Desaceleração da China acende alerta na Suzano, mas e a ação?

14/10/2021 - 8:06
Suzano Papel e Celulose
Suzano não deve ser capaz de evitar o aumento dos custos de produção nesta reta final de ano. Mas, como fica o cenário da ação no longo prazo? (Imagem: Facebook/Suzano)

A China é a principal compradora de celulose da Suzano (SUZB3) no mundo, mas se a economia não vai muito bem no outro lado do planeta, o mercado de papel & celulose fica ainda mais pressionado, com investidores se questionando se ação da companhia brasileira ainda vale a pena.

Analistas do BTG Pactual (BPAC11), em relatório obtido pelo Agro Times, explicam que incertezas na China provocam uma maior volatilidade aos mercados, mas que no caso da Suzano, a Europa tem ajudado a manter o preço da commodity no patamar de USS$ 780 por tonelada.

Ainda assim, o mercado chinês é mais soberano e tem muitos gargalos a resolver: crise energética, logística enrijecida e desaceleração econômica. “Não vemos nova demanda significativa à Suzano até o final de 2021”, destacam Leonardo Correa e Caio Greiner, que assinam a recomendação.

A Suzano não deve ser capaz de evitar o aumento dos custos de produção nesta reta final de ano, como previsto antes, com gasto maior orçado em até 5% diante da inflação das commodities, como químicos e diesel; além de em torno de 15% dos custos básicos da Suzano serem cotados em dólar, o que por um lado é positivo à empresa, a desvalorização do real deve afetar os custos negativamente.

Com tudo posto, ainda assim o BTG vê valor às ações da Suzano, com recomendação de compra e preço-alvo a R$ 92 por papel em 12 meses.

Em quais ações apostar com a queda das commodities agrícolas?

A queda das commodities está prevista pelos analistas para acontecer nos próximos meses, o que deve causar uma forte reorganização nos ativos das carteiras de diversos investidores.

Mas em quais ações você deve apostar nesse cenário?

Quer ficar por dentro de tudo que acontece no mercado agro?
Receba de segunda a sexta as principais notícias e análises. É grátis!
Ao clicar no botão você autoriza o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Márcio Juliboni - 14/10/2021 - 8:19

Cotações Crypto
Pela Web