Leia os avisos legais em avenue.us. Intermediação Coin DTVM

Espaçolaser: depilação brasileira? Esqueça e invista na feita a laser, apontam analistas

17/03/2021 - 18:05
EspaçoLaser
O crescente mercado da depilação a laser faria a Espaçolaser dobrar as lojas até o final de 2024, calcula o Santander (Imagem: Money Times/ Gustavo Kahil)

A muito conhecida depilação brasileira, feita com “cera quente”, deve perder espaço, ao longo do tempo, para a feita a laser no Brasil. Esta é a tendência esperada pela equipe de analistas do Santander em um relatório enviado a clientes nesta quarta-feira (17).

Em uma avaliação sobre a Espaçolaser (ESPA3), cujo IPO recente movimentou R$ 2,3 bilhões, o banco chama a atenção para o mercado ainda pouco explorado da depilação à laser.

Enquanto no Brasil esta tecnologia (LHR) é usada por apenas 5% dos brasileiros, nos EUA, a adoção chega a 20% e, na Espanha, a 50%.

“Como a marca LHR líder no Brasil em termos de número de lojas, esperamos que a Espaço Laser capitalize na penetração deste segmento em rápido crescimento no país”, aponta o analista Ruben Couto.

Ele estima que o mercado deva crescer a 9% no Brasil até o final de 2024.

Isto permitiria que a rede dobrasse suas lojas, atingindo 1.324 unidades e comandando 31% de participação de mercado (vs. 16% atualmente).

A recomendação do Santander é de compra das ações, com preço-alvo de R$ 22.

Chegou a nova newsletter Comprar ou Vender

As melhores dicas de investimentos, todos os dias, em seu e-mail!
Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.

Última atualização por Gustavo Kahil - 17/03/2021 - 18:08

Pela Web