Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Confira análise técnica de preço da criptomoeda de privacidade Zcash (ZEC)

13/08/2020 - 13:36
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Estatísticas de blockchain mostram um aumento nas transações diárias e nos endereços ativos nas últimas semanas, enquanto indicadores técnicos para atividade econômica no blockchain estão em território de sobrecompra (Imagem: Crypto Times)

Parte 1 / Parte 2

Análise técnica

ZEC continua altamente correlacionado com grande parte do mercado cripto conforme o rali de preços aumentou significativamente grande partes dos pares cripto/dólar.

Qualquer continuação positiva pode ser avaliada usando Médias Móveis Exponenciais (MMEs), volume do intervalo visível (VPVR), a Nuvem de Ichimoku e  “pitchforks” (“garfos de Andrew”).

Clique aqui para mais informações sobre as análises técnicas descritas abaixo.

Médias Móveis Exponenciais (MMEs) são um indicador técnico de gráfico que rastreia o preço de um investimento ao longo do tempo.

Para o gráfico diário do par ZEC/USD, as MMEs de 50 e 200 dias se cruzaram positivamente no dia 4 de fevereiro, que foi a terceira vez desde o começo de negociação do par. Essa Cruz de Ouro durou pouco, seguida de uma Cruz da Morte no dia 15 de março.

No dia 5 de junho, essas MMEs se cruzaram positivamente de novo, resultando em um rali de alta de 90%.

O perfil de volume do intervalo visível (VPVR) é um indicador que mostra a atividade de negociação ao longo de um período específico de tempo a certos níveis de preço. Assim, mostra o que foi comprado e vendido a esses níveis atuais.

Agora o preço está acima do nó de congestão do VPVR (barras horizontais do gráfico abaixo), de US$ 47 para US$ 67, com mínima resistência positiva para VPVR até US$ 240. Pivôs anuais também mostram resistência horizontal em US$ 55 e US$ 96 e US$ 166 com um pivô de suporte em US$ 56.

Posições abertas na Bitfinex estão 74% para compra (painel superior do gráfico abaixo), em que compras começaram a cair desde maio de 2019 e vendas aumentaram significativamente desde julho.

Uma movimentação negativa e significativa de preço resultará em uma movimentação exagerada conforme posições de compra começarem a se descomprimir.

Além disso, existem divergências de baixa no volume e no índice de força relativa (RSI), sugerindo um enfraquecimento no ímpeto de alta.

A Nuvem de Ichimoku é uma coleção de indicadores técnicos que mostram os níveis de apoio e resistência, bem como o ímpeto e a direção da tendência.

Considerando a Nuvem de Ichimoku, existem quatro métricas essenciais: o preço atual em relação à nuvem, a cor da nuvem (vermelho para baixa, verde para alta), as cruzes Tenkan (T) e Kijun (K) e o período de atraso (“lagging span”).

A melhor entrada acontece quando a maioria dos sinais disparam de baixa para alta, ou vice-versa.

Métricas atuais da Nuvem sobre o quadro temporal diário com configurações duplicadas (20/60/120/30) para sinais mais precisos, indicam uma alta.

O preço à vista está acima da Nuvem, então a Nuvem indica uma alta, assim como as cruzes T/K. O período de atraso está acima da Nuvem e acima do preço à vista.

A tendência continuará em alta contanto que o preço à vista se mantenha acima da Nuvem. O suporte de Kijun está em US$ 75.

Por fim, para o par ZEC/BTC, as métricas de tendência sugerem uma tendência de alta conforme o preço está acima da MME de 200 dias e da Nuvem diária. O preço também está na parte superior de um pitchfork de baixa.

Quando a tendência for definida, o preço à vista continuamente tentará retornar à linha média (linha amarela). Resistência positiva para o pitchfork está em 0,011 BTC, que combina com a resistência de VPVR nessa zona.

Posições abertas na Bitfinex estão 97% para compras e não existem divergências de volume ativo ou de índice de força relativa (RSI) neste momento para sugerir um enfraquecimento no ímpeto de alta.

Controvérsias circundam ZEC graças à Recompensa para Fundadores, que substituiu uma ICO tradicional. O propósito da recompensa era pagar continuamente aqueles que eram investidores iniciais do ZEC, bem como financiar o desenvolvimento da moeda e promover o ecossistema ZEC.

A recompensa totaliza por 20% da recompensa por bloco, até um máximo de 2,1 milhões de ZECs e terminará após o primeiro halving em novembro de 2020.

Com base em votações de sentimento da comunidade, uma alocação de recompensa por bloco de 20% para o desenvolvimento e gestão do ecossistema continuará acontecer além do halving deste ano.

Futuras atualizações ao protocolo ZEC possivelmente incluem a mudança do mecanismo de privacidade e migrar o blockchain de proof-of-work (PoW) para proof-of-stake (PoS).

A alocação de recompensa por bloco inclui: 7% para os desenvolvedores principais do ZEC, a Electric Coin Company (ECC); 5% para a Zcash Foundation, que apoia o ecossistema por meio de desenvolvimento indireto, como carteiras e nós, ou propostas de bonificação com foco em privacidade; e 8% para propostas de bonificações independentes.

Esse é um contraste com outros fundos de desenvolvimento, como Dash e Decred, que alocam 10% da recompensa total por bloco ao tesouro de desenvolvimento.

Estatísticas de blockchain mostram um aumento nas transações diárias e nos endereços ativos nas últimas semanas. Mesmo com a integração de Sapling, endereços protegidos só são utilizados por menos de 20% das transações.

NVT e MVRV, métricas inversas de atividade econômica do blockchain, estão em território de sobrecompra.

Aspectos técnicos para os pares ZEC/USD e ZEC/BTC mostram uma tendência de alta conforme ambos estão acima de suas MMEs de 200 dias e Nuvens diárias. Resistência positiva para o par ZEC/USD está em US$ 164 com base em um pivô anual de VPVR.

Forte suporte negativo está em US$ 55 com base na MME de 200 dias, em um pivô anual e no VPVR. Apesar da tendência ZEC/BTC estar positiva, o par continua próxima de um pitchfork de baixa que irá invalidar além de 0,011 BTC.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 13/08/2020 - 13:36