Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Bolsa: rali de fim de ano pode ir para o vinagre

06/11/2017 - 16:27

Os analistas de bancos e corretoras projetam um novembro de volatilidade na Bolsa. A aprovação de uma reforma da Previdência “enxuta” ainda neste ano poderia autorizar o chamado “rali de fim de ano” após a estabilidade do Ibovespa em outubro (+0,02%). Mas o noticiário envolvendo a corrida presidencial em 2018 ganha corpo e amplia o ceticismo.

Gostou desta notícia? Receba nosso conteúdo gratuito

Ao lado do cenário político nublado, a perspectiva de retomada da economia em um ambiente de continuidade de queda no juro é unânime entre os analistas. No geral, as recomendações têm priorizado empresas ligadas à atividade doméstica, com uma visão favorável para a renda variável. Fica apenas o alerta em prol da seletividade e dos ruídos de curto prazo.

“É hora de ser cada vez mais seletivo na escolha das ações”, comenta em relatório a equipe de estratégia da Bradesco Corretora composta por José Cataldo, Ricardo França, Renato Chanes e Flavia Meireles. Eles citam a saída de capital estrangeiro da Bolsa nas ultimas sessões de outubro e veem as novidades sobre as reformas como possíveis impulsionadores do mercado.

No mês passado, os investidores estrangeiros retiraram quase R$ 2 bilhões da B3. Foi a segunda maior saída mensal de fluxo externo da Bolsa neste ano, ficando atrás de março. Nesta segunda-feira (6) na B3, o Ibovespa registra alta de 0,36%, aos 74.180 pontos, amparado por Vale e Petrobras que sobem na esteira das commodities. No ano, acumula ganhos de 23%.

Veja as carteiras recomendadas para novembro

O analista Carlos Sequeira, do BTG Pactual, ajustou a seleção de ações para novembro incluindo mais exposição à atividade econômica, apesar da incerteza política. “A eleição de 2018 deve trazer mais volatilidade aos preços dos ativos, mas nós acreditamos que o ritmo da recuperação da economia é o que, principalmente, impulsionará os mercados nos próximos meses.”

Além da mudança nas regras de aposentadorias, a equipe da XP Investimentos destaca em sua perspectiva para novembro outros temas da agenda econômica do governo, como a privatização da Eletrobras, a liberação do PIS/Pasep para o começo de 2018, além do pacote de medidas de ajuste fiscal que ajudarão o Orçamento de 2018.

Nesta segunda-feira, o presidente Michel Temer informou em sua conta no Twitter que se reunirá ainda hoje com líderes dos partidos da base aliada ao governo no Congresso. Ele não detalhou o tema do encontro, apenas disse: “Temos uma boa pauta e muito trabalho pela frente”.

“Em paralelo, movimentações políticas em torno de candidaturas para as eleições de 2018 seguem mexendo com disputas intra e entre partidos. Assim investidores devem ficar atentos a esses temas, além de pesquisas eleitorais que cada vez mais impactarão o preço de ativos”, diz relatório da XP assinado por Celson Plácido, Marco Saravalle, Bruna Pezzin e Gustavo Cruz.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Conrado Mazzoni - 06/11/2017 - 16:27

Cotações Crypto
Pela Web