Em setembro, devido à instabilidade de mercado, Hashdex registra queda em suas métricas

02/10/2020 - 15:22
Em setembro, o HDAI teve um desempenho de -11,3% e os fundos Discovery, Explorer e Voyager da Hashdex tiveram rendimentos de -2,35%, -3,99% e -8,78%, respectivamente (Imagem: Crypto Times)

Nesta sexta-feira (2), a gestora brasileira de criptoativos Hashdex publicou sua carta mensal referente ao mês de setembro.

O índice HDAI (Hashdex Digital Assets Index), que se apresenta como o “Ibovespa dos criptoativos“, teve um desempenho de -11,3% em setembro, segundo a carta.

Apesar da queda, o desempenho anual do índice está em 57,9%.

O HDAI não segue um número fixo de ativos e é ajustado trimestralmente de acordo com o amadurecimento do mercado das criptomoedas.

Os ativos de melhor performance no mês de setembro foram binance coin (BNB), OMG Network (OMG) e tron (TRX), enquanto os de pior performance foram chainlink (LINK), tezos (XTZ) e aave (LEND).

A volatilidade do índice terminou setembro com 37,9%.

A gestora explica que o mês de setembro foi ruim para criptoativos. Mas nem tudo foram notícias ruins: Hashdex se tornou a primeira gestora do mundo a lançar um fundo negociado em bolsa (ETF) de bitcoin, em parceria com a Nasdaq.

Clique aqui para conferir mais detalhes sobre o  “Hashdex Nasdaq Crypto Index ETF” e ouça a edição #50 do podcast Crypto Storm:

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 02/10/2020 - 15:22

Pela Web