Empresas

Vale (VALE3) consegue liminar para sair da ‘lista suja’ do trabalho escravo do governo

17 jun 2024, 9:48 - atualizado em 17 jun 2024, 9:49
vale
Vale consegue liminar que determina exclusão do Cadastro de Empregadores do Ministério do Trabalho e Emprego, conhecido como “lista suja (Imagem: Reuters/Washington Alves)

O Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (MG) proferiu, em caráter liminar, decisão que determina a imediata exclusão da Vale (VALE3) do Cadastro de Empregadores do Ministério do Trabalho e Emprego, conhecido como “lista suja”, até que decisão judicial definitiva sobrevenha.

“A Vale reitera que adota medidas rigorosas para garantir o cumprimento das leis trabalhistas e o respeito aos direitos humanos em todas as suas operações e cadeia produtiva”, diz em comunicado divulgado nesta segunda-feira (17).

A medida se refere ao caso da Ouro Verde Locações e Serviços, que teve os locais de trabalho — de propriedade da mineradora — inspecionados em 2015. Na ocasião, o ministério apontou o descumprimento de diversas normas trabalhistas.

Em 7 de junho, a Vale afirmou por meio de comunicado que soube da inclusão na lista e que a considera um engano.

Segundo a empresa, ao tomar conhecimento dos apontamentos feitos pela inspeção, acompanhou todas as medidas corretivas e, posteriormente, rescindiu o contrato com a empresa transportadora.

Repórter
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Formada em jornalismo pela Universidade Nove de Julho. Foi redatora na área de marketing digital por 2 anos e ingressou no Money Times em 2022.
Linkedin
Giro da Semana

Receba as principais notícias e recomendações de investimento diretamente no seu e-mail. Tudo 100% gratuito. Inscreva-se no botão abaixo:

*Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.