Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Atualização ao jogo blockchain Gods Unchained visa reconquistar jogadores

10/09/2020 - 15:39
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Gods Unchained, jogo de cards colecionáveis criado no blockchain Ethereum, é um dos primeiros jogos em blockchain mais populares. Após sua popularidade ter diminuído, seus fundadores, Immutable, esperam que uma nova expansão e uma corretora descentralizada reconquistem jogadores (Imagem: Gods Unchained)

O crescimento impressionante de Gods Unchained em 2019 ajudou a pavimentar a narrativa de que a tecnologia blockchain e jogos on-line são uma possível indústria de crescimento.

Desenvolvedores de jogos começaram a considerar as possibilidades exclusivas do blockchain. Essa tecnologia apresenta descentralização, transparência e verdadeira governança de tokens não fungíveis (NFTs) e itens de jogos em ambientes virtuais.

NFTs contêm informações identificáveis e exclusivas em seus contratos autônomos. Assim, não são diretamente substituíveis por outros e são exclusivos por quem os adquirir.

Gatinhos virtuais e a escassez digital

Quando a tecnologia blockchain se integra à indústria de jogos, esse mercado pode oferecer um dos casos de uso mais interessantes do blockchain.

Porém, como é o caso, a realidade da situação pode ser facilmente escondida por trás do hype. Se jogos em blockchain irão expandir além de sua audiência de nicho já existente, a tecnologia precisará escalar e se adequar à sua finalidade.

Esse é o desafio que Immutable, desenvolvedores de jogos em blockchain e criadores do Gods Unchained, buscam solucionar.

gods unchained
Gods Unchained é um jogo de cards digitais colecionáveis que opera no blockchain Ethereum (Imagem: Gods Unchained)

O que é Gods Unchained?

Gods Unchained foi desenvolvido pela startup australiana de jogos em blockchain Immutable. A missão da empresa é “tornar reais mundos virtuais”.

Para transformar essa visão em realidade, Immutable arrecadou US$ 2,4 milhões do Coinbase Ventures, Continue Capital, Nirvana Capital e Sora Ventures durante sua primeira rodada de financiamento em 2018.

Após o sucesso da versão beta do Gods Unchained, a startup conseguiu arrecadar mais US$ 15 milhões durante uma segunda rodada de financiamento em setembro de 2019 do Naspers Ventures e fundo de capital de risco EOS da Galaxy Digital.

Os fundos arrecadados serão usados para impulsionar o desenvolvimento do Gods Unchained e “desenvolver a Immutable Platform, um toolkit [conjunto de ferramentas] de blockchain de código aberto que permite que desenvolvedores criem ativos imutáveis de jogos.

Gods Unchained é um jogo de cards digitais colecionáveis que opera no blockchain Ethereum. Cada partida é uma batalha um contra um entre dois jogadores e um computador. O objetivo é reduzir a vida do oponente para zero ao enfrentar deuses usando os seus.

gods unchained
Alguns exemplos de cartas disponíveis no jogo (Imagem: Gods Unchained)

Cada jogador pode escolher um baralho de 30 cartas de sua coleção de deuses para enfrentar seu oponente. Se um jogador tem dois cards idênticos, esses podem ser fundidos em um card baseado em blockchain.

Jogadores podem negociar, vender, tomar ou emprestar esses cards. Cada card colecionável é um NFT armazenado no blockchain Ethereum. Isso faz com que jogadores tenham posse de seus ativos internos do jogo da mesma forma que têm posse sobre seus criptoativos.

O jogo ficou disponível em uma versão beta restrita no fim de 2018. Nos meses seguintes, a popularidade do jogo disparou. Em julho de 2019, quando ficou disponível para o público, o jogo já havia gerado US$ 4 milhões em receita por meio da venda de quatro milhões de cards colecionáveis.

Em agosto de 2019, Immutable contratou Chris Clay, ex-diretor do Magic: The Gathering Arena, para impulsionar sua equipe.

