Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

10 ações defensivas para encarar outubro, segundo o BB Investimentos

Renan Dantas
04/10/2021 - 13:40
Seca areia
“Companhias mais cíclicas devem ficar mais expostas a eventos negativos relacionados à falta de consenso do mercado sobre o encerramento do ciclo de elevação de juros”, diz (Imagem: Pixabay)

As incertezas econômicas cresceram nos últimos meses. Com isso, as corretoras correm para recalibrar as suas carteiras para torná-las mais defensivas. Esse é o caso do BB Investimentos.

Para o mês de outubro, a corretora realizou quatro alterações: Santander (SANB11), Transmissão Paulista (TRPL4), Hypera (HYPE3) e Sabesp (SBSP3) entraram para a saída do BTG Pactual (BPAC11), Copasa (CSMG3), Magazine Luiza (MGLU3) e Vale (VALE3).

“Companhias mais cíclicas devem ficar mais expostas a eventos negativos relacionados à falta de consenso do mercado sobre o encerramento do ciclo de elevação de juros domesticamente e seus impactos da retração do crescimento, bem como aos efeitos do recuo das expectativas de crescimento globais”, argumenta. 

Trocas

Segundo o BB, a queda expressiva das ações do Santander ao longo do mês de setembro (-13%) abre janela para um posicionamento tático de risco mais reduzido, já que em termos de fundamentos nada foi alterado na tese de investimentos do banco.

“Em nossa visão, o Santander Brasil permanece entregando resultados sólidos trimestre a trimestre, mostrando evolução paulatina nos seus já excelentes índices, que estão entre os melhores da indústria bancária brasileira”, argumenta.

No caso da Transmissão Paulista, o BB diz que alta previsibilidade de geração de caixa e blindagem contra os riscos setoriais e inflacionários no cenário atual, aliado à baixa alavancagem, permite aproveitar oportunidades de crescimento e forte distribuição de dividendos.

Já a Hypera possui  um bom desempenho em um cenário de alta volatilidade.

“Além disso, a companhia deve capturar forte crescimento de receita e margens em decorrência do avanço na captura das sinergias das aquisições realizadas nos últimos trimestres”, completa. 

Segundo o BB, as ações da Sabesp acumulam queda no ano e em 12 meses não consistentes com a resiliência apresentada durante a pandemia e com a perspectiva de melhor rentabilidade nos próximos anos a partir da última revisão tarifária.

“A Sabesp é a maior e mais preparada companhia do país neste setor para aproveitar essa nova fase, e enxergamos o preço de suas ações ainda excessivamente depreciadas, deixando a relação entre risco e retorno bem atrativa”, argumenta.

No mês, a carteira caiu 3,11% enquanto o Ibovespa desmontou 6,57% no mesmo período. 

Veja o portfólio:

Empresa Ticker Participação
Santander SANB11 10%
Transmissão Paulista TRPL4 10%
Embraer EMBR3 10%
Pague Menos PGMN3 10%
Itaú Unibanco ITUB4 10%
JBS JBSS3 10%
Hypera HYPE3 10%
Petrobras PETR4 10%
Rede D’Or RDOR3 10%
Sabesp SBSP3 10%

Última atualização por Renan Dantas - 04/10/2021 - 13:40

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto
Pela Web