Corretora cripto Coinbase registra receita de US$ 1,8 bilhão no primeiro trimestre

07/04/2021 - 8:51
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Em antecipação à sua listagem na próxima quarta-feira (14), a Coinbase divulgou a estimativa de suas informações, que ainda precisam ser auditadas por uma empresa de contabilidade (Imagem: Coinbase/Blog)

A corretora americana de criptomoedas Coinbase registrou aproximadamente US$ 1,8 bilhão em receita total durante o primeiro trimestre de 2021.

Esse número foi incluído nos resultados financeiros estimados da Coinbase, publicados na tarde dessa terça-feira (6). Os números são referentes a três meses, terminando em 31 de março de 2021.

Dentre outros números estimados, estão US$ 335 bilhões em volume negociado. Para fins de comparação, no quarto trimestre de 2020, o volume foi de US$ 89 bilhões.

A Coinbase também informou ter tido rendimento líquido “entre aproximadamente US$ 730 milhões a US$ 800 milhões” durante o período.

A corretora afirmou ter tido um número estimado de 56 milhões de clientes verificados e 6,1 milhões de clientes mensais que realizaram transações.

Coinbase também processou US$ 223 bilhões em ativos na plataforma.

Em relação aos dados, a Coinbase afirmou que “são baseados em informações disponíveis à Empresa na data de publicação e estão sujeitos à finalização de seus procedimentos de encerramento financeiro do trimestre e à revisão da empresa pública, independente e registrada de contabilidade da Empresa”.

Os resultados financeiros representam o grande passo mais recente antes de sua listagem direta em 14 de abril. Na última sexta-feira (2), a Coinbase confirmou a data. Outros artigos indicavam que a Coinbase visava ser listada em março, mas essa data foi adiada.

A divulgação dessa terça-feira representa a análise mais recente do desempenho financeiro da Coinbase após abrangentes declarações contidas em sua declaração de registro no formulário S-1, que veio a público em fevereiro.

Para fins de comparação, houve lucro de US$ 322,3 milhões em 2020 e um prejuízo de US$ 30 milhões em 2019.

Com base em dados de preço da corretora cripto FTX para seu contrato pré-IPO, a atual valoração implícita da Coinbase é de US$ 121,7 bilhões.

No início dessa terça-feira, havia rumores de que a Coinbase iria participar de uma nova organização na capital de Washington, com foco em criptomoedas e criptoativos. Square e Fidelity também são membros da organização.

Perspectiva para 2021

Pensando no restante de 2021, Coinbase forneceu algumas estimativas de onde o ano pode levá-la em termos de desempenho.

Talvez o mais notável seja que a Coinbase indicou que poderá gastar acima de US$ 1 bilhão ao longo de 2021:

Pensando no ano completo de 2021, a fim de escalar nossas operações e continuar a direcionar a inovação de produtos, esperamos que, em 2021, nossas despesas com tecnologia e desempenho e nossas despesas gerais e administrativas seja entre US$ 1,3 bilhão e US$ 1,6 bilhão, exceto por compensações baseadas em ações.

A Coinbase também indicou que irá impulsionar suas despesas de marketing este ano:

Além disso, planejamos aumentar nosso crescimento historicamente forte e orgânico com a aquisição de clientes e interação ao fomentar significativamente nosso investimento em vendas e marketing.

Planejamos que vendas e marketing componham entre 12% e 15% de rendimento líquido em 2021. Por fim, antecipamos que despesas transacionais sejam baixas, como uma porcentagem do rendimento líquido em 2021.

Em uma conferência, Alesia Haas, diretora financeira da Coinbase, disse que a empresa espera que sua receita média anual por usuário aumente durante 2021.

Nos últimos dois anos, vimos a receita líquida média anual por usuário que transaciona mensalmente (MTU) variar entre US$ 34 a US$ 45 por mês, em que a receita mais baixa aconteceu em 2019 […] e a mais alta aconteceu em 2020.

Dado o forte desempenho no primeiro trimestre de 2021, é provável que a receita líquida média anual por usuário exceda sua variação histórica.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 07/04/2021 - 8:51

Pela Web