Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Vitreo DTVM

Três grupos vencem contratos de rodovias do Mato Grosso em leilão com pouca disputa

26/11/2020 - 17:04
Os trechos, que somam 512,2 quilômetros, concentram boa parte da atividade do agronegócio do Mato Grosso, segundo dados do governo (Rodovia BR-242, no Mato Grosso/REUTERS)

O leilão de três trechos de rodovias estaduais realizado nesta quinta-feira na B3 (B3SA3) terminou com três consórcios vencedores, em um certame pouco disputado, que foi considerado pelos organizadores como o segundo maior do país envolvendo estradas neste ano.

Os consórcios Via Norte Sul, Via Brasil MT e Primavera MT, formados por grupos nacionais de construção e engenharia, foram declarados vencedores.

Apenas um dos lotes foi para critério de desempate, recebendo oferta de outorga de 1 milhão de reais. Um dos lotes teve apenas um grupo apresentando oferta.

“Estamos muitos satisfeitos com todo resultado. Nos incentiva a seguir com nossa forte agenda de infraestrutura”, afirmou o governador do Mato Grosso, Mauro Mendes. “No próximo ano, vamos publicar mais um lote de concessão. Somando os sete contratos existentes de concessão e os quatro futuros contratos, o Mato Grosso terá mais de 2 mil quilômetros de rodovias em concessão, o que corresponde a 28% da malha pavimentada do Estado”, acrescentou.

Os ativos no leilão foram 140,6 quilômetros da MT-130, entre as localidades de Primavera do Leste a Paranatinga, e as rodovias MT-246, MT-343, MT-358 e MT-480, entre Jangada e Itanorte, somando 233,2 quilômetros. A disputa também envolveu 138,4 quilômetros da MT-220, localizada entre Tabaporã e Sinop.

Os trechos, que somam 512,2 quilômetros, concentram boa parte da atividade do agronegócio do Mato Grosso, segundo dados do governo.

O Mato Grosso possui 8 mil quilômetros de estradas estaduais pavimentadas e outros 22,3 mil quilômetros sem asfalto.

O grupo Houer, responsável pelos estudos do certame, considerou que o resultado da disputa foi positivo, pois “os vencedores dos lotes já atuam como concessionários e têm ampla expertise nesta atividade”, disse o sócio diretor da empresa, Camilo Fraga.

O edital estabeleceu que os vencedores do leilão deverão investir em conservação, recuperação, manutenção e implantação de melhorias nas rodovias, em um total de 1,449 bilhão de reais ao longo dos 30 anos dos contratos de concessão.

Atualmente, há no Mato Grosso sete trechos rodoviários estaduais sob concessão, totalizando pouco menos de 900 quilômetros, segundo dados da agência estadual Ager.

Em 2019, um consórcio formado por seis empresas nacionais de construção e infraestrutura assumiu 188 quilômetros da rodovia MT-320.

O maior leilão de rodovias neste ano ocorreu em janeiro, envolvendo cerca de 1.300 quilômetros de estradas estaduais de São Paulo.

A disputa foi vencida por consórcio formado por Pátria Investimentos e pelo fundo soberano de Cingapura (GIC), que ofertou outorga fixa de 1,1 bilhão de reais.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Leia mais sobre: , , , ,

Última atualização por André Luiz - 26/11/2020 - 17:05