O acréscimo de um diretor de jogos com experiência poderia ajudar o jogo a atrair mais jogadores fora do universo blockchain. Também sugere que jogadores profissionais estão levando os jogos de blockchain a sério.

Clay disse:

Eu acredito que o blockchain representa uma nova fronteira para desenvolvedores de jogos. 

Governança de criptoativos no blockchain permite que desenvolvedores apoiem jogos e suas comunidades de formas nunca antes imaginadas na indústria de jogos eletrônicos.

Blockchain não é apenas para criptoativos, pois cria a base de uma nova economia digital.

Marketplace do Gods Unchained

Em novembro de 2019, Gods Unchained lançou seu mercado — permitindo que usuários comprem e negociem os cards colecionáveis do jogo na foram de tokens ERC-721 no blockchain Ethereum.

Jogadores entram no marketplace e compram novos cards usando ether ao conectar um cliente Ethereum, como MetaMask, ou negociar cartas com outros jogadores.

Em menos de 24 horas, Gods Unchained atingiu sua maior alta de volume em dólar no mercado de NFTs. Porém, desde então, o jogo caiu para o 15º lugar no mercado de NFTs por volume semanal.

É uma história parecida no site de classificação de aplicações descentralizadas (dapps), DappRadar. Gods Unchained foi rankeado em primeiro lugar na categoria de jogos da Ethereum, medido por volumes de sete dias mas, desde então, caiu para 57º lugar.

Na verdade, os dados do DappRadar mostram que, após crescimento estável de usuários, volumes e transações em 2019, este ano, usuários caíram drasticamente.

Isso não impediu a Immutable de impulsionar uma série de atualizações para tornar o jogo mais favorável a usuários e atrair uma nova base de usuários.

As atualizações planejadas incluem um novo pacote de expansões e Immutable X — uma nova corretora descentralizada criada para fornecer suporte à negociação de NFTs sem sobrecarregar o blockchain Ethereum.

O julgamento dos deuses

Se jogos em blockchain forem ganhar força, jogos existentes precisarão ser favoráveis aos usuários (“user-friendly”). A produtora de jogos Immutable apresentou um “Welcome Set” que dá aos jogadores acesso a uma coleção de cards não tokenizados.

Esse conjunto de boas-vindas é uma coleção de 7 cards que não são raros. Cada card tem duas cópias no conjunto, totalizando 140. Esses cards comuns não podem ser trocados ou vendidos no mercado alimentado por blockchain, mas jogadores podem utilizá-los como uma apresentação ao jogo.

Esta semana, a Immutable lançou a expansão “Trial of the Gods” (algo como “Julgamento dos Deuses”). O conjunto contém 151 cards colecionáveis. Trial of the Gods irá apresentar novos cards, campeões e outros novos mecanismos. Também haverá um card mítico exclusivo que será sorteado.

O card é chamado Citadel of the Gods, um feitiço de 1 mana (poder) que invoca três campeões lendários para cada jogador, dá a ambos os deuses uma relíquia protegida e desbloqueia todas as travas de mana. O card permitirá que jogadores joguem a história do Trial of Gods durante uma partida.

gods unchained
É possível usar filtros e categorias para escolher as cartas ao navegar pela loja do jogo (Imagem: Gods Unchained)

Apoio à Ethereum pela Immutable por meio de jogos

Os fundadores da Immutable acreditam que a tecnologia blockchain é o futuro dos jogos. Em uma publicação de anúncio do Gods Unchained, os desenvolvedores do jogo afirmaram que estão criando o jogo no blockchain Ethereum para “trazer transparência ao mundo opaco das economias do jogo”.

O blockchain Ethereum permite que jogadores tenham real governança do ativo, para sempre. “Compre, venda, acumule, queime; é com você e não podemos dizer o que você não deve fazer”, afirmou Immutable.

Além disso, o blockchain público da Ethereum fornece rastreabilidade dos criptoativos, o que significa que jogadores podem rastrear cada detentor da carta colecionável. Se um jogador famoso tivesse posse de uma carta e assinasse digitalmente, por exemplo, outros jogadores que recebessem a carta saberiam disso.

