Cotações por TradingView
Cotações por TradingView

FTX apresenta futuros de taxa de hashes de bitcoin para mineradores

15/05/2020 - 8:20
Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento
Contratos futuros de taxa de hashes de bitcoin poderão ajudar mineradores e outros investidores a investir com base nos ajustes de dificuldade da rede sem terem tanto risco (Imagem: Freepik/macrovector)

FTX, corretora de derivativos em cripto, se tornou a primeira plataforma a lançar futuros de taxa de hashes de bitcoin.

Taxa de hashes é a velocidade de processamento em que um dispositivo de mineração de criptoativos opera. Quanto maior a taxa de hashes, mais blocos de transações são transmitidos à rede. Por isso, não é algo “fácil” de se medir e as datas para o terceiro halving da rede Bitcoin variavam bastante.

Esses produtos ajudam mineradores a fazerem o hedge (eliminando a possibilidade de ganhos ou perdas futuras para compensar seus investimentos de risco) dos ajustes de dificuldade da mineração de bitcoin.

Os futuros de taxa de hashes de bitcoin da FTX são firmados em uma média de dificuldade de mineração do bitcoin durante um período de tempo, ou seja, raramente representam a taxa total de hashes sendo usada para minerar bitcoins.

“É impossível medir a taxa de hashes com exatidão — o melhor que você pode fazer é aproximá-la dos intervalos entre blocos e da dificuldade. Porém, dado que ajustes de dificuldade tentam manter o intervalo entre blocos de dez minutos, durante longos períodos de tempo, a taxa de hashes será proporcional à dificuldade média. Então, isso significa que, a grosso modo, os futuros devem se comportar de forma similar aos futuros de taxa de hashes”, afirmou a FTX.

A corretora havia comentado sobre o plano de lançar esse produto em agosto de 2019, então os futuros estão disponíveis hoje, 15 de maio, após quase nove meses de desenvolvimento.

ftx
Recentemente, a corretora FTX já lançou inúmeros derivativos, como opções de bitcoin, contratos futuros para candidatos à presidência dos EUA e contratos futuros de petróleo bruto (Imagem: Twitter/FTX)

Sam Bankman-Fried, CEO da FTX, contou ao The Block que a corretora viu “muito interesse” em futuros da taxa de hashes, principalmente de mineradores e empresas relacionadas.

“Nossos laços com empresas de mineração e intermediários está sólida, então agora achamos que temos uma rede que apresente um verdadeiro interesse e invistam nesses futuros”, afirmou Bankman-Fried.

Três contratos

O primeiro contrato de futuros de taxa de hashes de bitcoin da FTX — para o terceiro trimestre de 2020 — irá expirar para a dificuldade de mineração média entre julho e setembro de 2020.

Thomas Heller, diretor comercial global do pool de mineração F2Pool, contou ao The Block que está “empolgado” para ver o lançamento do produto.

“Até agora, houve poucos mecanismos para que fazendas de mineração fizessem o hedge de seus riscos. Os futuros de taxa de hashes da FTX podem ser usados para estruturar diversos tipos de produtos financeiros para mineradores”, afirmou ele.

O novo produto permite que qualquer um invista nesse produto mesmo não sendo um minerador de bitcoin (Imagem: Freepik/macrovector)

Heller acrescentou que, como o produto da FTX será firmado com base na dificuldade média da rede durante o terceiro trimestre inteiro, “agora qualquer um pode participar do ecossistema de mineração mesmo sem ter o hardware [para mineração]”.

Além disso, a FTX também lançou futuros de taxa de hashes de bitcoin para o quatro trimestre de 2020 e para o primeiro trimestre de 2021.

Não é novidade?

É importante destacar que futuros de taxa de hashes de bitcoin não são um produto inovador.

No início deste ano, a empresa de corretagem em cripto BitOoda lançou um contrato do poder computacional de hashes e a Interhash — uma parceria entre a Canaan Creative e a formadora de mercado GSR — também desejava fornecer produtos derivativos para mineradores.

Apesar de não ser uma ideia nova, fornece a possibilidade de investidores “comuns” poderem negociar esses contratos e não estarem tão expostos ao risco (Imagem: Crypto Times)

Porém, agora que uma corretora lançou tal produto significa que haverá mais liquidez e acesso a investidores de varejo em comparação com uma empresa de corretagem, segundo um especialista da indústria.

Bankman-Fried também parece estar menos preocupado sobre questões de liquidez. Ele contou ao The Block que existem “muitos fornecedores de liquidez na FTX em geral” e que, provavelmente, terão mais no futuro próximo.

Darius Sit, cofundador e sócio-gestor da empresa de negociação de cripto e de formação de mercado QCP Capital, contou ao The Block que a FTX não é a primeira corretora a lançar futuros de taxa de hashes de bitcoin, acrescentando que a LedgerX já oferece esse produto há quase um ano.

Porém, parece que não há informação disponível, pois o produto pode ter menos posições compradas.

O lançamento do novo produto da FTX aconteceu em um momento importante: poucos dias após o terceiro halving da rede Bitcoin, em que a recompensa de mineração por bloco caiu de 12,5 BTC para 6,25 BTC.

É provável que o halving resulte em uma redução na taxa de hashes e na dificuldade de mineração. Assim, futuros de taxa de hashes podem ser bem úteis para mineradores de bitcoin.

É importante observar que, assim como todos os outros produtos da FTX, os futuros de taxa de hashes de bitcoin não está disponível para cidadãos dos EUA (por conta da restrita regulamentação do país).

Novo! Receba Grátis a Newsletter
Crypto Times
Uma newsletter que minera informação para você!

theblockcrypto.com © 2020 - The Block Crypto, Inc. All rights reserved. Todos os direitos reservados.

Última atualização por Daniela Pereira do Nascimento - 15/05/2020 - 8:20