Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Varejo: saiba quais empresas vão se destacar nos resultados do 2º trimestre, segundo Ágora

20/07/2021 - 17:17
Alpargatas
A expectativa é de que a Alpargatas registre crescimento tanto na receita no Brasil quanto na receita internacional, impulsionadas pelo mix diversificado de canais (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Assaí (ASAI3) e Carrefour Brasil (CRFB3) abrirão a temporada de resultados do segundo trimestre de 2021 do setor de varejo na próxima terça-feira, 27. Analistas estão otimistas com a recuperação das empresas – mesmo com as de vestuário e restaurantes (localizadas principalmente em shopping centers), que mais sofreram com a pandemia de Covid-19.

Na avaliação da Ágora Investimentos, o varejo de vestuário e os restaurantes vão apresentar receitas próximas aos níveis de 2019. Ainda assim, as margens seguirão pressionadas.

Para o segmento de moda, a corretora tem como apostas positivas, além da Alpargatas (ALPA4), a Centauro (CNTO3) e a Lojas Renner (LREN3), seguidas por Guararapes (GUAR3), Marisa (AMAR3) e C&A (CEAB3).

A expectativa é de que a Alpargatas registre crescimento tanto na receita no Brasil quanto na receita internacional, impulsionadas pelo mix diversificado de canais.

Vulcabras (VULC3) deve entregar um trimestre forte. Já a Arezzo (ARZZ3) manterá o “desempenho estelar” dos últimos trimestres, com crescimento total de aproximadamente 40% nas vendas.

Entre os restaurantes, Burger King (BKBR3) deve reportar receitas com queda de dois dígitos.

Desaceleração no e-commerce

O e-commerce apresentará uma desaceleração em razão de uma base de comparação mais forte, na opinião da Ágora. No entanto, o crescimento deve se manter em bons níveis.

“Esperamos uma taxa de crescimento média robusta de 31% (ponderado pelo GMV [volume bruto de mercadorias]) no segundo trimestre de 2021, que é muito mais forte do que esperávamos no início do ano”, afirmaram os analistas Richard Cathcart e Flávia Meireles, em relatório divulgado ontem.

Para a Ágora, a Mobly (MBLY3) mostrará em seus resultados que está enfrentando alguns ventos contrários. A empresa não está atingindo as expectativas dos analistas, que esperavam um ritmo mais rápido de crescimento do GMV.

Assaí Pão de Açúcar PCAR4
O Assaí deve se mostrar como um dos destaques da temporada, mas com números positivos e negativos (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

Resultados mistos em alimentos

O Assaí deve se mostrar como um dos destaques da temporada, mas com números positivos e negativos. Na opinião da Ágora, o segmento do Atacadão mostrará mais uma vez a sua resiliência, mas a queda do SSS (Vendas Mesmas Lojas) na divisão de Varejo levará a um crescimento geral do SSS de apenas 2,9%.

Grupo Mateus (GMAT3) deve reportar crescimento de 5% no indicador, enquanto o Grupo Pão de Açúcar (PCAR3) vai mostrar queda de 7,5% nas suas operações brasileiras.

As margens de Assaí e GPA devem permanecer estáveis. O Grupo Mateus e o Carrefour, por outro lado, provavelmente terão contração.

A Ágora também citou a Lojas Quero-Quero (LJQQ3) e a Allied (ALLD3) no relatório. Para os analistas, as duas empresas devem mostrar um bom desempenho no trimestre.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 20/07/2021 - 17:17

Pela Web