Como se dá a tokenização de ouro da Tether?

30/01/2020 - 8:51
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
tether
Tether, empresa de stablecoin, anunciou o lançamento de uma nova stablecoin lastreada em chamada Tether Gold (Imagem: Twitter/Tether)

Tether, mais conhecida por operar USDT, a principal stablecoin do mundo, colocou “ouro físico” no blockchain, permitindo que qualquer um com uma conexão à internet detenha ouro de forma tokenizada.

Ouro físico no blockchain

Um token de ouro (XAU₮) representa uma onça-troy de uma barra de ouro específica da London Good Delivery.

O token lastreado por um ativo vem em duas formas, ERC-20 e TRC-20, e pode ser transferido tanto no blockchain da Ethereum como no da Tron. Além disso, Tether não vai cobrar taxas de custódia por deter o ouro que cada token representa.

“Existe uma demanda crescente para exposição digital ao ouro físico, tornando o lançamento da Tether Gold em uma inovação oportuna no ecossistema cripto. Tether Gold fornece os benefícios combinados tanto dos ativos físicos como os digitais, removendo as desvantagens de deter ouro de maneiras tradicional, com altos custos de armazenamento e acesso restrito”, afirmou Paolo Ardoino, CTO da Tether.

Bitfinex, uma empresa-irmã da Tether, foi a primeira corretora que lançou a negociação de Tether Gold. O novo token de ouro pode ser negociado contra o dólar americano, USDT e bitcoin.

Caso os volumes de negociação para a Tether Gold indicarem que existe demanda para ativos lastreados em ouro, podemos esperar que outras corretoras sigam a moda e listem a stablecoin em suas plataformas.

tether
A moeda de ouro tokenizado vai operar tanto no blockchain da Ethereum como no da Tron como um token ERC-20 e TRC-20 e representar uma onça-troy de ouro (Imagem: Twitter/Tether)

Você pode confiar no Tether Gold?

Assim como vimos em abril de 2019, Tether iludiu o público e os usuários de USDT quanto à possibilidade da moeda lastreada em dólar ser lastreada 1 a 1 pelo dólar americano.

Em vez disso, o ativo digital era apenas 74% lastreada por dólares, de acordo com um advogado da empresa.

Antes desse anúncio, a empresa declarou repetidas vezes que a stablecoin era completamente lastreada pelo dólar americano mesmo em vista de ceticismo significativo e um pedido para auditoria pública.

Embora o mercado tenha aceito que USDT não é completamente lastreado e continua a usar o ativo, a reputação da empresa sofreu. Como consequência, é difícil imaginar investidores confiando completamente na nova oferta de ouro tokenizado da Tether.

A empresa afirmou em um comunicado de imprensa que tem “controle direto sobre o armazenamento do ouro físico, seguro em um cofre na Suíça”. Além disso, Tether declara que está usando “as melhores medidas de segurança e antiameaça” para assegurar o ouro de seus investidores.

No entanto, já que a empresa já mentiu antes sobre o grau do lastreamento de um de seus tokens, é provável que os investidores irão investir com cuidado.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 30/01/2020 - 8:51

Cotações Crypto
Pela Web