Robbie Ferguson, cofundador e CEO do Gods Unchained, deu uma declaração na coletiva de imprensa.

Em quase todo jogo, os jogadores estão comprando itens, cartas, skins e atualizações que eles não possuem realmente. Blockchain dá governança de ativos digitais de verdade para os jogadores com os mesmos direitos de propriedade encontrados no mundo real.

Com Gods Unchained, capturamos a atração das cartas colecionáveis tradicionais e impressas como no Magic, combinada com visuais atrativos de jogos digitais como o Hearthstone e acrescentamos verdadeira governança pelo blockchain da Ethereum.

Na ampla indústria de jogos, ao longo de 2020, jogadores irão gastar aproximadamente US$ 32 bilhões em itens de jogos.

Por exemplo, enquanto Fortnite é gratuito para jogar, o jogador médio irá gastar US$ 58 anualmente em itens internos do jogo, como o popular Battle Pass — que dá direito ao desbloqueio de 100 níveis extras do jogo —, bem como skins e armas personalizadas.

Jogos em blockchain têm o potencial de abalar esse modelo centralizado ao permitir que jogadores tenham e vendam itens no blockchain.

Immutable também destaca que a centralização dos jogos foi um dos motivos pelo qual Vitalik Buterin se inspirou para criar a Ethereum.

“Eu jogava muito World of Warcraft entre 2007-2010 mas, um dia, a Blizzard removeu o componente de danos do meu querido feitiço Siphon Life. Eu chorei a noite inteira e, naquele dia, eu percebi os horrores que serviços centralizados podem trazer”, disse Buterin.

immutable
Immutable deseja tornar reais os mundos virtuais (Imagem: Immutable)

Immutable X

Em maio, Immutable anunciou que estava criando uma corretora descentralizada e não custodial em parceria com os desenvolvedores de blockchain StarkWare. A nova corretora poderá operar mais de 200 milhões de transações com NFTs por dia.

Corretora dYdX firma parceria com Starkware
para integrar tecnologia de escalabilidade

Immutable afirma que, com o lançamento da primeira temporada oficial do jogo (Trial of the Gods), a empresa quer recuperar sua trajetória de crescimento.

Parte do roteiro de desenvolvimento (roadmap) para atingir isso é Immutable X, uma corretora descentralizada e não custodial que escala negociação na rede Ethereum com confirmações instantâneas e taxas zero de gás.

Em 2020, conforme os números de usuários e investidores do setor de finanças descentralizadas (DeFi) aumentam na Ethereum, o blockchain principal e o ecossistema DeFi estão sob grande pressão — velocidades de transação da Ethereum caíram enquanto as taxas de gás do blockchain atingiram altas recordes.

Para assegurar que Gods Unchained possa escalar conforme aumenta sua base de usuários, Immutable firmou uma parceria com a StarkWare para criar Immutable X.

Immutable X usará StarkEx, o mecanismo de escalabilidade baseado em zk-STARK (argumento de conhecimento sucinto e transparente de conhecimento zero) da StarkWare, que provou ser capaz de processar mais de nove mil negociações não custodiais por segundo.

Escalabilidade é a capacidade de um sistema ou rede se ampliar e fazer a gestão da crescente demanda.

O objetivo é que a Immutable X forneça suporte para mais de 200 milhões de negociações com NFT enquanto consumem menos de 30% da capacidade da Ethereum. Ainda não foi divulgada uma data de lançamento da Immutable X, mas a Immutable admite que ainda está “bem distante”.

Apesar de se esforçar para fazer jus às expectativas iniciais e irreais, Gods Unchained ainda é um dos melhores exemplos de blockchain em jogos. Ao fornecer aos jogadores com real governança de ativos no jogo, Immutable é uma pioneira na fusão entre tecnologia blockchain e jogabilidade on-line.

Conforme blockchains amadurecem, podemos esperar que mais empresas de desenvolvimento de jogos sigam a moda, o que deve beneficiar as crescentes comunidades de jogos on-line e blockchain em todo o mundo.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 10/09/2020 - 15:39