superior com 11,38%, ante 11,40% no valor de fechamento da véspera.

Os contatos de juros DI também passaram a subir no dia com influência do IPCA-15 acima do esperado.

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto que eram oferecidos na manhã desta quarta-feira (26):

IPCA-15 surpreendeu

A inflação começou 2022 com fôlego de velocista olímpico e deixou a grande maioria das projeções bem para trás.

É o que mostra a consultoria econômica LCA, que comparou o resultado do IPCA-15 de janeiro, divulgado nesta manhã (26), com as expectativas do mercado.

Cerca de 40 analistas, entre profissionais de corretoras, bancos, gestoras e outras instituições, estimavam um IPCA-15 inferior ao 0,58% apurado pelo IBGE.

Em 12 meses o IPCA-15 desacelerou na margem, de 10,42% para 10,20%, mas isso ainda não alivia a perspectiva inflacionária do país que segue ruim.

Última atualização por Kaype Abreu - 26/01/2022 - 11:32

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto