Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Americanas (AMER3) amplia alta nesta quinta, e não é só pelo bom humor do mercado; entenda

Diana Cheng
20/01/2022 - 17:32
Lojas Americanas
Segundo a Genial Investimentos, rumores de que a companhia vai adquirir a Marisa voltaram a circular no mercado, o que teria dado gás às ações (Imagem: Money Times/Gustavo Kahil)

As ações da Americanas S.A. (AMER3) dão continuidade à trajetória de valorização iniciada no pregão desta quarta-feira (19), quando fecharam com ganhos de 9,9%.

Por volta das 17h25 desta quinta (20), a companhia apresentava alta de 3,55% na bolsa, cotada a R$ 34,38. No mesmo horário, o Ibovespa subia 1,24%, a 109.357,57 pontos.

As ações ordinárias e preferenciais da Lojas Americanas (LAME3;LAME4) subiam 3,83% e 3,34%, respectivamente.

Ontem, a empresa seguiu o embalo de outras varejistas. Magazine Luiza (MGLU3) e Via (VIIA3), por exemplo, apresentaram valorizações de mais de 7%, impulsionadas pelo recuo dos rendimentos dos Treasuries (títulos do Tesouro dos Estados Unidos).

Analistas acreditam, no entanto, que existe mais um motivo para a disparada das ações da Americanas.

Segundo a Genial Investimentos, rumores de que a companhia vai adquirir a Lojas Marisa (AMAR3) voltaram a circular no mercado, o que teria dado um gás às ações.

“Esses rumores começaram em agosto do ano passado e ganharam fôlego agora que a Americanas passa por um processo de reorganização societária, com a união da base acionária de LAME4/LAME3 com AMER3”, afirma a corretora.

A Marisa registrou alta de quase 4% no fechamento de ontem. Hoje, os papéis da varejista engatam uma boa valorização. Às 17h25, subiam 7,36%, a R$ 3,21 cada.

A Genial lembra que as ações da Lojas Americanas deixarão de ser negociadas na bolsa na próxima segunda (24).

Última atualização por Diana Cheng - 20/01/2022 - 17:32

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
Cotações Crypto