Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

Fornecimento total de stablecoins ultrapassa US$ 20 bilhões graças ao mercado de derivativos

16/10/2020 - 15:25
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
As moedas de valor estável continuam crescendo cada vez mais como meios de pagamento para pessoas que estão fugindo da inflação (Imagem: Atomic Loans)

O fornecimento total de stablecoins ultrapassou os US$ 20 bilhões, segundos dados complicados pelo The Block Research.

Bê-a-bá Cripto: o que é uma stablecoin?

Grande parte desse crescimento foi direcionada por duas das maiores stablecoins em fornecimento total, tether (USDT) e USD Coin (USDC).

No total, o mercado cresceu de US$ 5 bilhões no início de 2020 para cerca de US$ 20,2 bilhões hoje. A participação de mercado de tether é de aproximadamente 79%.

Neste ano, parte do crescimento no fornecimento de stablecoins foi direcionado pelo impulsionamento do mercado de finanças descentralizadas (DeFi). Negociadores podem bloquear stablecoins em diversas plataformas não custodiais de empréstimo em troca de um alto rendimento.

O crescimento acelerado do mercado de derivativos cripto também teve um papel essencial no crescimento do mercado de stablecoins, principalmente o de tether. Grande parte das plataformas de derivativos pedem que negociadores forneçam stablecoins como garantia.

BitMEX, que passou por uma recente queda em sua participação de mercado, é uma grande exceção que exige bitcoin como garantia. Enquanto isso, a participação de mercado de corretoras que aceitam tether como garantia aumentaram em relação à BitMEX.

“Creio que garantia para derivativos seja um dos principais direcionadores”, disse Paolo Ardoino, da Bitfinex, empresa-irmã da Tether.

DeFi vêm logo em seguida, com o que eu diria que exista US$ 1,5 bilhão de alocação (falando sobre tether) e estamos vendo mineradores se acostumarem a vender bitcoin em troca de tethers em vez de dólares”.

Jeremy Allaire, CEO da Circle, uma das empresas por trás da USDC, afirmou que stablecoins se beneficiam tanto de ciclos de alta como de baixa. Segundo ele:

Primeiro, quando mercados são intensos e vão crescendo, cada vez mais capital é injetado e a USDC se beneficia desse novo capital. 

Quando USDC está em circulação, usuários e investidores tendem a mantê-la como o investimento a longo prazo [“hodl”] do que devolvê-la ao sistema fiduciário, então é relativamente ‘fixa’. 

Em segundo lugar, quando mercados estão sendo liquidados, a demanda por USDC aumenta conforme pessoas abandonam ativos de risco e aderem a ativos de valor estável. 

Novamente, usuários retêm USDC, pois desejam continuar sendo participantes ativos do mercado.

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

Autorizo o Money Times a utilizar os dados fornecidos para encaminhar conteúdos informativos e publicitários.
theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 16/10/2020 - 15:25