Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Cotações por TradingView
Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

As 20 ações que mais pagaram dividendos na década

19/04/2021 - 19:54
Setor Elétrico
As elétricas, que levam fama de boas pagadoras de dividendos, não fizeram feio e lideraram a lista (Imagem: Unsplash/Matthew Henry)

Dividendo é sempre um assunto que mexe com os nervos, e o bolso, dos investidores. Saber o histórico de distribuição dos proventos pode ajudar na hora de escolher os papéis mais atrativos.

Pensando nisso, a Economática realizou um levantamento para descobrir quais empresas pagaram mais dividendos na última década.

A pesquisa foi feita com ações presentes em todos os anos da amostra e que obrigatoriamente tenham distribuído dividendos ou JCP (juros sobre o capital próprio) em todos os períodos e que tenham tido presença em pelo menos 90% dos pregões.

A amostra considera 246 empresas com dados em todos os anos de 2011 até 2020, excluindo da amostra a Vale (VALE3) porque no ano passado teve um volume de dividendos distribuídos extraordinário.

Abrão Filho aumenta 135% sua receita em 2021

As elétricas, que levam fama de boas pagadoras de dividendos, não fizeram feio e lideraram a lista.

Na amostra das vinte melhores, há sete ações de energia elétrica, seis de bancos, duas de minerais metálicos e cinco setores aparecem com uma ação.

A primeira é a Taesa (TAEE11), com mediana de 12,43%. O menor dividend yield da década da empresa foi de 8,01% e o maior de 27,64%.

A ação preferencial da Cemig (CMIG4) é a segunda da lista, com mediana de 9,09%.

Veja a lista:

Posição Empresa Código Mediana do Dividend Yield (%)
Taesa TAEE11 12,43
Cemig CMIG4 9,09
Comgás CGAS5 7,99
Vivo VIVT3 7,6
Copel CPLE3 7,11
Ferbasa FESA4 6,6
Santander SANB4 6,24
Sanepar SAPR3 6,15
Trans. Paulista TRPL4 6,11
10º Banco do Brasil BBAS3 6
11° Engie EGIE3 5,89
12º Bradespar BRAP4 5,85
13º Copel CPLE6 5,79
14º Grendene GRND3 5,66
15° Cesp CESP3 5,63
16º Banrisul BRSR6 5,61
17º Santander SANB11 5,54
18º Banestes BEES3 5,33
19° Bradespar BRAP4 5,15
20º ABC Brasil ABCB4 5,13

 

Além disso, os dados revelaram que o melhor momento da década aconteceu no ano de 2011, quando a mediana foi de 3,32% e o pior momento em 2020, com 1,30% de mediana.

Vale
Vale foi uma das empresas que mais pagaram dividendos em 2020 (Imagem: REUTERS/Pilar Olivares)

2020

Em ano marcado pela pandemia, as empresas tiveram que segurar a distribuição de proventos para se protegerem melhor da crise.

Em 2020, o volume distribuído de dividendos e JCPs pelas 246 empresas foi de R$ 91,3 bilhões, valor 29,3% inferior ao do ano de 2019 ou R$ 37,8 bilhões menor.

Os bancos lideraram a queda, com redução de 47% no valor distribuído. Por outro lado, a Vale liderou o pagamento dos proventos.

Na amostra das 20 maiores distribuidoras temos, com quatro empresas, os setores de bancos e energia elétrica.

Alimentos e bebidas participam com três empresas, petróleo & gás e telecomunicações com duas empresas e outros cinco setores com uma só empresa.

A Vale liderou a lista, procedida de Itaú Unibanco (ITUB4), Santander (SANB11), Ambev (ABEV3) e Petrobras (PETR3;PETR4).

Oito empresas no ano de 2020 atingiram o maior valor distribuído em dividendos e JCP’s da década: Vale, Santander (SANB11), B3 (B3SA3), CPFL Energia (CPFE3), Tim (TIMP3), Taesa, Copasa e Cyrela (CYRE3).

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Renan Dantas - 19/04/2021 - 22:15

Pela Web