Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

CEO da MicroStrategy afirma ter investimento pessoal de US$ 235 milhões em bitcoin

28/10/2020 - 10:51
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
A aposta em bitcoin da MicroStrategy fez com que a empresa tivesse um de seus trimestres mais bem-sucedidos nos últimos anos (Imagem: Twitter/Michael Saylor)

Michael Saylor, CEO da MicroStrategy, empresa de inteligência comercial listada da Nasdaq, afirma ter um investimento pessoal de 17.732 BTC, equivalente a mais de US$ 235 milhões.

Segundo um tuíte desta quarta-feira (28), Saylor afirmou ter comprado os bitcoins a um preço médio de US$ 9,882 cada, ou seja, o custo total foi de US$ 175 milhões.

Dados os atuais preços da criptomoeda, agora Saylor possui um lucro nocional de US$ 60 milhões.

Saylor explicou que a MicroStrategy tem ciência de seu investimento pessoal em bitcoin mesmo antes de a empresa decidir alocar em bitcoin.

Em agosto, a MicroStrategy se tornou a primeira empresa listada em bolsa a comprar bitcoin. Até agora, a empresa adquiriu um total de 38.250 BTC, equivalentes a mais de US$ 505 milhões.

A tese de investimento em bitcoin da MicroStrategy

A aposta em bitcoin da MicroStrategy fez com que a empresa tivesse um de seus trimestres mais bem-sucedidos nos últimos anos.

No terceiro trimestre, a empresa teve sua maior receita total desde 2016, e seus lucros atingiram US$ 19,8 milhões, um aumento em comparação aos US$ 11,6 milhões do ano passado.

Em entrevista recente ao The Block, Saylor disse que o bitcoin é “o melhor dinheiro já criado”, pois não é deflacionário de propósito.

“Esse investimento reflete nossa crença de que o bitcoin, como a criptomoeda com maior adesão no mundo, é uma reserva de valor dependente e um ativo atrativo de investimento com mais apreciação a longo prazo do que apenas possuir dinheiro”, afirmou Saylor (Imagem: Twitter/Michael Saylor)

O anúncio de transferir as reservas da empresa para bitcoin impulsionou a reputação da MicroStrategy e atraiu mais clientes.

“Nosso investimento em bitcoin também permitiu que a MicroStrategy se unisse ao furor do amplo mercado cripto com uma tecnologia inteligente e sofisticada para defender os mercados independentes e abertos, sejam eles para ativos financeiros ou digitais”, disse Phong Le, presidente e diretor financeiro da MicroStrategy.

“Vimos um benefício notável e inesperado de nosso investimento em bitcoin ao elevar o perfil de uma empresa no amplo mercado.”

Le confirmou ao The Block que a empresa irá adquirir mais bitcoins.

Saylor comentou que a alocação de US$ 50 milhões da Square foi um grande propulsor de confiança para o bitcoin.

A tese de investimento em bitcoin da Square

Em videoconferência com seus acionistas, Saylor argumenta que o bitcoin deve ser considerado como um ouro programável e comparou a adesão do bitcoin à revolução das redes sociais:

Eu acho que, na hora certa, as pessoas vão começar a entender o poder de coletar energia monetária de bilhões de pessoas ou milhares de corporações, bancos, bilionários, pessoas com alto poder aquisitivo ou governos.

Se pudermos coletar essa energia monetária em uma rede de software e armazená-la e canalizá-la, se torna algo bem mais empolgante do que uma barra de ouro, uma barra de ouro virtual ou uma barra de ouro apenas digital: se torna uma rede monetária. É uma rede digital de monitoramento que não fere a energia monetária.

Preservar e capitalizar sobre essa “energia monetária”, segundo Saylor, é o cerne da decisão da empresa em alocar bitcoin em suas reservas.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 28/10/2020 - 10:51