Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

CSN quer levantar R$ 2 bi no IPO na unidade de cimento

29/04/2021 - 18:41
CSN
A oferta pode avaliar o negócio em torno de R$ 10 bilhões, disse uma das pessoas (Imagem: Divulgação/CSN)

A CSN (CSNA3) pretende levantar cerca de R$ 2 bilhões na oferta pública inicial de ações de sua unidade de cimento, disseram pessoas a par do assunto.

A CSN Cimentos, como a unidade é conhecida, está trabalhando com o Banco Bradesco BBI, o Banco BTG Pactual e o Citi em uma potencial listagem na bolsa de valores brasileira, disseram as pessoas, pedindo para não serem identificadas discutindo informações confidenciais.

A oferta pode avaliar o negócio em torno de R$ 10 bilhões, disse uma das pessoas.

Representantes da CSN e do BTG não responderam a pedido de comentário. Bradesco e Citi não quiseram comentar.

O conselho da CSN já deu luz verde aos estudos para um IPO do negócio de cimento, segundo comunicado na quarta-feira. Junto com o IPO, a CSN também planeja aproveitar oportunidades de fusões e aquisições para impulsionar a unidade, disse o presidente Benjamin Steinbruch em teleconferência com jornalistas.

A CSN Cimentos teve receita líquida de R$ 277 milhões no primeiro trimestre, um aumento de 90% em relação ao mesmo período do ano passado.

O IPO aproveitaria a recuperação das vendas de cimento no Brasil, o que está alimentando uma onda de negócios no setor.

A LafargeHolcim, maior fabricante de cimento do mundo, está trabalhando com o Banco Itaú BBA na venda de sua unidade brasileira, informou a Bloomberg News na semana passada. A InterCement também pretende fazer um IPO de sua empresa no Brasil, em um negócio que pode valer cerca de US$ 3 bilhões, disseram pessoas próximas no início desta semana.

As taxas de juros historicamente baixas e as pessoas que procuram reformar suas casas durante a pandemia têm alimentado um boom no setor de construção do Brasil.

Um total de 62,9 milhões de toneladas de cimento foram vendidas no país nos 12 meses até março, um aumento de 15% em relação ao ano anterior, de acordo com o Sindicato Nacional da Indústria do Cimento (SNIC).

A CSN Cimentos seria a segunda unidade a fazer IPO da CSN, a gigante siderúrgica controlada pela família bilionária Steinbruch. No início deste ano, os Steinbruchs fizeram uma oferta da CSN Mineração (CMIN3). As transações fazem parte da promessa da família de vender ativos a fim de cortar dívidas da CSN.

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado financeiro?

Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Diana Cheng - 29/04/2021 - 21:46

Cotações Crypto
Pela Web